Páginas

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Dízimo - Promessas que nunca se cumprem na vida do dizimista fiel





Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes” (Malaquias 3:10).

Quantos já não ouviram que o segredo para ser próspero e se receber as bênçãos de Deus consiste no ato de se “ser fiel” nos dízimos e nas ofertas, conforme preceituado no livro de Malaquias? Quantos que por acreditar nessa tese estão por anos a fio a dar a décima parte (dízimo) do suado salário e nunca viram se cumprir o que foi prometido? O que estaria errado se o que acredita cumpre fidedignamente sua parte, a ponto de ser considerado um “dizimista fiel” por parte de quem recebe os dízimos? Estaria Deus sendo infiel falhando com sua promessa para com seus filhos? Afinal onde está o problema?

Com base na minha própria vida, posso afirmar que o problema não está no ato da doação e muito menos em Deus, mas sim na falta de conhecimento em relação ao assunto, tanto da parte que o ensina quanto daquele que o dá. Desde minha conversão, em julho de 1987 aprendi - porque fui ensinado - que para ser abençoado tinha de praticar esse principio e, por 25 anos fui fiel a esse ensino, às vezes dando muito mais que a décima parte do que me vinha às mãos, mas nunca houve bênção tal que eu precisasse construir um lugar a parte para guardar essas bênçãos. Também conheço muitos outros, que há muito tempo são fiéis a essa doutrina, mas nunca receberam aquilo que se promete na interpretação do texto em voga.

Em 26 anos de serviço ao Senhor alcancei de Suas mãos muitas bênçãos, como: a ressurreição de minha primeira filha, a cura de meu segundo filho qual três médicos o desenganaram, um bom emprego mesmo não havendo concluído o segundo grau, casa própria; minha cura do diabetes, que segundo a medicina não existe solução e muitas outras bênçãos que não enumerarei neste espaço. Mas, nenhuma destas bênçãos acima relacionadas se deveu ao ato de dizimar, mas sim primeiramente pela grande misericórdia de Deus  e por outras atitudes, quais aprendi na própria Palavra de Deus que, entre outros, é ser solidário com meu semelhante, qual é a verdadeira vontade Deus (Sl 41:1-3).

É certo que por eu haver defendido muito tempo essa doutrina e hoje negá-la, sou considerado apóstata e herege, onde alguns que se diziam meus irmãos se afastaram de mim e me têm como uma ameaça a igreja e outros já me tem como um condenado ao inferno. Mas, tenho aprendido que não tenho o direito de alterar a Palavra, indo além do que está escrito, mas sim batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos (Judas 1:3).

Mas, voltando ao assunto, vamos ver porque essa promessa não se cumpre na vida do “dizimista fiel”.

Primeiramente, precisamos saber o que é dízimo (ou o que era) e o que de fato o texto de Malaquias 3:10 se refere:

O dizimo:  (Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa...)

O dízimo consistia na décima parte da colheita e nas primícias do rebanho, quais os judeus após a posse da terra prometida, deveriam entregá-las para o sustento dos levitas e dos necessitados de Israel, como órfãos, viúvas e estrangeiros (Deuteronômio 12:1-12). O dízimo jamais foi para a manutenção do templo ou para pagar o salário do sacerdote, pois este sobrevivia do dízimo dos dízimos que era a oferta alçada (Números 18:26).  A manutenção do templo era das ofertas que os hebreus entregavam para essa finalidade (Neemias 10:32). Ambos, dízimos e ofertas era entregues apenas uma vez ao ano, onde na ocasião havia uma solenidade todo especial no ato da entrega destes (Deuteronômio 14:22; 26:1-15). Apenas os levitas (da tribo de Levi) foram autorizados por Deus a receberem os dízimos das mãos de seus irmãos. Os sacerdotes que também eram da tribo de Levi só recebiam a décima parte de todos os dízimos das mãos dos levitas unicamente (Números 18:24-26) .

Casa do tesouro

Não era tesouraria como se ensina, mas uma câmara no templo que foi construída para armazenar os dízimos (2Crônicas 31: 4-11). Os dízimos consistiam em cereais e outros produtos, mas nunca em dinheiro, pois este não era aceito como dízimo (Deuteronômio 14:22-29). Nesta câmara não deveria faltar mantimento, que era os dízimos, pois estes eram para suprir a necessidade, não do templo, mas daqueles que trabalhavam nele, como levitas, cantores, porteiros e também dos necessitados (Neemias 10:39; 12:44-47). Os templos (casas de orações) onde a igreja congrega não é casa do tesouro, pois dízimo não era dinheiro e isso não mudou. Pensar desta forma é transformar as casas de orações em casas de negócios, como de fatos vemos acontecer em nossos dias. Jesus condenou veementemente este ato por parte dos sacerdotes que permitiram que tal profanação ocorresse no templo (Mateus 21:12,13; Marcos 11:15-17; Lucas 19:45,46; João 2:15).

Fazer prova de Deus: (...e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos...)

Nós crentes, povo da Nova Aliança firmada pelo sangue de Cristo, não devemos fazer prova de Deus, pois esta ação demonstra falta de confiança em Deus (Hebreus 3:8-10). Fazer prova de Deus hoje, soa como alguém que coloca Deus na parede exigindo que Ele cumpra a sua parte no contrato. Apesar de estar assim escrito, devemos ter a consciência que Deus estava tratando com um povo rebelde e contumaz que apesar de inúmeras vezes contemplarem as obras de Deus os mesmos não o honraram como Deus, antes o provocaram (Romanos 1:19-23; Hebreus 3:15-17). E além do mais, este povo vivia pela lei e não pela fé (Romanos 9:31-33). Por falta de fé, parte deste povo pereceu e não pode herdar as promessas que Deus lhes fez e mais tarde, todos eles foram dispersos pelo mundo, deixando de existir como nação. Paulo diz que a lei não é da fé (Gálatas 3:12) e a lei serviu de aio (tutor) até que viesse a fé (Gálatas 3:23-25). A igreja é um povo que foi chamado a viver, não pela lei, mas pela fé (Hebreus 10:38), pois sem esta é impossível agradar a Deus (Hebreus 11:6). Somente os que não têm fé põem Deus à prova, mas nós somos instados a dar graças a Deus em tudo, independentemente das circunstâncias (1Tessalonicenses 5:18). O texto é bem claro quando diz que Deus pediu para fazer prova dele somente NISTO: Ele abriria as janelas do céu e não outra coisa. Leia abaixo o que isso significa.

Abrindo as janelas do céu: (..se eu não vos abrir as janelas do céu... )

"Cerraram-se também as fontes do abismo e as janelas dos céus, e a chuva dos céus deteve-se."  (Gênesis 8:2).

Alguns por falta de entendimento criaram até um “slogan” que diz: “As janelas do céu estão abertas para o dizimista fiel”. Quando Deus prometeu que abriria as janelas dos céus, Ele não estava prometendo casa, carro do ano e muito menos riquezas, como alguns “profetas” insinuam. Ele simplesmente estava prometendo enviar a chuva para regar a terra, pois, assim como a praga do gafanhoto devorador a retenção da chuva também era uma maneira de punir os hebreus pela sua infidelidade (Levítico 26:3-5; 1Reis 17:1; 2Crônicas 7:13; Jeremias 3:2,3). E, na verdade a chuva é um tesouro do céu que Deus nos envia: "O SENHOR te abrirá o seu bom tesouro, o céu, para dar chuva à tua terra no seu tempo, e para abençoar toda a obra das tuas mãos; e emprestarás a muitas nações, porém tu não tomarás emprestado." (Deuteronômio 28:12).

Uma bênção tal (...e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes... )

Que bênção maior para aquele povo, senão a abundância da produção da lavoura em virtude da terra que foi regada pela chuva? Essa foi a promessa que Deus fez, os campos produziriam em abundância que no momento da colheita não haveria lugar para recolher essas bênçãos.

"Então te dará chuva sobre a tua semente, com que semeares a terra, como também pão da novidade da terra; e esta será fértil e cheia; naquele dia o teu gado pastará em largos pastos."  (Isaías 30:23).

Deus não precisa nos abençoar por alguma obra que fazemos ou devemos fazer, pois, por termos aceitado seu plano redentor recebendo a Seu filho como nosso Salvador, Ele já nos abençoou com toda a sorte de bênçãos nos lugares celestiais (Efésios 1:3). Só precisamos agradecê-lo.

E você que é um dizimista fiel (assim como pensei ser por 25 anos), mais nunca viu se cumprir essa promessa na sua vida, não responsabilize a Deus por isso. A culpa é daqueles que por ignorância, quem sabe, interpretaram a Palavra fora de seu contexto e também de você mesmo por não examinar as Escrituras, conforme os bereanos faziam para não serem enganados (Atos 17:11). Em toda a Bíblia há inúmeras passagens explicando com clareza o que era o dizimo, pra que servia e de quem era a responsabilidade de administrá-lo e reparti-lo. Infelizmente muitos só se prendem em Malaquias 3:8-10.

Estudemos a Palavra, pois esta é fiel e digna do toda aceitação (1Timóteo 4:9).

Em Cristo,

Reginaldo Barbosa
Santa Bárbara do Pará

233 comentários:

  1. A Paz de Cristo, irmão Reginaldo

    Texto irrefutável!

    Em Cristo,

    ***Lucy***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resposta Para os 'Sem Igreja' e 'Sem Pastor" http://youtu.be/PcvBXEPOvpM https://www.youtube.com/watch?v=PcvBXEPOvpM https://www.youtube.com/watch?v=svTyDMMwpa8

      Excluir
  2. De: Adriano
    ansadriano@hotmail.com

    A paz seja convosco irmão reginaldo !!!

    O que o irmão pensa das igrejas que não cobram dizimo como os:
    -Amonitas
    -Igreja Apostólica Cristã da América
    -Congregação Cristã no Brasil
    -Nazarenos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Paz do Senhor, irmão.

      Dessas que o amado citou, só conheço a CCB. Mas, se as demais não seguem esse rito que era exclusivamente dos judeus, é porque entendem de fato aquilo que as Escrituras expõem sobre o assunto.

      Obrigado pela visita.

      Abraços.

      Excluir
    2. A Paz do Senhor !

      O irmão sabia que os anabatistas e valdenses (linhagem direta da igreja primitiva) não praticavam o dizimo.

      Dos anabatistas surgio a batista e dos batistas a querida Assembléia de Deus !!

      A explicação do irmão encaixa-se perfeitamente com a interpretação dos cristãos anabatistas e valdenses dos primeiros séculos !!!

      Porque não foi mantido o mesmo pensamento da igreja primitiva??

      Excluir
    3. A Paz do Senhor,

      Já havia lido sobre isso, mas superficialmente. Se o irmão tiver algo sobre isso, agradeceria se me enviasse, pois creio ser essencial sabermos nossas origens.

      Quanto a AD haver saído da Batista isso sei, pois sou paraense e a AD começou aqui em Belém do Pará no ano de 1911.

      Se a igreja tivesse se mantido na doutrina do apóstolos, como a igreja primitiva fazia, creio que muita coisa seria diferente.

      Abraços.

      Meu e-mail: reginaldo.raja@gmail.com

      Excluir
    4. A paz do Senhor!
      Nimguem discute a veracidade da existência de grupos como os montanistas e novacianos, valdenses, anabatistas, albigenses, menonitas...etc...
      Que na verdade são as mesmas pessoas apelidadas de maneira e de acordo com a época.
      Existe uma vasta documentação histórica a respeito desses grupos estreitamente ligados a igreja primitiva e a sua doutrina.
      Igreja Católica, Luterana, Presbiteriana e tambem o proprio estado possuem vastos documentos...muitos acessiveis via internete e também em bibliotecas em todo o mundo.
      Todos esses grupos possuem caracteristicas em comum:
      -Batismo por imerssão e santa ceia,
      -coletas voluntárias e não dizimo,
      -ministros sem remuneração em especie,
      -vestian-se com modestia e pudor
      -viviam em comunidades,
      -Simplicidade
      -reunian-se nas casas e cavernas
      -Ordem no culto e na sua vivência diária

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Paz ansadriano , Os líderes de Israel e o rei se humilharam e disseram: "O Senhor é justo".(2 Crônicas 12:6) Como pode então essas mesmas(igrejas) como vc comentou serem justas perante o Senhor ? Se não ensinam a praticar o dízimo ? (2Cor8:12) (Lc16:10) (Dt16:17) Se não são justos na proporção justa que o próprio Deus estabeleceu antes da lei , na lei e depois da Lei que dirá nas outras coisas ?(Lc16:10) Aqueles que dependem da "proporção" beneficia a "destinação" e isenta os que NÃO TEM(2 Cor8:12) em cada momento em que Deus estabeleceu o dízimo(Proporcionalidade) antes da lei No Sacerdócio de Melquisedeque em seu tempo , Na Lei em Arão(Levitas) em seu tempo e na Igreja(A Liderança) e todos os cristãos , não devemos de forma alguma ir contra o principio da moralidade divina que é a PROPORÇÃO 10% que Deus estabeleceu quando não é cumprida gera o(ROUBO) a Deus(Ml3:8-10) Balança enganosa é abominação para o Senhor, mas o peso justo é o seu prazer.(Pv11:1) Na tua casa não terás dois tipos de efa, um grande e um pequeno. Peso inteiro e justo terás; efa inteiro e justo terás; para que se prolonguem os teus dias na terra que te dará o Senhor teu Deus. Pois tu, Senhor, abençoas o justo; o teu favor o protege como um escudo.(Salmos 5:12) Porque abominação é ao Senhor teu Deus todo aquele que faz isto, todo aquele que fizer injustiça.(Deuteronômio25:14-16) (2 Cor 9:10-11) Deus não muda(Hb13:8) (Ml3:6) Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve.(Ml3:18) Os servos de Deus entregam o dízimo por fé e obediência a Deus.(Hb10:38) (Lc6:46) (At5:29) (Tg1:22) (Js1:8) (1João 5:3) (Ap14:12)

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela publicação deste artigo meu Irmão quero convidá-lo a conhecer meu Blog e ler dois artigos que irão contribuir e completar o seu sobre o Dízimo são eles:
    Favoritismo no Ministério http://www.venturaneto.blogspot.com.br/2013/02/favoritismo-sera-que-o-ministerio.html
    O Aóstolo Tiago e a discrminação do pobre http://www.venturaneto.blogspot.com.br/2013/02/apostolo-tiago-e-discriminacao-das.html

    ResponderExcluir
  5. Gostaria realmente de que esclarecesse o que quer dizer.
    Está afirmando que a Fétem mais importancia do que a antiga LEI?
    Se sim, expliquem, pois se bem sabe ela não foi totalmente anulada.
    Só quem lê realmente a BÍBLIA sabe que na maioria dos assuntos citados nela são cheios de controvérsias entre sim, em uma parte fala uma coisa e em outra fala outra coisa oposta, mas não cabe a nós causar mais controvérsias além das que a PALAVRA já possui.
    Então porque usa argumento BÍBLICOS para dizer que não se deve fazer prova de DEUS?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. A Paz de Cristo , Robson da Rocha , a contribuição deve haver PRONTIDÃO DE VONTADE , PROPORCIONALIDADE E GENEROSIDADE(2Cor8:12) (2Cor9:5) José, um levita de Chipre a quem os apóstolos deram o nome de Barnabé, que significa encorajador, vendeu um campo que possuía, trouxe o dinheiro e o colocou aos pés dos apóstolos.(At4:36-37) Se a contribuição dos opositores do dízimo com a Igreja(1Tm3:15) é assim como a dos cristãos primitivos contribuíam eles não devem se preocupar com o dízimo que é só 10% , rsrsrs , vou com muito prazer fazer uma visita em seu blog , Abraço ! RESPOSTA PARA OS 100 IGREJA E 100 PASTOR https://www.youtube.com/watch?v=svTyDMMwpa8 https://www.youtube.com/watch?v=nWvdjjaM3ts

      Excluir
  6. Se a prórpria PALAVRA que é a BÍBLIA diz para fazer?
    Muitos hoje fazem isso usam versículos Bíblicos na tentativa de anular o que a própria BÍBLIA diz, é um tanto engraçado, mas estão tentando usar as Palavras contidas na BÍBLIA contra ela, colocando sua veracidade em JOGO.
    É isso o que realmente deseja?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É amigo, então vamos apedrejar os adúlteros, vamos espargir sangue nos umbrais da porta, vamos colocar as mulheres que estão em período fértil fora do arraial, vamos guardar o sábado, vamos decapitar,queimar e enforcar os que transgridem certos mandamentos, ao ser curado vamos apresentar uma oferta ao sacerdote, não sei qual, pois todos somos,rsrsrs. Amigão aconselho-te estudar a Lei de Moisés e a Lei da Liberdade que está escrito em tiago 2,12.

      Excluir
    2. Dá uma olha amigão as leis cerimoniais foram abolidas na cruz , as morais a única que não consta no NT é a lei do sábado.(At15:29) Toda a lei se resume no amor(1Cor13:13) Também no NT não tem um versículo com a abolição do dízimo se achar me mostre ! a contribuição deve haver PRONTIDÃO DE VONTADE , PROPORCIONALIDADE E GENEROSIDADE(2Cor8:12) (2Cor9:5) José, um levita de Chipre a quem os apóstolos deram o nome de Barnabé, que significa encorajador, vendeu um campo que possuía, trouxe o dinheiro e o colocou aos pés dos apóstolos.(At4:36-37) Se a contribuição dos opositores do dízimo com a Igreja(1Tm3:15) (At9:31) é assim como os cristãos primitivos contribuíam não se preocupe com o dízimo é só 10% , rsrsrs , RESPOSTA PARA OS 100 IGREJA E 100 PASTOR https://www.youtube.com/watch?v=svTyDMMwpa8 https://www.youtube.com/watch?v=nWvdjjaM3ts

      Excluir
  7. Para quem quer um post totalmente Bíblico, com respalde Bíblico e que não utiliza versículos da Bíblia para aflingir a própria Bíblia, e não coloca a PALAVRA DE DEUS em dúvida como se fosse um livrinho qualquer deve ler esse riquíssimo artigo em nosso BLOG e certamente assim como tenho sido abençoado em DIZIMAR à DEUS (como a Palavra DELE ensina)você também será, e não fique dando créditos a qualquer um que se diz sábio ou se acha "o dono da verdade", quem segue à Cristo não se desvia de suas PALAVRAS.
    "As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem."
    João 10:27
    É simple assim, segue aí o link, leia e seja abençoado, através da PALAVRA DE DEUS http://quasenadapolemico.blogspot.com.br/2012/12/dizimo-dinheiro-facil-para-pastores-ou.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queres ser um Dizimista de verdade???

      DÍZIMO

      A Bíblia fala de três modalidades de dízimos:

      1. Primeiro Dízimo - para a Tribo de Levi:

      10% Destinado exclusivamente ao sustento da tribo de Levi.
      10% desse dízimo (o dízimo dos dízimos) era repassado pelos levitas (e não pelo povo), aos sacerdotes (Lv 27:30-34; Nm 18:20-32; Ne 10:39; 12:44; 13:10,11; 2Cr 31:4-6; Nm 18:29, 11-14)



      2. Segundo Dízimo - para as Festas:

      Era usado para as despesas pessoais dos levitas, nas festas anuais onde D-us determinava e, mais tarde, em Jerusalém (Dt 12:5-19; 14:22-29).


      3. Terceiro Dízimo - Trienal:

      Também conhecido como “dízimo dos pobres”, era destinado para fins sociais; era separado a cada três anos e entregue aos pobres da terra de Israel. (Dt 14:29; 26:12).
      Era distribuído pelo israelita, na sua própria cidade (Dt 26:12).



      ----------x-------x------


      Antes da Lei (Sacerdote Melquisedeque): O dizimo era (voluntario e do povo hebreu)


      Durante a Lei (Sacerdotes da tribo de Levi): O dizimo era (obrigatório e do povo hebreu)


      Depois da Lei (Jesus: da tribo de Juda) : O dizimo foi ( abolido e do povo hebreu)


      (HEBREUS 7:18) “o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade”
      Precedente: Dicionário • que está imediatamente antes (em hebreus 7, o assunto é o sacerdócio e o dízimo) ab-rogado: Dicionário • que está anulado, revogado, abolido (em hebreus 7:18 o sacerdote é Cristo e o mandamento do dizimo é abolido)

      HEBREUS 7
      -Todo o Capitulo 7 de Hebreus trata do DÍZIMO e da sucessão SACERDOTAL: (Melquisedeque, Levi e Jesus)
      - A palavra “Dizimo” aparece 7 vezes em todo o capítulo....É a maior explanação no Novo Testamento !
      Lucas 11:42 e Mateus 23:23 “Mas ai de vós, fariseus, que dizimais a hortelã, e a arruda, e toda a hortaliça, e desprezais o juízo e o amor de Deus. Importava fazer estas coisas, e não deixar as outras”. (Aqui fica bem claro que Cristo fala para com os JUDEUS e a igreja não é Israel, ..... ......nesse tempo Cristo anunciava o Reino de Deus..Somente quando o véu do templo rasgou-se cristo foi sumo-sacerdote eternamente)
      Lucas 18:12 “Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo” (Quem fala aqui é um judeu para quem de fato veio a lei ), (se queremos dizimar não sendo judeus, então guardemos toda a lei que aos JUDEUS foi dada.
      Se o dizImo pertence a Lei Cerimonial (613 leis), o Sabado pertence aos “DEZ MANDAMENTOS” escritos pelo dedo de Deus em pedra, então porque poucos pregam o guardar o sábado ?? teriamos que observar alem do dizimo, também o sábado e as 613 leis .

      Excluir
  8. Paz seja contigo Robson.

    Primeiramente agradeço sua visita neste espaço.

    Não sou dono da verdade. Longe de mim tal pretensão! Contudo, creio e sigo aquele que é a própria verdade e nEle não há contradição. Não sou influenciado por ninguém, a não ser pela Bíblia. Tenho refutado ultimamente esse pensamento que na bíblia existam temas polêmicos. Geralmente quando não se tem um entendimento exato sobre algum assunto das Escrituras, diz-se que esse é um tema polêmico. Ora, afirmar que na Bíblia hajam temas polêmicos é o mesmo que dizer que ela é um livro contraditório, ou que o seu autor (o Espírito Santo) não foi claro o suficiente em expor a vontade de Deus, para aqueles que deveriam usá-la como regra de fé e prática. Sabemos sim, que há pontos difíceis de entender, onde os inconstantes e indoutos torcem as Escrituras, interpretando-a ao bel prazer, ignorando a hermenêutica e trazendo sérios prejuízos, tanto para si, como para aqueles que neles acreditam (2Pedro 3:16).

    Todo estudante da Bíblia precisa saber que nela Deus está tratando com dois povos distintos: ISRAEL (Povo do Antigo Concerto) e IGREJA (Povo do Novo Concerto). Com Israel Deus estabeleceu uma aliança e deu-lhes 613 mandamentos, quais deveriam ser observados a risca por aquele povo. Porém, nenhum deles foi capaz de obedecê-la. Somente Jesus foi o único capaz de cumprir toda a lei, pois para isso Ele primeiramente veio a este mundo (Mt 5:17; Gl 4:4,5).

    E, em relação ao assunto DÍZIMO, este foi um concerto que Deus estabeleceu unicamente com Israel, onde, o próprio Deus escolheu a tribo de Levi, dentre as doze tribos que formavam a nação de Israel, para exercerem o ofício sacerdotal. A essa tribo foi proibido possuírem qualquer herdade e/ou patrimônio, quando Israel tomasse posse da terra prometida. Deus seria a única herança da tribo de Leví, pois eles deveriam exercer continuamente o sacerdócio e tudo o que dizia respeito aos sacrifícios e rituais efetuados no tabernáculo e, posteriormente no templo, quando este fosse construído. Repito mais uma vez que os levitas nada tinham a ver com o poder público de Israel, conforme comentei em seu blog.

    Como providência divina para subsistência dessa tribo, as demais 11, deveriam uma vez ao ano entregar a décima parte (dízimo) de todas as colheitas e das primícias do rebanho. Apesar de naquela época já existir a moeda (Gn 17:12), não era permitido dar dízimos em dinheiro (Deut. 14:22-29). Enquanto a tribo de Levi exercesse o ofício sacerdotal, era obrigação dos judeus entregarem seus dízimos UMA VEZ AO ANO, para que não faltasse MANTIMENTO a estes. Os levitas ao receberem esses dízimos, davam a décima parte (dízimo dos dízimos) aos sacerdotes e repartiam o que lhes cabia com aqueles que não davam dízimos, que eram as viúvas, os órfãos e até mesmo os estrangeiros, pois estes não sendo judeus, não tinham a obrigação de darem dízimos, visto este ser um pacto exclusivo de Deus com a nação de Israel, como era a circuncisão e a observância do sábado.

    Em seu ministério terreno, Jesus cumpriu toda a Lei (não apenas uma parte), morrendo e derramando seu sangue como exigia a lei (Gl 3:13; Hb 9:22). A morte de Cristo pagou todas as dívidas que tinhamos e, dessa forma, foi extinto o ofício levítico, pois Cristo agora é o nosso sumo-sacerdote e nós crentes, somos sacerdotes com ele. (Hb 9:11; 1Pe 2:9). Sem a tribo de Levi, cessaram os sacrifícios, pois somente eles poderiam realizar tal cerimonial e, dessa forma, acabaram-se os dízimos, pois estes consistiam em MANTIMENTO (COMIDA) e nunca em dinheiro, como se ensinam nas igrejas hoje (Col 2:14). A circuncisão e o sábado também existiam antes da lei e posteriormente foram incorporadas à lei como o dízimo e assim tornaram-se obras da lei (Gl 3:10). Como obras da lei mosaica ambos foram extintos e tentar se justificar diante de Deus pelas obras da lei e estar em baixo de maldição. Se quisermos obedecer a lei, temos de fazê-la na sua totalidade e não escolher o que nos beneficia e deixar de lado aquilo que não nos convém (Gl 5:3; Tg 2:10).

    Continua..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuação...

      Quanto ao fazer prova de Deus, leia com cuidado o que está escrito no post, atentando para as referências citadas. Exaustivamente eu embaso meus escritos com referências bíblicas para mostrar que não é a minha opinião que prevalece e nem deva sê-la.

      Mais uma vez enfatizo que, precisamos ter o discernimento que há ensinos que a Bíblia manda fazer, mas que alguns deles não diz respeito a mim e a você. Cito o exemplo que no próprio Novo Testamento há uma ordenança para que todo o filho primogênito fosse levado ao templo ao oitavo dia após o nascimento para ser circuncidado e apresentado ao Senhor. Nesse rito os pais tinham de levar como oferenda um para de rolas ou dois pombinhos, no caso de estes serem pobres. Maria e José eram pobres e obedeceram esse mandamento. Alí, o próprio Cristo foi circuncidado e apresentado segundo a lei exigia (Lc 2:21-24). E, como você sabe, a circuncisão foi obedecida pelos discípulos, onde até mesmo o apóstolo Paulo circuncidou a Timóteo (At 16:13) por ser este meio-judeu, mas não circuncidou a Tito, pois este não era judeu e sim gentio (grego). Apesar de Abraão ter recebido mandamento de Deus e ter obedecido se circuncidado antes da lei, tal regra não se aplica a nós gentios (Gl 2:3). Jesus foi circuncidado mas não seguimos este exemplo, pois a lei, sendo cumprida por Cristo, isentou-nos de tal obrigação e, os 613 preceitos da lei, Jesus resumiu em apenas dois. Leia o Antigo Testamento e veja que pela lei o pobre não dava dízimos, mas devia ser beneficiado por ele. Quem ensina o pobre a dar dízimo em plena tempo da graça, não obedece o maior mandamento de Jesus (1Jo 2:7-11), até porque dízimo nunca foi em dinheiro.

      Somo abençoados por Deus, por que sua misericórdia está além de qualquer sacrifício ou obra humana.

      Deus te abençoe.

      Excluir
  9. A Bíblia causa polêmica em todas as pessoas por ensinar a tratar de assuntos que as pessoas estão acostumadas a tratar de forma diferente. Isso causa aquele Tumlto ainda nos dias de hoje.
    Bem, como informei a bíblia possui várias descrições de histórias e situações diferentes que ocorrem em momentos que não sabemos ao certo, afinal não existe uma ordem cronológica que nos dê garantia das datas exatas em que os eventos ocorreram, por isso uns preferem crer naquilo que leem e outros preferem juntar versículos de um lado e outro para crer, quando ocorre essas situações costumo sempre dizer o seguinte:
    "Cada um deve seguir o que acredita estar certo, o mais importante é servir à DEUS e ser abençoado."
    Não tento e nunca tentarei mostrar ser um teólogo ou um magnata na bíblia, algo que eu não sou.
    O maior conhecimento vem de ler, pedir dicernimento ao Espírito Santo e praticar como mostra a Palavra em I João 2:27 que DIZ:
    "E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis."
    1 João 2:27
    Nem tudo quanto acham foi abolido, a bíblia não nos afirma com precisão tudo o que dizem ter sido abolido, nesse caso o melhor é não arriscar a salvação por qualquer coisa.
    E referente ao que o irmão ansadriano informou, digo que sim, os DEZ mandamentos dados no monte santo foi a única lei que foi realmente escrita pelo dedo de DEUS, e citada por várias vezes que tratava-se de algo ETERNO, mas a maioria prefere dizer que isso também foi abolido e deixar de lado, volto a dizer, na dúvida é melhor seguir e sobrar e obediência do que arriscar e não obedecer.
    Eu sou muito abençoado ofertando e dizimando à DEUS, não sou pão duro e devolvo uma parte de tudo o que ganho, e sempre quando tenho oportunidade também ajudo as pessoas com alimentos como os dizimistas de outora.
    Caso o irmão também esteja sendo abençoado, sugiro que permaneça na mesma prática, desde que sempre dizimando como a PALAVRA MAIOR nos ensina, o mais importante é fazermos a vontade de DEUS.
    Fica também para todos que leem esse artigo, façam aquilo que DEUS manda independente de tudo, a salvação vem de DEUS e nossas benção também, então devemos sempre seguir à DEUS, e desde de que não o desobedeçamos e não façamos escandalizar sua Palavra e nem façamos mal aos nossos semelhantes, certamente estaremos no caminho da Salvação.
    E sendo assim, espero que em breve nos encontremos Reginaldo, lá na Glória!
    Que DEUS abençõe!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz seja contigo Robson,

      Continuo afirmando que a Bíblia não causa polêmica e nem se contradiz. A polêmica é criada pela não observância de seu todo. Alguns saduceus (grupo religioso que não cria na ressurreição) tentaram confundir Jesus, quando expuseram o caso fictício de uma mulher que havia casado sete vezes, com sete irmãos (Mt 22:23-32). Jesus foi enfático ao afirmar: "Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus". Infelizmente, o caso dos saduceus não foi um ato isolado, pois ainda hoje, muitos continuam a ir na contramão da vontade Deus.

      A Bíblia é nossa única regra de fé e prática. Didaticamente ela tem duas divisões que é ANTIGO TESTAMENTO e NOVO TESTAMENTO, mas espiritualmente ela está dividida em LEI e GRAÇA. Jamais conseguiremos entender o Novo Testamento se primeiramente não entendermos o Velho. Jamais conseguiremos viver na graça e na verdade, se não entendermos a lei e pra quem ela foi designada.

      O Antigo Testamento é a aliança que Deus fez com Isarel (povo judeu). Nele vemos como Deus tratou com esse povo específico qual Ele separou para ser sua testemunha peculiar. A esse povo, Deus entregou 613 preceitos, para que eles pudessem cumprir e viver por eles.

      "A lei e os profetas duraram até João; desde então é anunciado o reino de Deus, e todo o homem emprega força para entrar nele." (Lucas 16:16)

      O Novo Testamento é a aliança eterna de Deus com a humanidade e ela nos apresenta a graça salvadora, que nos isenta de todas as obrigações e cerimoniais que foram próprios para aquele povo.

      "Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens," (Tito 2:11).

      E, no que diz respeito a nossa salvação, não pode haver qualquer dúvida. "Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia." (II Timóteo 1:12).

      Nossa salvação é exclusivamente pela graça (Ef 2:8), assim como as bênçãos que recebemos da parte de Deus (Ef 1:3). Deus não nos cobra nada para nos abençoar, pois o preço já foi pago por Seu Filho na cruz, quando se entregou como oferta agradável a Deus por cada um de nós (Hb 10;8-12). Só temos de reconhecer esse sacrifício e jamais invalidá-lo, tentando resgatar preceitos da lei que Ele mesmo cumpriu, como o ato de dar dízimos, uma vez que Deus nunca aceitou dízimos em dinheiro (Deut. 14:22-29).

      Dízimo era MANTIMENTO e a Palavra de Deus não mudou.

      Que Deus, pela Sua grande misericórdia, continue a lhe abençoar.

      Em Cristo,

      Reginaldo Barbosa

      Excluir
    2. Dízimos de TUDO , Bens , Tesouro e Dízimo das coisas dedicadas(Despojos de guerra) que foram consagradas ao Senhor(Gn14:20) (Hb7:2-4) (2 Crônicas 31:6) (2Cron31:6) (Lc18:12) DÍZIMO Era só alimento ? rsrsrs Leia muito a bíblia e abra o Zõõio !

      Excluir
  10. Permita-me, participar deste assunto sobre o dízimo e a oferta.
    Começo fazendo algumas perguntas básicas:

    1. Onde está escrito na Bíblia que o dízimo foi abolido?
    2. Onde está escrito na Bíblia que o dízimo é apenas para os judeus?
    3. O que a Bíblia diz sobre o dízimo?

    A Escritura ensina que o dízimo:

    1. Foi um ato de gratidão de Abraão.

    "E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou seus inimigos em suas mãos". E Abrão lhe deu o dízimo de tudo. Gênesis 14:20

    2. Foi um ato voluntário proposto por Jacó.

    "E esta pedra que hoje coloquei como coluna servirá de santuário de Deus; e de tudo o que me deres certamente te darei o dízimo". Gênesis 28:22

    3. Foi um ato praticado por homens de Deus antes da lei.

    4. Foi estabelecido como lei.

    "Todos os dízimos da terra, seja dos cereais, seja das frutas das árvores, pertencem ao Senhor; são consagrados ao Senhor". Levítico 27:30

    "Separem o dízimo de tudo o que a terra produzir anualmente". Deuteronômio 14:22

    5. Foi uma condição que Deus estabeleceu para abençoar o seu povo.

    "Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. Ponham-me à prova", diz o Senhor dos Exércitos, "e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derramar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las". Malaquias 3:10

    6. Foi respeitada por Cristo.

    "Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês dão o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas têm negligenciado os preceitos mais importantes da lei: a justiça, a misericórdia e a fidelidade. Vocês devem praticar estas coisas (dar o dízimo), sem omitir aquelas". Mateus 23:23

    7. Não foi estabelecido como lei para a igreja no Novo Testamento, mas foi exposto no Antigo Testamento antes da lei e depois da lei, ou seja, há um silêncio no Novo Testamento sobre o dízimo, de tal forma que não podemos dizer que é certo ou errado dizimar. Entretanto, Paulo disse:

    "Pois tudo o que foi escrito no passado, foi escrito para nos ensinar, de forma que, por meio da perseverança e do bom ânimo procedentes das Escrituras, mantenhamos a nossa esperança".
    Romanos 15:4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz seja contigo Sou Vencedor (Renato Corumbá).

      Você já me fez as mesmas perguntas e eu lhe respondi na postagem: Dízimo - O que era e o que não é!

      Não vou lhe dar as mesmas respostas, mas vou lhe contar uma história que aconteceu com a nação de Israel que a principio nada te a ver com o tema. Mas preste atenção e entenderás:

      Em 1 Samuel 5 vemos Israel em guerra com os filisteus. Os hebreus com medo deles decidiram por a arca do concerto a frente da batalha para intimidar seus inimigos, o que não aconteceu. Eles perderam, muitos morreram e a arca foi levada pelos filisteus. A arca ficou sete meses em posse do inimigo e, estes depois de muitas privações, decidiram enviar de volta a Israel, pois não puderam suportar a ira divina que se abateu sobre eles. Consultaram os profetas, adivinhos e feiticeiros de Dagom e eles aconselharam não devolver a arca sózinha, mas com presentes. Então, construíram um CARRO DE BOI NOVO e puseram duas vacas que haviam acabado de dar a luz para puxar esse carro de volta a Israel com a arca. Assim foi feito e a arca chegou em Bete-Semes e depois foi enviada para Quiriate-Jearim, na casa de Abinadade onde ficou 20 anos, sem que ninguém a reclamasse.

      Com a morte de Saul, Daví assume o trono e uma das primeiras providências que tomou foi a de trazer de volta a arca do concerto para Jerusalém. Daví consultou seus conselheiros e assim decidiram trazer de volta a arca do Senhor. A intenção de Daví foi uma das melhores, mas ele falhou, quando seguiu o exemplo dos pagãos filisteus. Daví mandou construir também um CARRO DE BOI NOVO, onde pôs sobre ele a arca do Senhor e os filhos de Abinadabe Uzá e Aiô guiavam o carro. O cortejo foi acompanhado de muita festa, onde Daví pulava e se alegrava com cânticos e louvores a Deus. Ao chegar a eira de Nacom, o CARRO tombou e a arca pendeu e só não caiu porque Uzá estendeu a mão para sustentá-la, não permitindo que ela caísse. Uzá morreu na mesma hora, pois a ira do Senhor se acendeu neste momento e o matou por causa disso.

      Daví ficou triste e a arca não chegou a seu destino ficando três meses na casa de Obede-Edom.

      Que lição tiramos daí? Deus estabeleceu que a arca do concerto só deveria ser transportada nos OMBROS DOS LEVITAS e mais ninguém. Nenhum outro meio de transporte seria aceito por Deus, por isso Deus se indignou, apesar de a intenção de Davi e Uzá terem sido as das melhores.

      Onde eu quero chegar com isso? O dízimo foi estabelecido por Deus em ALIMENTOS e/ou MANTIMENTOS. Não poderia jamais ser dado em DINHEIRO (OURO ou PRATA), apesar de este existir desde Abraão que comprou escravos por dinheiro. Até no tempo de Jesus o Dízimo era entregue em MANTIMENTO (Hortelã, Endro, Cominho, Arruda, Hortaliças), mas nunca em DINHEIRO, pois os fariseus entendiam muito bem a lei que Jesus estava cumprindo (Mat 23:23).

      Excluir
    2. Continuando...

      E, não há nenhuma evidência em toda a Bíblia que Deus tenha mudado essa regra que Ele estabeleceu quanto ao dízimo que era ALIMENTO e não DINHEIRO. Ainda mais: somente os levitas foram por Deus autorizados a receberem os dízimos de seus irmãos. Nem os sacerdotes tinham esse direito, só os levitas.

      Os levitas que recebiam os dízimos encerraram seu ministério sacerdotal com a morte de Cristo que se tornou nosso Sumo-Sacerdote para sempre. Pagando nossas dívidas na cruz (Col 2:14), cumpriu toda a lei. E também, o dizimo era para ser entregue somente no local que Deus designou: O templo em Jerusalém e não em qualquer lugar. Mas assim como a extinção do sacerdócio levítico, o templo também foi destruído, portanto, nem os judeus que são obrigados por lei a darem dízimos, podem fazê-lo, por não existir mais o templo e a ordem levítica.

      Também não vemos Deus autorizando ninguém na Nova Aliança a receberem dízimos em Seu Nome, principalmente em dinheiro, visto Deus nunca haver aceito ele como dízimo.

      Então, quem cobra a décima parte do salário do pobre fiel, ensinando que é dízimo está mentindo, violando o 2º mandamento tomando o Nome de Deus em vão, pois Deus não mandou ninguém na Nova Aliança cobrar dízimos, principalmente na forma como se cobra hoje. Estes estão se pondo abaixo de maldição como aqueles que lhes ouvem e obedecem: "Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las." (Gálatas 3:10).

      Apesar de o dízimo ser antes da Lei, ao ser inserida na lei passou a ser uma obra dela, assim como a circuncisão e o sábado também foram.

      Somos ensinados a contribuir e de forma voluntária sem coação, pois Deus ama que dá com alegria (2Cor 9:7).

      Deus te abençoe e um grande abraço.

      Excluir
  11. Continuando, vamos agora ao N. T.:

    Os crentes não davam o dízimo para socorrer os necessitados, eles vendiam as suas propriedades e bens para este fim.
    "Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade". Atos 2:44-45

    Os crentes compartilhavam TUDO O QUE TINHAM com os necessitados.
    "Ninguém considerava unicamente sua coisa alguma que possuísse, mas compartilhavam tudo o que tinham". Atos 4:32

    Os crentes entregavam o valor da venda das propriedades e bens aos apóstolos e estes é que distribuíam aos necessitados.

    "Não havia pessoas necessitadas entre eles, pois os que possuíam terras ou casas as vendiam, traziam o dinheiro da venda e o colocavam aos pés dos apóstolos, que o distribuíam segundo a necessidade de cada um". Atos 4:34-35

    Os crentes faziam sua doações para os crentes necessitados de acordo com a sua renda.

    "Quanto à coleta para o povo de Deus, façam como ordenei às igrejas da Galácia.
    No primeiro dia da semana, cada um de vocês separe uma quantia, de acordo com a sua renda, reservando-a para que não seja preciso fazer coletas quando eu chegar". 1 Coríntios 16:1-2
    Os crentes davam até além do que podiam dar para socorrer os necessitados.
    "Pois dou testemunho de que eles deram tudo quanto podiam, e até além do que podiam. Por iniciativa própria eles nos suplicaram insistentemente o privilégio de participar da assistência aos santos". 2 Coríntios 8:3-4

    Agora, os crentes foram exortados a partilhar com os seus mestres todas as coisas boas.
    "O que está sendo instruído na palavra partilhe todas as coisas boas com quem o instrui".
    Gálatas 6:6

    Os crentes foram instruídos que o pregador tem direito ao seu salário. E quem paga este salário são eles.
    "Da mesma forma o Senhor ordenou àqueles que pregam o evangelho, que vivam do evangelho". 1 Coríntios 9:14

    Os crentes sustentaram Paulo com doações quando ele precisava.
    "Quando estive entre vocês e passei por alguma necessidade, não fui um peso para ninguém; pois os irmãos, quando vieram da Macedônia, supriram aquilo de que eu necessitava. Fiz tudo para não ser pesado a vocês, e continuarei a agir assim". 2 Coríntios 11:9

    "Como vocês sabem, filipenses, nos seus primeiros dias no evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja partilhou comigo no que se refere a dar e receber, exceto vocês; pois, estando eu em Tessalônica, vocês me mandaram ajuda, não apenas uma vez, mas duas, quando tive necessidade. Não que eu esteja procurando ofertas, mas o que pode ser creditado na conta de vocês. Recebi tudo, e o que tenho é mais que suficiente. Estou amplamente suprido, agora que recebi de Epafrodito os donativos que vocês enviaram".
    Filipenses 4:15-18

    Conclusão

    O N.T. diz que os crentes faziam doações com a venda das suas propriedades e bens para ajudar os irmãos necessitados, e faziam doações para sustentar os apóstolos.

    O N.T. revela que os crentes davam muito mais que o dízimo, eles davam além do que deveriam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Vencedor , Sim ! Jesus confirmou o dízimo A MULTIDÃO , AOS APÓSTOLOS E AOS FARISEUS É SÓ LER LÁ NO INÍCIO DO CAPÍTULO (Mt23:1) (Mt23:23) Ora , como "alguns" alegam que o dízimo "não mais "existe" pra eles a misericórdia , o juízo e a fé também não deveria existir.(Mt23:23) Assim como Abraão estava sobre a promessa quando praticou o dízimo assim os cristãos fiéis(Ap14:12) nos dias de hoje são os filhos da promessa.(Gl3:17) (Rm4:13) (Rm9:8) (Rm4:16) Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito.(Lc16:10) (1Cor9:13-14) Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento. Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma. Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "ASSIM ORDENOU também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho , isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.

      Excluir
    2. Leia (2 Cor 8:12) (Lc16:10) A proporcionalidade da contribuição tem que ser Justa , 10% que é o dízimo foi isso que Deus estabeleceu na época de Melquisedeque , na época de Arão(Levitas) e Agora na Igreja(Lideres) Assim beneficia Todos que dependem da destinação da contribuição. Paz de Cristo !

      Excluir
  12. Com isso, eu devo entender que aqueles que não querem praticar o princípio do dízimo, devem fazer da mesma forma como os cristãos faziam. Espero que os tais, também vendam as suas propriedades e bens para ajudar os necessitados, em vez de uma ajudinha ou uma oferta; que façam doações para sustentar os pastores de suas igrejas e que partilhem todas as coisas boas com os seus mestres. Aí sim, eu concordarei que estão não mais debaixo da lei e sim de baixo da graça. O que até hoje eu não vi ninguém fazer. Se para muitos dizimar já é difícil, quanto mais vender o seu apartamento ou sua casa, seu carro e outros bens para demonstrar a sua generosidade.

    Espero, portanto, que uma vez que o irmão não dá o dízimo na sua igreja, venda as suas propriedades e bens, além de compartilhar TUDO o que tem para ajudar os necessitados, entregando tudo isso nas mãos do seu pastor para que o mesmo reparta com os necessitados. Que também faça doações generosas para sustentar o pastor da sua igreja, seguindo desta forma o mesmo o exemplo dos cristãos primitivos, e se assim o faz, merece todo o meu elogio, e deixemos de lado todo este debate sobre dízimo, pois não haverá mais sentido algum.

    Um abraço em Cristo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (Já respondi acima).

      Então, quem dá dízimos hoje está fazendo da forma errada. Veja porquê:

      Se Jesus aprovou a prática do dízimo ao dizer para os fariseus: "DEVEI FAZER ESTAS COISAS (justiça, misericórdia e fé) E NÃO OMITIR AQUELAS (dízimo)" (Mt 23:23). Todos os que dão dízimos deveriam dá-los em HORTELÃ, ENDRO, COMINHO e ARRUDA, pois era isto que os fariseus dizimavam e Jesus disse para continuarem fazendo (Não omitir aquelas).

      Quem não faz isso, não pode ser chamado de "DIZIMISTA FIEL".

      Abraços,

      Excluir
    2. Sou Vencedor , A Paz do senhor Jesus , falou certinho , disse tudo , davam além do dízimo.

      Excluir
  13. Você é o mesmo RENATO CORUMBÁ ou ANTÔNIO SILVA.

    Se não é nenhum dos dois, então você copiou e colou os mesmos questionamentos que eles fizeram. Se observou eu já os refutei.

    Mas, acabei de postar mais um artigo sobre esse tema:

    http://crentefeliz.blogspot.com.br/2013/04/eu-nao-sou-ladrao.html

    De qualquer forma, obrigado pela visita.

    PS: Leia meus artigos acompanhado de uma bíblia para observar as referencias citadas. Se quiser refutá-los, fique a vontade. Gosto de um debate acerca da Palavra, pois só tenho a aprender.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  14. Concordo plenamente com a explicação deste artigo.
    Quando uma pessoa tem um encontro real com Deus, jamais usará suas posses para barganhar com Deus ou força-lo a abençoa-la materialmente. A mesma premissa aplica-se a liderança cristã; o agente pastoral que experimentou verdadeiramente a graça divina e transformadora jamais incentivará a comunidade de fé devolver dizimo ou dar ofertas expressivas no afã de enriquecer a si mesmo; nem usará em beneficio próprio os recursos do povo de Deus que está sob o seu pastoreio. Essa atitude, aliás, indica a ausência do senhorio de cristo na vida de quem assim procede. E o egocentrismo e a preocupação com sigo mesmo são tiranos e inimigos da vida cristã e das atividades de mordomia e do ofertar. Dar pensando sobre tudo na colheita é mera barganha e evidencia a atitude de um simples consumidor do mercado de fé, não de adorador genuíno! Portanto, digo; levei anos para ter um encontro real com Deus, e por conta disto ficava querer barganhar com Deus, não entendia que o fator que determina as bênçãos de Deus, na vida de um irmão, não é ser dizimista, e sim quando entendemos que Ele já nos abençoou com toda a sorte de bênçãos nos lugares celestiais (Efésios 1:3). Só precisamos agradecê-lo. E quando somos gratos ao Senhor nosso Deus, cumprimos com segundo mandamento que diz: Amarás o teu próximo como a ti mesmo, veja o que o apóstolo Paulo diz: O amor não faz mal ao próximo; de sorte que o cumprimento da Lei é o amor (Rm. 13-10) então se as instituições eclesiásticas cumprissem com este mandamento, não haveria irmãos passando necessidades, seriamos semelhantes a igreja primitiva, todos teria em comum. O que seria esse comum? Da mesma forma o que dar o dízimo, com o que recebe, seriam agraciados com os mesmos benefícios, mas sabemos plenamente que é isso não acontece nas mesmas proporções, vejam a disparidade: os filhos do dizimista que é assalariado lutam para conseguir um bom emprego, lutam para ter curso superior e levam anos nessa tentativa, e muitas vezes nunca consegue; ao contrário daquele que recebe, com menos esforço colocam os filhos nas melhores faculdades, compram carros pra si e para os filhos, e trocam quando bem quiser, e o próprio que se diz “casa do tesouro”, quando não tem curso superior aproveita do bom quinhão que recebe para se formar, e deixam o campo na mão de terceiros, e que é pior quando se forma a festa de agradecimento se resumem apenas com os pastores, mas chegado, políticos, e nunca com a igreja e o irmão assalariado que contribui-o há anos, “para casa do tesouro” e como sabemos disto; é porque isso já aconteceu em minha cidade. Portanto meus irmãos, para entender qual é a verdadeira liderança escolhida por Deus é aquela que ensina que contribuição é graça pura e simplesmente. È a graça que necessariamente faculta ao cristão e o capacita a efetuar o generoso ato, apesar do aperto econômico financeiro.
    E que é “dar pela graça”?1) Dar apesar das circunstâncias (1 Co 8.1,2); 2) dar com entusiasmo e alegria (1 Co 8.3,4); 3) dar em resposta as dádivas recebidas de Deus (1 Co 8.7), etc.
    “Eu sou o que sou pela graça de Deus” (1 Co 15. 10); todas as epístolas de Paulo começam com a graça sempre atrelado á paz, e terminam com a graça; seu ministério era anunciar o evangelho da graça de Deus (At. 20 24). O nobre apóstolo também enfatiza que quando a graça de Deus se move numa comunidade, não é preciso manipular pessoas para que contribuam – elas o farão espontaneamente, como aconteceu com os cristãos da Macedônia, mesmo em meio as mais extrema pobreza (2 Co 8. 1-5). Enfim: parece que muitos pastores hoje precisam redescobri a real graça de Deus.
    Que cada um de nós, dê o melhor, com nobre motivação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia (2 Cor 8:12) (Lc16:10) A proporcionalidade da contribuição tem que ser Justa , 10% que é o dízimo foi isso que Deus estabeleceu na época de Melquisedeque , na época de Arão(Levitas) e Agora na Igreja(Lideres) Assim beneficia Todos que dependem da destinação da contribuição. Paz de Cristo !

      Excluir
  15. primeira coisa varão precisa se converter para ter a exegese fiel so quem se entrega verdadeiramente é que pode ter revelações reais da palavra de Deus é simples Hb 13 vers 8 diz que ele é mesmo ontem hoje e eternamente,ha uma divisão logica entre velho e novo testamento mas a palavra é uma só se o dizimo vale só para o velho testamento o que será dos ensinamentos que temos em todos o livros do velho testamento palavras gloriosas que o mesmo espirito que usava os profetas usava os apostolos lembre-se Jesus veio cumprir a lei quer dizer aperfeiçoar a lei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz seja contigo pastor Estevão Brito.

      Primeirante agradeço a visita e comentário.

      Você não é a primeira pessoa que diz que devo me converter. Aliás, essa é a visão que muitos tem quando julgam temerariamente aqueles que não pagam mais esse imposto compulsório apelidado de dízimo, porque descobriram a verdade que liberta (João 8:32). Mas deixa isso pra lá e vamos primeiramente ver o que é exegese: A palavra exegese é oriunda do grego exegeomai, exegesis: ex tem o sentido de retirar, derivar, ex-trair, ex-ternar, ex-teriorizar, ex-por e "hegeisthai" o de conduzir, guiar. Esta é a interpretação profunda de um texto bíblico, jurídico ou literário. A tarefa da exegese dos textos sagrados da Bíblia tem uma prioridade e anterioridade em relação a outros textos. Isto é, os textos sagrados são os primeiros dos quais se ocuparam os exegetas na tarefa de interpretar e dar seu significado.

      Ser exegeta é contextualizar o que foi escrito com a cultura da época e extrair os princípios morais para o tempo presente.

      Partindo dessa explicação, se você atentou para o que eu expliquei detalhadamente sobre o significado de cada ponto, usando outros textos da própria Bíblia e não daquilo que eu penso que é ou poderia ser, haverá de convir que não desviei o foco do assunto. Além da exegese, também faço uso da hermenêutica quando estudo a bíblia, para não correr o risco de ir além do que está escrito e nem diminuir ou alterar a revelação escrita como muitos fazem atualmente, pegando textos isolados, interpretando ao bel-prazer para tirar proveito dos ignorantes que não tem a virtude de estudar a Santa Palavra de Deus.
      Você mencionou algo interessante, onde para se entender esse questionamento que você fez, é preciso realmente usar a exegese, bem como a hermenêutica. Sua pergunta é essa: "há uma divisão logica entre velho e novo testamento mas a palavra é uma só. Se o dizimo vale só para o velho testamento o que será dos ensinamentos que temos em todos o livros do velho testamento, palavras gloriosas que o mesmo espirito que usava os profetas usava os apostolos ?..."

      Sim, não tenho dúvidas que era o mesmo Espírito que usava os profetas, bem como os apóstolos, assim como ainda age na igreja, pois Ele não mudou. Porém, você precisa entender que essa divisão que você classifica de lógica entre o Antigo e o Novo Testamento, podemos chamá-la de LEI e GRAÇA, pois esta é a divisão que distingue o Antigo do Novo Testamento. O escritor aos Hebreus começa mostrando essa diferença logo no seu primeiro capítulo e versículo, quando diz: "HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, PELOS PROFETAS, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo FILHO (JESUS). Tal ensino está perfeitamente em harmonia com o que escreveu o evangelista Lucas: "A lei e os profetas duraram até João; desde então é anunciado o reino de Deus, e todo o homem emprega força para entrar nele." (Lucas 16:16).

      Mas, voltando a questão sobre o que será dos ensinos que temos em todo o Antigo Testamento, faço-lhe uma pergunta: Você já se circuncidou? Guarda o sábado como dia de descanso? Sacrifica animais sobre o altar para expiar seus pecados? Obedece religiosamente os 613 mandamentos que Deus deu para Moisés ensinar para o povo? Não? E porque não?! São mandamentos dados pelo mesmo Espírito que usou os profetas e apóstolos. De todos esses, quero tomar como exemplo a circuncisão que, ao contrário do dízimo, foi um mandamento antes da promulgação da lei a Abraão, onde ele e toda sua descendência deveria cumprir esse mandamento por todas as gerações, por estatuto perpétuo (Leia Gênesis 17: 9-14). Jesus, nosso maior exemplo, foi circuncidado ao oitavo dia de nascimento em obediência a esse mandamento e depois apresentado no templo (Lucas 2:21). Hoje, os pastores se orgulham de não batizar crianças, como faz a igreja católica, mas só as apresentam a Deus, porque Jesus foi apresentado. E porque não circuncidam os filhos também, pois é um mandamento que o próprio Jesus obedeceu?

      Continua....

      Excluir
    2. Continuação....

      Mas vou lhe esclarecer isso, pois é o meu papel como crente salvo em Cristo que me ordenou ide e ensinar as Sua Palavras. Os mandamentos do Antigo Testamento que Jesus não veio abolir mas cumprir, era para um povo exclusivo que é Israel (povo judeu). Esses mandamentos ainda continuam valendo para eles, pois foi com eles que foi feita a Aliança do Antigo Testamento, principalmente aqueles que não reconhecem a Jesus como o Messias. Eu faço parte de uma igreja que foi edificada por Jesus, cuja aliança foi feita por intermédio do Seu sangue derramado na cruz para expiar os meus pecados e me dar o direito de ser chamado Filho de Deus pela fé, sem a obrigação da observância da lei que foi dada aos judeus.

      "Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz," (Efésios 2:15). "Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz." (Colossenses 2:14).

      Eu tomei o exemplo da circuncisão para lhe fazer entender que assim como ela não é obrigatória a nós que não somos judeus, o dízimo também não é, pois este em nenhum tempo foi dinheiro, mas alimento (Mantimento) e isso nunca mudou.

      Jesus não veio ab-rogar a lei mas cumpri-la (Mateus 5:17). Sim, Ele a cumpriu por mim que passei a crer nEle pela FÉ. Mas em relação ao povo judeu que não creu nEle, esta ainda continua em vigor pois pra eles a lei não foi abolida.

      Mas, se você acha que tem que obedecer estes mandamentos, fique a vontade, mas preciso alertá-lo que: aquele que quiser obedecer algum desses preceitos deve saber que fica na obrigação de guardar toda a lei, isto é: Quer dar o dízimo, se circuncide também e cumpra os 613 preceitos, pois: "Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos." (Tiago 2:10).

      No meu caso, não aniquilo a graça de Deus; porque, se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu em vão (Gálatas 2:21).

      Deus o abençoe!

      Excluir
  16. A palavra dizimo, em si mesma, quer dizer dez por cento.10% Se você olhar num dicionário verá que este é o significado. Etimologicamente o dízimo (latim decimus), significa a décima parte de algo. Portando algo Qualquer coisa; alguma coisa; um tanto que é 10% Na graça(Rm4:16) pode ser em dinheiro ? SIM PODE ! (Tg5:12) (Mt5:37) Entrego o dízimo em dinheiro porque Deus me prospera em dinheiro na graça e o dinheiro é meu.(Ecl5:19) (Jo3:27) (Tg1:9) (Tg1:17) (Lc10:7) (Rm4:4) (2Cor8:12) Entrego o dízimo em dinheiro por livre e espontânea vontade e porque a fé é independente da lei, creio em Deus não preciso ser circuncidado e vivo na graça pela fé.(Rm2:14-15)(Rm4:13) (Rm3:30) (Rm4:6-12) (Gl3:7) (Rm4:16) Entrego o dízimo em dinheiro porque o Sacerdote Eterno continua vivo e ele é o cabeça da igreja e ele quer sua noiva bem cuidada.(Hb7:8) (Ef5:25-32) (1Cor14:33) Entrego o dízimo porque Amo a Deus "sobre todas as coisas" e creio na sua obra.(Mt22:37) (Ef4:11-13) (Tt2:14) (Jo14:12) (1Cor9:14) (Rm8:28) (1Tm5:17) Ora, onde está escrito na bíblia que na graça Deus fala que não podemos entregar por livre e espontânea vontade 10% em dinheiro na Igreja ? (Fl4:13) (2Cor3:17) (Ef1:22-23) (2Cor8:12) Onde consta na bíblia Jesus ou os apóstolos afirmando que o dízimo foi abolido e os cristãos não deveriam dizimar? EM NENHUM LUGAR !É lamentável que as pessoas querem achar pelo em ovo na bíblia por causa da palavra "dízimo" pois a letra mata.(2Cor3:6)

    ResponderExcluir
  17. Ok. Mas me diga onde está escrito no Novo Testamento que Jesus ou os apóstolos ensinaram que devemos ser dizimistas? Me mostre a menor referência possível.

    Mas vou logo adiantando que em toda há bíblia há 34 menções ao dízimo, sendo: 25 no AT e 09 no NT e em nenhuma dessas referencias nos dá a menor idéia que o dízimo alguma vez foi pago em dinheiro e muito menos que é um dever do cristão salvo em Cristo Jesus. Dizimar nunca foi uma obra de JESUS, nem dos apóstolos, nem de qualquer cristão. Não existe nem um verso na Bíblia em que a igreja de CRISTO praticava a lei dos dízimos.

    O dízimo era uma lei cerimonial e provisória que servia para alimentar uma família sacerdotal de vida humilde proibida de ter propriedades que eram os levitas. Era parte da Velha Aliança escrita por Moisés e que foi abolida por CRISTO ao morrer na cruz. JESUS então instituiu a Nova e Eterna Aliança. A lei do dízimo na Bíblia era alimento e jamais foi dinheiro. Além do mais era uma obrigação somente para os donos de gados, e que tivessem a partir de dez gados, pois quem possuía até o nono gado não dizimava. Também era uma obrigação para os agricultores que produziam em suas terras grãos e frutas. Qualquer outro tipo de atividade não dizimava segundo as leis da Bíblia. Veja na Bíblia Levítico 27:30-32. Depois some a isso: “Nada acrescentes às Suas palavras, para que não te repreenda, e sejas achado mentiroso.” (Provérbios 30:6).

    Mas, os que insistem em cobrar dizimos em dinheiro do incauto deveriam mudar o nome de dízimo para imposto religioso, tributo religioso, mensalão ou qualquer outro nome, mas não dízimo, pois dízimo é uma lei cerimonial de alimentos para um sacerdócio levítico da lei de Moisés, pertencente a um sacerdócio imperfeito e provisório de um templo feito por mãos humanas cujos serviços foram abolidos.

    A lei levítica com o sacerdote, os dízimos que os sustentavam, a circuncisão, sinal desta aliança, o Templo, que era chamada casa de Oração, casa de DEUS, um lugar físico e fixo para adoração, os rituais e os sacrifícios, tudo isso era um ensino provisório e “serviu de aio para nos conduzir a CRISTO, a fim de que fôssemos justificados por fé.” E “tendo vindo a fé, já não permanecemos subordinados ao aio.” (Gálatas.3:24).

    Se alguém quer restaurar a lei dos dízimos terá que restaurar tudo mais que a lei cerimonial o diz, como o sacerdócio levítico, o Templo no monte Sião, lugar para onde tinha que ser obrigatoriamente levado o dízimo, pois o lugar e o dízimo e os demais rituais eram inseparáveis (e isso será a parte mais difícil porque no lugar do Templo foi construído uma Mesquita islâmica), também terá que restaurar a circuncisão, os sacrifícios, rituais, os sete sábados cerimônias, etc. Mas se para sermos salvos temos que dizimar e se a bênção e “a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu CRISTO em vão.” (Gálatas.2:21).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus confirmou o dízimo A MULTIDÃO , AOS APÓSTOLOS E AOS FARISEUS É SÓ LER LÁ NO INÍCIO DO CAPÍTULO (Mt23:1) (Mt23:23) Ora , como "alguns" alegam que o dízimo "não mais "existe" pra eles a misericórdia , o juízo e a fé também não deveria existir.(Mt23:23) Assim como Abraão estava sobre a promessa quando praticou o dízimo assim os cristãos fiéis(Ap14:12) nos dias de hoje são os filhos da promessa.(Gl3:17) (Rm4:13) (Rm9:8) (Rm4:16) Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito.(Lc16:10)

      Excluir
  18. A palavra dizimo, em si mesma, quer dizer dez por cento.10% Se você olhar num dicionário verá que este é o significado. Etimologicamente o dízimo (latim decimus), significa a décima parte de algo. Portando algo Qualquer coisa; alguma coisa; um tanto que é 10% Na graça(Rm4:16) pode ser em dinheiro ? SIM PODE ! (Tg5:12) (Mt5:37) Entrego o dízimo em dinheiro porque Deus me prospera em dinheiro na graça e o dinheiro é meu.(Ecl5:19) (Jo3:27) (Tg1:9) (Tg1:17) (Lc10:7) (Rm4:4) (2Cor8:12) Entrego o dízimo em dinheiro por livre e espontânea vontade e porque a fé é independente da lei, creio em Deus não preciso ser circuncidado e vivo na graça pela fé.(Rm2:10-11) (Rm2:14-15) (Rm2:29) (Rm3:30)(Rm4:13) (Rm4:6-12) (Rm4:16) (Gl3:7) Entrego o dízimo em dinheiro porque o Sacerdote Eterno continua vivo e ele é o cabeça da igreja e ele quer sua noiva bem cuidada.(Hb7:8) (Ef5:25-32) (1Cor14:33) Entrego o dízimo porque Amo a Deus "sobre todas as coisas" e creio na sua obra.(Mt22:37) (Ef4:11-13) (Tt2:14) (Jo14:12) (1Cor9:14) (Rm8:28) (1Tm5:17) Ora, onde está escrito na bíblia que na graça Deus fala que não podemos entregar por livre e espontânea vontade 10% em dinheiro na Igreja ? (Fl4:13) (2Cor3:17) (Ef1:22-23) (2Cor8:12) Onde consta na bíblia Jesus ou os apóstolos afirmando que o dízimo foi abolido e os cristãos não deveriam dizimar? EM NENHUM LUGAR !É lamentável que as pessoas querem achar pelo em ovo na bíblia por causa da palavra "dízimo" pois a letra mata.(2Cor3:6)

    ResponderExcluir
  19. A bíblia ensina que devemos ser bons administradores e planejar com antecedência e sabedoria. (Lc14:28-30) (Tg3:13) Não estejas entre os que se comprometem, e entre os que ficam por fiadores de dívidas,Pois se não tens com que pagar, deixarias que te tirassem até a tua cama de debaixo de ti?(Pv22:26-27) Portanto, dai a cada um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra. A ninguém devais coisa alguma.(Rm13:7-8) Vocês não sabem que dentre todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio.(1Cor9:24) Qualquer pessoa que gastar mais do que ganha e administra mal os seus bens sempre terá prejuízo.(Is55:2)

    ResponderExcluir
  20. Parabéns pelos textos comprovando o que postei. Você só não completou o resto do verso 13 de Romanos 13 que diz: A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros. Paulo repete o que Jesus ensinou que toda a lei praticada pelos judeus se cumprem neste mandamento que é amar a Deus e ao próximo como a sí mesmo. Quem obedece esse mandamento presta tributo e honra a Deus, pois Ele não nos pede mais que isso. Com o nosso dinheiro Ele espera que pratiquemos a beneficência, que é a caridade para com o nosso semelhante, pois este é o sacríficio que agrada a Ele (Hebreus 13:16).

    Deus não precisa do meu e do seu dinheiro, mas a obra dele precisa e muito. E qual é a obra de Deus aqui na terra? Construção de templos com seus infindáveis gastos? NÃO! A obra de Deus é aquela que Ele criou com suas próprias mãos que foi o homem, criado à sua imagem e semelhança. Essa é a obra a qual Deus deseja que invistamos nossos bens, pois quem dá aos pobres empresta a Deus e Ele pagará o benefício (Provérbios 19:17).

    Quando Deus estabeleceu o dízimo como doutrina e regra entre os judeus, foi visando prioritariamente o benefício do necessitado. O dízimo era de Deus e Ele os deu aos levitas todos os dizimos, pois estes não receberam parte na terra prometida. O que os levitas recebiam tiravam a décima parte para os sacerdotes e repartiam com as viúvas, órfãos e estrangeiros. Deus ordenou aos judeus que não diminuíssem e nem alterassem nada daquilo que Ele mesmo estabeleceu concernente a entrega dos dízimos (Deuteronômio 12:32). Mas a igreja católica na idade das trevas mudou essa ordenança, convertendo o dizimo de alimento para dinheiro e mudando as prioridades dos necessitados para os sacerdotes. Modelo este que foi copiado pela maioria das igrejas protestantes e que valem até hoje e aí daquele que discordar.

    "Mas tenho contra ti que toleras Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria. E dei-lhe tempo para que se arrependesse da sua prostituição; e não se arrependeu. Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras" (Apocalipse 2:20-22).

    O Espírito Santo tem nos alertado dia após dia, pois o dia da prestação de contas vai vir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus confirmou o dízimo A MULTIDÃO , AOS APÓSTOLOS E AOS FARISEUS É SÓ LER LÁ NO INÍCIO DO CAPÍTULO (Mt23:1) (Mt23:23) Ora , como "alguns" alegam que o dízimo "não mais "existe" pra eles a misericórdia , o juízo e a fé também não deveria existir.(Mt23:23) Assim como Abraão estava sobre a promessa quando praticou o dízimo assim os cristãos fiéis(Ap14:12) nos dias de hoje são os filhos da promessa.(Gl3:17) (Rm4:13) (Rm9:8) (Rm4:16) Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito.(Lc16:10) (1Cor9:13-14) Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento. Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma. Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "ASSIM ORDENOU também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho , isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.

      Excluir
  21. A palavra dizimo, em si mesma, quer dizer dez por cento.10% Se você olhar num dicionário verá que este é o significado. Etimologicamente o dízimo (latim decimus), significa a décima parte de algo. Portando algo Qualquer coisa; alguma coisa; um tanto que é 10% Na graça(Rm4:16) pode ser em dinheiro ? SIM PODE ! (Tg5:12) (Mt5:37) Entrego o dízimo em dinheiro porque Deus me prospera em dinheiro na graça e o dinheiro é meu.(Ecl5:19) (Jo3:27) (Tg1:9) (Tg1:17) (Lc10:7) (Rm4:4) (2Cor8:12) Entrego o dízimo em dinheiro por livre e espontânea vontade e porque a fé é independente da lei, creio em Deus não preciso ser circuncidado e vivo na graça pela fé.(Rm2:10-11) (Rm2:14-15) (Rm2:29) (Rm3:30)(Rm4:13) (Rm4:6-12) (Rm4:16) (Gl3:7) Entrego o dízimo em dinheiro porque o Sacerdote Eterno continua vivo e ele é o cabeça da igreja e ele quer sua noiva bem cuidada.(Hb7:8) (Ef5:25-32) (1Cor14:33) Entrego o dízimo porque Amo a Deus "sobre todas as coisas" e creio na sua obra.(Mt22:37) (Ef4:11-13) (Tt2:14) (Jo14:12) (1Cor9:14) (Rm8:28) (1Tm5:17) Ora, onde está escrito na bíblia que na graça Deus fala que não podemos entregar por livre e espontânea vontade 10% em dinheiro na Igreja ? (Fl4:13) (2Cor3:17) (Ef1:22-23) (2Cor8:12) Onde consta na bíblia Jesus ou os apóstolos afirmando que o dízimo foi abolido e os cristãos não deveriam dizimar? EM NENHUM LUGAR ! É lamentável que as pessoas querem achar pelo em ovo na bíblia por causa da palavra "dízimo" pois a letra mata.(2Cor3:6) "DAR - VOS - EI PASTORES SEGUNDO O MEU CORAÇÃO".(Jr3:15) Confiem no SENHOR,seu Deus,e estarão seguros; confiem nos profetas dele,e tudo o que vocês fizerem dará certo.(2Cr20:20) Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho que o Espírito Santo entregou aos seus cuidados,como pastores da Igreja de Deus,que ele comprou por meio do sangue do seu próprio Filho.(At20:28) Não aceite nenhuma acusação contra qualquer presbítero, a não ser que ela seja feita por duas testemunhas, pelo menos.(1Tm5:19) Devem ser considerados merecedores de pagamento em dobro os presbíteros que presidem bem,com especialidade os que se afadigam na palavra e no ensino."(1Tm5:17) Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho.(1Cor9:13-14) Todo trabalhador é digno do seu salário(Lc1:7) (Rm4:4) O irmão que é pobre deve ficar contente quando Deus faz com que melhore de vida;(Tg1:9) A bíblia ensina que devemos ser bons administradores e planejar com antecedência e sabedoria. (Lc14:28-30) (Tg3:13) Não estejas entre os que se comprometem, e entre os que ficam por fiadores de dívidas,Pois se não tens com que pagar, deixarias que te tirassem até a tua cama de debaixo de ti?(Pv22:26-27) Portanto, dai a cada um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra. A ninguém devais coisa alguma.(Rm13:7-8) Vocês não sabem que dentre todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio.(1Cor9:24) Qualquer pessoa que gastar mais do que ganha e administra mal os seus bens sempre terá prejuízo.(Is55:2) Satanás, entretanto, desafia a integridade de Jó, e então Deus permite que Satanás interfira na vida de Jó, resultando na tragédia de Jó: a perda de seus bens, de seus filhos e de sua saúde.(Jó1:8-22) O ladrão(Satanás) não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.(Jo10:10) (1Pe5:8) Temos que estar sempre preparados mesmo nas perdas, e não colocar a culpa em Deus, ao contrário devemos colocar Deus em primeiro lugar usando a nossa FÉ e uma boa consciência mesmo nos piores momentos de nossas vidas.(1Pe1:7) (Jó42:10) Pois sabemos que todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus,daqueles a quem ele chamou de acordo com o seu plano.(Rm8:28)

    ResponderExcluir
  22. Ora, onde consta na bíblia que na graça Deus fala que não podemos ou é "proibido" entregar por livre e espontânea vontade o dízimo 10% em dinheiro na Igreja ? Ora, onde consta na bíblia que na graça quem pratica o dízimo 10% em dinheiro por livre e espontânea vontade é pecado ? Ora, onde consta na bíblia que na graça quem pratica o dízimo 10% em dinheiro por livre e espontânea vontade vai para o Inferno ? Ora , onde consta na bíblia que na graça quem pratica o dízimo 10% em dinheiro por livre e espontânea vontade vai para o Lago de fogo ? Ora , onde consta na bíblia que na graça quem pratica o dízimo 10% em dinheiro por livre e espontânea vontade não vai herdar o reino de Deus ? Ora, onde consta na bíblia Jesus ou os apóstolos afirmando que o dízimo foi abolido e os cristãos não deveriam dizimar? EM NENHUM LUGAR ! (Fl4:13) (2Cor3:17) (Ef1:22-23) (2Cor8:12) É lamentável que as pessoas querem achar pelo em ovo na bíblia por causa da palavra "dízimo" pois a letra mata.(2Cor3:6)

    ResponderExcluir
  23. Opa! Releia cuidadosamente o capítulo 10 do evangelho de João e veja quem é o ladrão a quem Jesus se refere. Jesus está dizendo que o ladrão e o mercenário. Justamente alguém que usurpa o título de pastor para se dar bem com a gordura e a lã das ovelhas (Compare com Jeremias 23 e Ezequiel 34).

    Muitos que roubam, matam e destroem as ovelhas do Senhor com suas doutrinas distorcidas e nocivas não assumem suas heresias e preferem jogar a culpa no diabo, adulterando a Palavra, dizendo que ele é este ladrão, quando não é. Muitos vão além do que está escrito pondo palavras na boca de Jesus, afirmando que Jesus disse o que não disse: Cuidado!

    "Eis que eu sou contra os profetas, diz o SENHOR, que usam de sua própria linguagem, e dizem: Ele disse." (Jeremias 23:31).

    "Nada acrescentes às suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado mentiroso." (Provérbios 30:6).

    Continue a estudar a Palavra, abrindo o coração para o Espírito Santo e em breve chegarás onde cheguei.

    E conhecereis a Verdade e a Verdade vos Libertará (João 8:32). Essa é uma palavra fiel!

    ResponderExcluir
  24. Ora, onde consta na bíblia que na graça Deus fala que não podemos ou é "proibido" entregar por livre e espontânea vontade o dízimo 10% em dinheiro na Igreja ? Ora, onde consta na bíblia que na graça quem pratica o dízimo 10% em dinheiro por livre e espontânea vontade é pecado ? Ora, onde consta na bíblia que na graça quem pratica o dízimo 10% em dinheiro por livre e espontânea vontade vai para o Inferno ? Ora , onde consta na bíblia que na graça quem pratica o dízimo 10% em dinheiro por livre e espontânea vontade vai para o Lago de fogo ? Ora , onde consta na bíblia que na graça quem pratica o dízimo 10% em dinheiro por livre e espontânea vontade não vai herdar o reino de Deus ? Ora, onde consta na bíblia Jesus ou os apóstolos afirmando que o dízimo foi abolido e os cristãos não deveriam dizimar? EM NENHUM LUGAR ! (Fl4:13) (2Cor3:17) (Ef1:22-23) (2Cor8:12) É lamentável que as pessoas querem achar pelo em ovo na bíblia por causa da palavra "dízimo" pois a letra mata.(2Cor3:6)

    ResponderExcluir
  25. Meus bons amigos amei os comentários, bom vou deixar apenas uma referencia de Mateus 23.23. Quem é a favor do dizimo, continue perseverante pois Deus vê o coração. Quem não quer contribuir e ser fiel ao SENHOR em sua obra amém. Apenas gostaria de lembrar que o dizimo demonstra fé, amor, obediência e socorro a obra quem nem sempre pode contar com ofertas, bom este para mim é uma das razões de ser sim um dizimista. Meu caro irmão Reginaldo Barbosa não me responda, pois minha posição é respeitando sua opinião, lembro que antes de tudo Deus não obriga ninguém a nada; aliás o que me deixou surpreso é de ver um membro da Assembleia de Deus agindo assim, leve em conta as almas e missionários, templos e sua manutenção, etc, tudo isso há um preço!! Prefiro nem entrar em discussão, pois enquanto discutimos estamos perdendo almas, e eu falo toda obra tem seu custo, prefiro gastar meu dinheiro com as coisas de Deus com coisas banais e toscas do mundo. Acho seria bom lembrar que nossa Assembleia em seu contexto é a maior mantedoras de obras. Isso tudo baseado ao que oferta e dizima. Meu irmão parabéns pela sua sinceridade e se vc acha correto não contribuir com seu dizimo amém, Deus sempre levanta outro. Fica em paz. Forte abraço. Paz do Senhor.
    Evangelista Lucas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela sua visita evangelista Lucas,

      Me desculpe, mas preciso lhe responder sim. Aliás, peço que leia este artigo que escrevi, conforme link:

      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2013/07/dizimo-uma-obrigacao-ou-uma-questao-de.html

      Leia e entenda que o dízimo verdadeiramente bíblico, aquele que foi estabelecido por Deus mesmo, jamais foi para ganhar almas, sustentar missionários ou manutenção de templos. O dízimo genuinamente bíblico atendia a dois propósitos exclusivos que era o sustento dos levitas e dos necessitados e nada mais que isso. Eu não posso ir além daquilo que Deus estabeleceu.

      Ainda estou na Assembleia de Deus, mas não sei por quanto tempo, pois devido eu tomar conhecimento dessas verdades, foi vetada minhas oportunidades e muitos dos que se diziam meus irmãos se afastaram de mim, pelo entendimento que eu me tornei o pior ladrão.

      Sou contribuinte, mas não dizimista. Aliás, não existem dizimistas na era da graça. Leia meus estudos sobre essa doutrina contida neste blog e você saberá porque digo isso.

      Abraços e Deus lhe abençoe.

      Excluir
    2. Jesus confirmou o dízimo A MULTIDÃO , AOS APÓSTOLOS E AOS FARISEUS É SÓ LER LÁ NO INÍCIO DO CAPÍTULO (Mt23:1) (Mt23:23) Ora , como "alguns" alegam que o dízimo "não mais "existe" pra eles a misericórdia , o juízo e a fé também não deveria existir.(Mt23:23) Assim como Abraão estava sobre a promessa quando praticou o dízimo assim os cristãos fiéis(Ap14:12) nos dias de hoje são os filhos da promessa.(Gl3:17) (Rm4:13) (Rm9:8) (Rm4:16) Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito.(Lc16:10) (1Cor9:13-14) Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento. Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma. Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "ASSIM ORDENOU também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho , isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.

      Excluir
  26. A paz
    Querido irmão, cada um tem o direito de defender aquilo em que acredita, mais gostaria de fazer uma pequena observação, realmente o NT, não prega explícito o dízimo, mais também nao o condena.
    Jesus nunca condenou a fé de ninguém, então se eu a tenho de fotma a acreditar que Deus abrirá, uma janela de bênçãos sobre a minha vida, que assimseja. O que eu não posso e matar a ffé de meu irmão.
    Vemos Que Jesus não aboliu o VT, e sim aumentou mais nossa responsabilidade. Entao como gamaliel, gostaria de te perguntar não estaria o amado brigando com o próprio Deus, quando luta contra algo que ele mesmo nao aboliu no Nt, e apenas nao foi mencionado ou duramente ensinado.
    Quando pregaram para vc o evangelho, quem pagava a manutenção fo templo?
    Vc diz que Deus nunca abriu as janelas sobre sua vida, e o que foram todos milagres recebidos por você?
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então precisamos avisar Paulo sobre isso:

      "Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo ABOLIDO." (II Coríntios 3:14).

      Abraços

      Excluir
  27. Respostas
    1. Leia outros estudos que escrevi aqui neste blog sobre a tema e verás minha posição sobre o assunto. Só lhe adianto uma coisa que todos os que defendem a doutrina do dizimo não falam: DIZIMO NUNCA FOI DINHEIRO.

      O dizimo é Bíblico? Sim. Mas não é norma ou mandamento para a igreja de Cristo.

      Eis os links:
      O que era o dizimo:
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2012/10/dizimo-o-que-era-e-o-que-nao-e.html

      Quem é o devorador?
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2012/10/apostasia-na-igreja-um-inimigo-invisivel.html

      De quem eram os dizimos:
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2012/12/existem-levitas-na-igreja.html

      Quem são os ladrões de dízimo:
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2013/04/eu-nao-sou-ladrao.html

      Dizimo é uma obrigação ou questão de fé?
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2013/07/dizimo-uma-obrigacao-ou-uma-questao-de.html

      Por favor lei com cuidado analisando cada referencia citada e estou aberto as refutações dentro da Palavra.

      Abraços

      Excluir
    2. Pastor Claudio Cézar Olá , Jesus confirmou o dízimo A MULTIDÃO , AOS APÓSTOLOS E AOS FARISEUS É SÓ LER LÁ NO INÍCIO DO CAPÍTULO (Mt23:1) (Mt23:23) Ora , como "alguns" alegam que o dízimo "não mais "existe" pra eles a misericórdia , o juízo e a fé também não deveria existir.(Mt23:23) Assim como Abraão estava sobre a promessa quando praticou o dízimo assim os cristãos fiéis(Ap14:12) nos dias de hoje são os filhos da promessa.(Gl3:17) (Rm4:13) (Rm9:8) (Rm4:16) Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito.(Lc16:10) (1Cor9:13-14) Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento. Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma. Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "ASSIM ORDENOU também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho , isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.

      Excluir
  28. entao seu perturbado eu nao posso receber nehuma bemçao de Deus porque meu trabalho nao tem nadada ver com a terra meu trabalho e impedir dos estrago que as chuvas faz nao planto nada na terra sendo assim nao posso ser abençoado ora veja arrumou um pretesto para roubar o dizimo sou dizimista fiel sim e tenho recebido as bençao sim outra coisa quando nao era dizimista o maximo era um marceneiro naval so depois quando passei nao a so ser dizimista mas dizimista fiel Deus me fez sair do meu ramo e me colocou num ramo que tem poucas atuaçao e os poucos que tem sao todos doutores estudado do mais alto gabarito e porque sou dizimista fiel entrei no ramo e ainda tenho como subordinado pessoas muito mais inteligentes e estudas do eu so tenho a 8 serie e quando o restante sao no minimo engenheiro meu carro nao quebra meus filhos nao ficam doentes minhas roupas nao se rasgam neu sapatos nao se gastam nao gasto dineiro com aquilo que nao e pao vem pessoas me procurar dos cofins do brasil para fazer serviços comigo quanto aos meu concorentes falam como pode esse cara nem estudo tem e vem muita gente de longe fazer servilo com ele na verdade voce esta lendo malaquias 3:10 como farizeu e nao como uma inocencia por isso que eu sempre vou dizer a DEUS o Senhor nao quero receber nada do Senhor a unica coisa que eu desejo e que o Senhor cumpra com o que prometeu : trazei todos os dizimo a casa do tesouro e provaime nisto se eu nao vus abrir as janelas do ceus e deramar bençao sem medidas sobre voz ate que vus acha abastança e por vossa causa reprederei o espirito devorador,cortados ,destruidor migrador , ai sim eu creio nao numa pertubaçao desta natureza que voce esta falando que DEUS vai abrir as janelas dos ceus para derramar chuva abençoar as lavuoras a vinha ignorante e as pessoa que nao tem nada a ver com lavoura vinhas plantaçao e coisa do genero esta nao vao ser abençoadas pessoa que trabalham com informatica,futebol,automoveis contruçao civil etc etc etc essas nao vao ser alcançadas louco veja bem o vai falar olhe para sua vida primeiro ja eta feio pra voce anda de galho em galho nao sabe que igreja para pra voce nem adianta ter misericordia porque uma veja iluminado fica dificil a palavra alcançar de novo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo,

      Bem vindo ao meu blog.

      Após ler (com muita dificuldade) sua exposição, julguei não ser necessário debater com V Sa. Tenho outros estudos sobre o tema neste blog que eu mesmo escrevi. Leia com cuidado e confira as referências citadas e depois refute-as se quiser.

      Abraços.

      Excluir
    2. Jesus confirmou o dízimo A MULTIDÃO , AOS APÓSTOLOS E AOS FARISEUS É SÓ LER LÁ NO INÍCIO DO CAPÍTULO (Mt23:1) (Mt23:23) Ora , como "alguns" alegam que o dízimo "não mais "existe" pra eles a misericórdia , o juízo e a fé também não deveria existir.(Mt23:23) Assim como Abraão estava sobre a promessa quando praticou o dízimo assim os cristãos fiéis(Ap14:12) nos dias de hoje são os filhos da promessa.(Gl3:17) (Rm4:13) (Rm9:8) (Rm4:16) Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito.(Lc16:10) (1Cor9:13-14) Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento. Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma. Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "ASSIM ORDENOU também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho , isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.

      Excluir
  29. Prezado Reginaldo, como você mesmo pode ver, há diversos temperamentos entre os que procuram servir a Deus,
    Então não poderemos definir que alguém esteja com a razão de um determinado assunto, simples pelo fato de tal expositor ser EQUILIBRADO em sua argumentação.
    Como também não poderemos definir que alguém não tem razão em determinado assunto, pelo simples fato de tal expositor ser DESEQUILIBRADO em sua exposição.
    No ano passado em um debate com determinada pessoa que alega não ser mais mandamento a contribuição e contribuição de 10% no NT; eu fui chamado de FILHO DO DIABO por tal pessoa, pelo simples fato da pessoa não ter como refutar minha argumentação, porém eu desconsidero seu desequilibrio temperamental e examino sua argumentação.

    Pois na realidade, em qual argumentação é preciso conhecer os princípios bíblicos para defender algo e chegar ao conhecimento se isso é válido ou não.
    Exemplo de princípio: A FÉ É NECESSÁRIA PARA AGRADAR A DEUS.

    Pois as escrituras dizem: SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS.

    Ou seja, cheguei ao PRINCÍPIO de que é NECESSÁRIO A FÉ para se agradar a Deus
    devido as escrituras afirmar que sem a tal, fica impossível o agradar a Deus.

    Logo a nossa Fé é uma necessidade de Deus, para que este sinta o agrado em relação a nós.

    Então os princípios são irrefutáveis.

    Alguém poderia argumentar que NÃO se precisa de fé para agradar a Deus? NÃO CONSEGUIRIA!




    Outro, princípio

    UMA FÉ SEM OBRAS NÃO É FÉ.

    As escrituras dizem que a fé sem obra, está MORTA.

    Fazemos agora uma questão com os dois princípios:

    SE AGRADA A DEUS COM UMA FÉ SEM OBRAS?

    Em determinado canto das escrituras, alguém disse outro princípio.
    RM 14.23
    e tudo o que não é feito por fé pecado

    Porventura não houve FÉ na entregar do dízimo de Abraão? Com os princípios sabermos da resposta, se foi SIM ou NÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus confirmou o dízimo A MULTIDÃO , AOS APÓSTOLOS E AOS FARISEUS É SÓ LER LÁ NO INÍCIO DO CAPÍTULO (Mt23:1) (Mt23:23) Ora , como "alguns" alegam que o dízimo "não mais "existe" pra eles a misericórdia , o juízo e a fé também não deveria existir.(Mt23:23) Assim como Abraão estava sobre a promessa quando praticou o dízimo assim os cristãos fiéis(Ap14:12) nos dias de hoje são os filhos da promessa.(Gl3:17) (Rm4:13) (Rm9:8) (Rm4:16) Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito.(Lc16:10) (1Cor9:13-14) Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento. Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma. Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "ASSIM ORDENOU também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho , isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.

      Excluir
    2. Valdecy Rodrigues da Silva , A Paz em Cristo , Entendo então que o dízimo proporção 10% de TUDO que foi praticado por Abraão por fé e em nível Municipal(Salém) a Melquisedeque , ABRAÃO também estava condicionado a moralidade divina. E que hoje na graça na época da Igreja também e que é praticado a nível Mundial.(proposcional)(2Cor8:12) Entendo então que o dízimo na época de Israel especificamente aquele não era praticado como Deus ordenava(Ml3:-8-10) De acordo com que vc disse e pelo que mostra as escrituras nos deixa a entender que a Nação TODA(NÍVEL NACIONAL) Abandonaram a FÉ(Rm11:6) Desobedeceram a Deus violaram a moralidade divina(ROUBO) E não eram Justos na proporção(2Cor8:12) (Lc16:10) E por consequência a expressão NÃO FALTAR MANTIMENTO disso condicionado a existência da NECESSIDADE não estava sendo suprida o sustento de todos (viúvas órfãos e necessitados) Por isso que Deus disse estão me roubando; a nação toda está me roubando.(Malaquias 3:9) "Tragam o dízimo Todo"(Ml3:10) Mesmo Deus já havendo dado por estatútuo perpétuo(NÃO ETERNO). E NOTE que o próprio Deus tava falando ele era quem tava sendo roubado. Isso é muittooooo profundo , Isso envolve também a obediência a Deus e a proporção e as necessidades da época Nação TODA(NÍVEL NACIONAL) Por isso o dízimo no Novo Testamento abordado ao modo de proporção é perfeitamente válido importante para um esclarecimento maior a modo de se tornar ampla para o bem de todos como vc mesmo disse. 1. Voluntariedade
      2. Proporcionalidade
      3. Porcentagem
      4. Isenção
      5. Destinação A lição e o aprendizado que tiro de Malaquias 1 em diante e Malaquias 3 Deus nos revela que a contribuição deve ter Fé e ser justa a proporção(2Cor8:12) (Lc16:10) acompanhada de Obediência a Deus e isso beneficia por consequência a Destinação e beneficia também a todos que dependem da destinação em cada momento em que Deus estabeleceu o dízimo no Sacerdócio de Melquisedeque em seu tempo , em Arão(Levitas) em seu tempo e hoje em nosso tempo na Igreja(A Liderança) e todos os cristãos não devemos de forma ir contra o principio da moralidade divina que é a PROPORÇÃO E essa liderança e todos cristãos em nossos dias pela fé em Cristo temos que pregar o evangelho em ESCALA MUNDIAL(Mc16:15) e precisamos e dependemos também desses recursos PROPORCIONAL(2Cor8:12) (Lc16:10) Eu Não tinha duvida nenhuma sobre a proporção Justa e que também isenta todos que não tem. Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas.(Rm2:11) QUE DEUS O ABENÇOE , DEUS É MARAVILHOSO!!!

      Excluir
  30. Prezado Valdecy, a paz seja contigo.

    Já expus resumidamente o motivo pelo qual me tornei opositor da cobrança desse modelo de dízimo cobrado atualmente. A bem da verdade, este modelo é uma herança do catolicismo romano, criado pelo rei Carlos Magno no ano 785 para custear o império papal, tendo sido parte do quinto mandamento da igreja católica e que prevaleceu até o Papa Bento XVI extinguir o termo “dizimos” deste mandamento, conforme foi promulgado em 28 de junho de 2005 e republicado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Razão essa pela qual esse modelo não é igual ao praticado por Abraão que voluntariamente os deu a Melquisedeque dos despojos que trouxe da guerra e muito menos do modelo levítico, onde o dízimo era um principio de justiça e igualdade.

    A razão pela qual postei esse assunto nesta página foi para alertar alguns desavisados que são enganados, como eu por muito tempo fui. Não conheço nenhuma organização que pregue que o dízimo é algo voluntário, mas sim que o mesmo deva ser dado pelo fiel como prova de fidelidade a Deus, medo do devorador e principalmente como meio de se conquistar bênçãos nas suas mais variadas formas. É a teologia do toma lá da cá, como se Deus estivesse na obrigação de recompensar vultuosamente aqueles que dão 10% de suas rendas às organizações religiosas. Motivos pelos quais eu repito: Nunca irão receber as bênçãos que se prometem em nome de Deus, pois Deus não faz este tipo de promessa em Sua Palavra.

    Você me pergunta se “porventura não houve FÉ na entregar do dízimo de Abraão? Com os princípios sabermos da resposta, se foi SIM ou NÃO”.

    Como iremos saber se as Escrituras se limitam sobre esse assunto, apenas dizendo que Abrão entregou a Melquisedeque os dízimos dos despojos após este abençoá-lo? Se esta questão fosse tão importante, porque razão o autor da Bíblia se omitiu de dar mais detalhes? Mas, mesmo que tenha sido não devo ir além, pois "As coisas encobertas pertencem ao SENHOR nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei." (Deuteronômio 29:29).

    Também, não podemos ter em Abraão um modelo de fé para todas as coisas, pois Abraão saiu de Harã para ir a terra de Canaã pela fé sim. Mas, também Abraão mentiu pelo menos duas vezes para salvar sua vida e isso não foi um ato de fé. Outra vez ele aceitou a proposta da esposa para se relacionar com sua empregada, de onde nasceu Ismael o patriarca da nação árabe, cujos descendentes, hoje, atentam contra os descendentes de Isaque. Isso também foi não foi um ato de fé, não obstante Deus lhe haver feito ricas promessas.

    Mas, se quisermos saber que tipo de fé agrada a Deus é aquela, cujas obras fazemos com o objetivo, não de receber recompensas, mas de beneficiar nosso irmão, pois em outra parte das escrituras se diz: "E não vos esqueçais da beneficência e comunicação, porque com tais sacrifícios Deus se agrada." (Hebreus 13:16).

    ResponderExcluir
  31. Prezado,
    Acima apenas lhe demonstrei em poucas palavras, que para se entender alguns assuntos é necessário, conhecer determinados princípios, pois mediante eles podemos identificar determinadas verdades.

    Por exemplo: A verdade de Hb 11.6 (SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS)
    É uma verdade natural, ou seja, diz respeito ao ser de Deus, ou sempre FOI E É impossível agradar a Deus sem FÉ.
    E explico que há um princípio aqui.
    Por isso lhe disse que as escrituras dizem:
    SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS. hb 11.6
    A FÉ SEM OBRAS É MORTA tg 2.26
    TODA OBRA FEITA SEM FÉ, É PECADO Rm 14.23

    Diante dessa sequencia de princípios, qual seria a a resposta a seguinte pergunta?
    ABRAÃO ENTREGOU O DÍZIMO COM FÉ OU NÃO?

    Então Reginaldo, você precisa achar escrito essa resposta, pois os princípios já indicam que houve FÉ em Abraão neste neste episódio, ou seja, o episódio foi LOUVÁVEL e não poderia ser LOUVÁVEL se neste não houvesse FÉ, pois num dos princípios é dito, QUE TUDO QUE É FEITO SEM FÉ, É PECADO.
    Caso não houve FÉ em Abraão neste ato, logo seria pecado conforme os princípios.
    Reginaldo, apenas ressalto a você que mediante os conhecimento dos princípios podemos conhecer certas verdades, que não estão aparentemente estampadas nas escrituras.

    Prezado não lhe oriento a seguir o exemplo de Abraão, estou apenas chamando sua atenção ao conhecimentos de princípios.
    Então em meus comentários afirmo que o Sacerdote Melquisedeque, RECEBIA dízimo em salém e recebeu ATÉ de Abraão, e explico coerentemente que tal dízimo não se tratava de imposto de pedágio, pois isso é fácil refutar, e sim se tratava de um aspecto relacionado ao sacerdócio; isso eu faço com base em princípios que não são refutáveis.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois bem, agora se tratando dos dízimos que são cobrados hoje, eles não obedecem a nenhum dos princípios. Nem o de Melquisedeque e nem o levítico. Isso eu posso refutar.

      Se entendemos que devemos dar dizimo obedecendo o principio de Melquisedeque e que naquele tempo era sacerdote, posso entender que eu também hoje posso cobrar dízimos, pois Cristo que foi feito sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque, após ser assunto me fez sacerdote com Ele. Jesus não criou nenhuma uma ordem específica de sacerdotes com poderes de cobrar e receber dízimos do povo em nome dele.

      Excluir
    2. Prezado, você tem razão, acerca de muitos erros por parte de determinadas lideranças e você pode sim refutá-los isso é óbvio.
      Mas não podemos é tentar refutar os princípios devidos eles (rebeldes) não está seguindo os princípios.
      Ou seja, não posso ir de encontro aos princípios em MELQUISEDEQUE, justamente por que alguns alegam, seguirem os princípios e fazem ao contrário.

      Por exemplo: Não afirmar que NÃO SE PODE MAIS CONTRIBUIR na igreja, devido o mau caráter de alguns, ou seja, a imoralidade daquele, não invalida o principio de contribuição.
      Logo não deixará se ser mandamento o sustento dos VERDADEIROS ministros de Deus, simplesmente pelo fato de alguns que ocupam posições estarem ficando milionários com o engano.

      Excluir
    3. Entendo isso perfeitamente, por isso que continuo sendo contribuinte.

      Entendo também que os verdadeiros ministros de Deus são dignos de serem abençoados pela igreja, pois assim a Bíblia ordena. Mas, se nada for feito em relação aqueles que agem de má fé, ou seja se ninguém se posicionar contrário a atitude destes, aqueles que fazem o que é correto serão penalizados.

      Por essa razão que hoje me oponho a esse sistema que se instalou na igreja, onde se leva o povo a barganhar com Deus, isto é, pagando para ser recompensado, quando não, sendo coagido por medo do "devorador".

      Aquele que não faz oposição ao erro, concorda com ele.

      Excluir
  32. Eu estou apenas me posicionando em defesa dos princípios e não de denominação A ou B
    Ou seja, se alguém dizer para mim, que Melquisedeque não foi constituído por Deus, vou em defesa do princípio que afirma que Ele era sacerdote do DEUS ALTÍSSIMO e que portanto é irrefutável afirmar o contrário.
    Se alguém dizer para mim, que Melquisedeque RECEBEU dízimo não na condição de Sacerdote, pelos princípios eu provo que foi na condição sacerdotal, pois essa ação foi delegada a ele por autorização divina, e creio que havia FÉ em Melquisedeque apesar das escrituras não ir diretamente ao assunto, no entanto nos princípios perceberemos que este detinha muita fé em Deus, e fé superior a Abraão nosso Pai na fé.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, entendi.

      Abraços na paz do Senhor.

      Excluir
    2. A Paz de Cristo , Valdecy Rodrigues da Silva , Cuidado com as seitas exclusivista e antibiblica constituida por rebeldes DESVIADOS a que muitos chamam DESIGREJADOS pois saíram de suas igrejas e agora não se contentando com isso querem acabar com as igrejas locais de Jesus Cristo e fazer com que as pessoas abandonem as suas congregações Hb 10.25. Akel e seus adeptos lider de uma das seitas pseudo cristãs do EQUI, ou Movimento"Eu quero uma Igreja" já tem desencaminhado muitos rumos a sua perdição. Esse falso profeta e seus ADEPTOS vai ter a sua paga no dia do Juizo. Final caso não se converta de suas heresias de perdição, e doutrinas de demónios. O LAGO DE FOGO É GARANTIDO PARA TODO AQUELE QUE é CONTRA PASTORES, IGREJAS , DIZIMOS , CEIA DO SENHOR , JEJUM , DEUS TRIUNO , FÉ , AMOR , LEia 1Jo 2.18,19 e descubra que Akel e seus seguidores são enganadores na terra !!! FAÇA O TESTE QUANDO VAMOS FAZER UMA SIMPLES PERGUNTA QUAL A IGREJA QUE VC CONGREGA ? OS ADEPTOS SE TRANSFORMAM DIZENDO PRA QUE VC QUER SABER A IGREJA QUE EU OU NÓS CONGREGAMOS ? ENFIM NÃO FALAM , RODEIAM PRA LÁ E PRA CÁ E NÃO DECLARAM. DEUS QUE ME PERDOE COMO DIZ O DITADO , FOGE DA IGREJA E DOS PASTORES COMO O DIABO FOGE DA CRUZ ! A igreja deles é essa nós somos a igreja e não precisamos de igrejas de pedra e nem de pastores o "pastor" é o salvador , criam Hangouts , sites e blogs , só pra CONTRADIZER , ACUSAR e DISTORCER e descer o PORRETE a doutrina cristã. O MAIS CURIOSO É QUE NÃO CONGREGAM EM LUGAR ALGUM. Sem falar de + uma que está por ai "O caminho Antigo" que não aceita o Deus triúno e ensina o inverso da bíblia.

      Excluir
  33. Reginaldo, boa tarde,

    É meu irmão, o povo que se julga ser de Deus é difícil. Imagine você como sofreu Moisés com esse povo na sua época. Até mesmo O Deus Todo Poderoso, através da Sua infinita misericórdia perdeu a Sua paciência e com certeza teria exterminado esse povo se não fosse pelo apelo de Moisés.

    Assim continua até hoje, e o pior disso tudo é convencer um crente com o coração cheio de "Orgulho, Vaidade" o qual se acha SENHOR DE SÍ, de aceitar certas verdades bíblicas, até porque a maioria desses crentes são preguiçosos, preferem engolir o que certos lideres espirituais e pastores colocam em suas bocas, do que estudarem as escrituras (Biblia), pedirem entendimento a Deus e obedecê-lo.

    E você tem razão, pois quando descobrimos que estamos sendo enganados por esse sistema religioso atual, e tentamos dividir essa descoberta com esses pseudos irmão, somo esculachados e tratados como hereges.

    Ao invés de protegerem a sã doutrina e exaltar o nome Senhor Jesus Cristo, defendem e enaltecem sim os nomes das suas denominações religiosas bem como seus lideres e seus pastores, como se fossem seu time de futebol do coração, e se voltam contra os que defendem a verdade e o bom nome de Cristo.

    O Senhor Jesus nos alertou sobre a apostasia da igreja, através dos seus apóstolos, e aí está. Muitos virão em meu nome e enganarão a muitos, disse Ele.

    Hoje cada denominação tem o seu próprio jesus, o qual é melhor e mais poderoso do que o jesus da outra denominação, e os seus membros defendem isso por orientação dos seus líderes e pastores, e por aí vai.

    E através de arrecadações fraudulentas assim como o dízimo, votos, sacrifícios financeiros e etc, esse lideres religiosos bem como os seus pastores, vão construindo verdadeiras fortunas e patrimônios, e engordando os seus ventres preguiçosos os quais não são capazes de gerar filhos para Deus, até porque não são de Deus, não O conhecem e tampouco tem entendimento da Sua Palavra, mas fazem sim as obras do inferno obedecendo fielmente o seu verdadeiro pai que é o diabo, e vão conduzindo muitos desavisados para o inferno.

    Entretanto, pelos próprios comentários acima, o irmão pode constatar como é difícil lidar com esses desavisados. Essa foi a grande dificuldade do Senhor Jesus, bem como dos seus Apóstolos para converterem o povo judeus na época, e não o conseguiram apesar de tudo. Todavia, tudo isso já estava previsto pelo Pai. Para nossa SALVAÇÃO é claro.

    Um abraço e continue na luta meu irmão. Se perseguiram a ELE, quanto mais a nós.

    Irineu Bosco
    irineubosco@bol.com.br

    ResponderExcluir
  34. SUSTENTO DO MINISTÉRIO SAGRADO.
    Paulo, em (1Cor9) , declara que o princípio do sustento do ministério na dispensação da graça é o mesmo que o da dispensação da lei. Paulo está discutindo aqui o seu direito de sustento por parte das igrejas. Fala do dever das igrejas de sustentarem seus obreiros, usando várias figuras para ilustrá-lo, entre elas a do boi que debulha. Pergunto em seguinte: "Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito que de vós recolhamos as carnais"? (1Cor9:11).
    Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento.
    Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma.
    Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14).
    Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho, isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.
    É importante também o verbo: "ordenou". Trata-se de uma ordem de Cristo, cuja autoridade merece ser respeitada. É um dever do crente, como era do judeu, entregar os dízimos para o sustento do ministério. Uma distinção essencial existe entre o dízimo do Velho Testamento e o do Novo Testamento.
    Enquanto um é obrigatório, o outro é voluntário; enquanto um é movido pela exigência da lei, o outro e impulsionado pelo amor.
    Cristo não quis obrigar seus seguidores a serem dizimistas; preferiu confiar no amor liberal deles. Ora , Deus está te prosperando financeiramente ? (Tg1:17) (Ecl5:19) (Jo3:27) Sim ! Então contribua financeiramente com a sua obra. Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus. Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo, e pela liberalidade de vossos dons para com eles, e para com todos;(2Cor9:12-13) Deus não quer o que vc não tem(2Cor8:12)

    ResponderExcluir
  35. Paz seja contigo Marcelo,

    Agradeço sua visita e colaboração neste blog. Gostei de sua colocação, mas me permita enriquecê-la, separando por sua ordem dízimo, oferta e contribuição. Primeiramente, quero que saiba que não sou contra o ministro ser sustentado pela igreja. Sou contra o salário que eles mesmos fazem não considerando a vontade da igreja que é a coluna e apoio da verdade. E, diga-se de passagem que não são salários baixos, pois conheço obreiros que não dirigem igrejas por menos de $ 15.000,00, sendo que o trabalho de evangelização, visitas e até braçal, quando é preciso é realizado pelo crente comum como eu muitas vezes fiz, onde até templos construí, mas nunca recebi nada por isso.

    Quanto ao sustento digno do obreiro, vou iniciar minha resposta, citando uma colocação do Apóstolo Pedro sobre os escritos Paulo: “E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição” (2Pedro 3: 15,16).

    Nenhum outro escrito de Paulo é tão deturpado, como essa passagem de 1Corintios 9. Quando lemos atentamente, veremos que em nenhum momento Paulo está requerendo direitos de receber salários das igrejas. É certo que houve algumas exceções, pois quando ele esteve preso por causa da Palavra, precisou sim receber ajuda das igrejas que o consideravam, como a de Filipos (2Corintios 11:8), mas a nenhuma delas exigiu esse direito. O que acontecia em 1Corintios 9 é que Paulo estava defendendo sua autoridade apostólica, pois havia os obreiros fraudulentos que o acusavam de não ser apóstolo, justamente por não receber pagamento pelo trabalho. Todo o argumento que alega que Paulo estava exigindo pagamento pelo trabalho de pregar o evangelho, cai por terra quando ele mesmo afirma no versos 15 e 16: “Mas eu de nenhuma destas coisas usei, e não escrevi isto para que ASSIM SE FAÇA COMIGO; porque melhor me fora morrer, do que alguém fazer vã esta minha glória. Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho”! Que exemplo para os ministros atuais não?

    O Apóstolo Pedro também ensina aos ministros de hoje que o trabalho de pastorear o rebanho deva ser sobretudo por VOLUNTARIEDADE e não por TORPE GANANCIA (1Pedro 5:1-4). Paulo concorda com Pedro, pois ele orientando os ministros da igreja em Éfeso diz: “Porque nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus. Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue... De ninguém cobicei a prata, nem o ouro, nem o vestuário. Sim, vós mesmos sabeis que para o que me era necessário a mim, e aos que estão comigo, estas mãos me serviram. Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber” (Atos 20: 27,28 ; 33-35). Aos tessalonicenses, Paulo aconselha a igreja a observar aquele que entre eles não quer trabalhar (2Tessalonicenses 3:6-10).

    Continua....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuação...

      Quando Paulo diz que o que prega o evangelho que viva do evangelho, como ordenou o Senhor, ele está se referindo ao que Jesus pediu aos apóstolos quando saíram para levar as boas novas: “Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos, Nem alforjes para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordão; porque digno é o operário do seu alimento” (Mateus 7:8-10). “E ficai na mesma casa, comendo e bebendo do que eles tiverem, pois digno é o obreiro de seu salário. Não andeis de casa em casa. E, em qualquer cidade em que entrardes, e vos receberem, comei do que vos for oferecido” (Lucas 10:6,7). Não vejo aqui Jesus mandando os apóstolos cobrarem dízimos, pelo contrário, Ele ordena-os a darem de graça o que de graça receberam, mas se alguém quiser dar-lhes alimento que recebam, pois este era o salário daqueles obreiros. Por isso que hoje ainda os obreiros são poucos né?


      E, se Paulo estivesse de fato ensinando que os ministros da nova aliança devam ser sustentados pelos dízimos como o foi o sacerdote da antiga aliança ele estaria numa tremenda contradição, pois os sacerdotes que ministravam no altar não viviam dos dízimos, mas do que era sacrificado no altar. O dízimo era para os levitas e necessitados de Israel e os sacerdotes recebiam apenas a décima parte desses dízimos que os levitas davam como oferta alçada. Ora, Deus deu mandamento para o dízimo ser levado a CASA DO TESOURO do templo e não no ALTAR. No ALTAR eram levadas as ofertas que substituíam o ofertante no ato do sacrifício, ou seja: ao entregar a oferta o ofertante estava pagando para não morrer. Nenhum dízimo se levava sobre o altar, mas as ofertas sim. O próprio Jesus falou sobre isso: “Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta” (Mateus 5:23,24). Mas hoje, não existe mas altar nas igrejas, pois o último altar foi a cruz onde Deus deu a maior OFERTA em troca do meu e do seu pecado. Alí, no altar da cruz Jesus pagou todas as minhas dívidas e nenhum ministro tem direito de me cobrar o que Jesus já pagou por mim. O altar hoje é a minha vida: "Temos um altar, de que não têm direito de comer os que servem ao tabernáculo." (Hebreus 13 : 10).

      E, quanto a contribuição, o texto que você postou diz respeito a ajuda que se deva dar ao irmão que esteja passando por necessidade, o que aliás, é o objetivo de todo ensino de Paulo sobre contribuição na igreja, assim comop a igreja primitiva contribua para ajudar os irmãos carentes (Atos 2 ; 4)

      Concluo afirmando pelas Escrituras que altar não existe na igreja, como também não existe casa do tesouro e muito menos levitas, pois somente a eles Deus autorizou entregarem os dízimos. Sacerdotes existem, mas não específicos, pois todos somos sacerdotes.

      Deus não quer o que eu tenho, mas alguns ministros querem.

      Abraços.

      Excluir
  36. Olá Reginaldo. A Paz de Cristo seja contigo !
    Fico muito impressionado com o profundo debate no seu blog sobre dízimos e ofertas. Me faz refletir bastante. Sou um dizimista, dito “fiél”, e estou analisando bastante esses debates. Gostaria de lhe fazer algumas perguntas para me esclarecer e me elucidar ainda mais esta questão que me incomoda:
    1) Como é que uma igreja nos dias de hoje se mantêm, com suas despesas (água, luz, telefone, projetos missionários, etc.) ? Somente com as ofertas recolhidas ? O que devo devolver ou entregar, de fato, na igreja em que congrego ? Em dinheiro ou mantimentos comprados em um supermercado ? Quanto devo gastar com os mantimentos ou quanto devo entregar em dinheiro ? (10%) ?
    2) Outra coisa muito polêmica diz respeito a como calcular o dízimo. Em muitas situações o valor encontrado supera o próprio salário. Exemplo: 10% sobre o valor de uma cirurgia que custou R$ 50.000,00 e que foi custeada pelo patrão, daria um dízimo de R$ 5.000,00 (pois isto é um benefício recebido e por isto deve ser considerado como renda pessoal, pelo menos é o que dizem alguns doutrinadores à respeito). Supondo que o salário seja de R$ 4.000,00, como devolver este dízimo ? O cristão deve vender algum bem que possue, ou então fazer um empréstimo para poder dizimar sobre este benefício ? Em função da complexidade nos dias de hoje envolvendo nossos proventos/rendas e descontos/deduções, muitos ensinam que o dízimo é sobre tudo (tudo mesmo), sobre o bruto (bruto mesmo). Outros ensinam que o dízimo é sobre o líquido (líquido mesmo), descontando quase tudo. Veja que são dois extremos em que os “calculistas” não se entendem. Será que preciso contratar também um contador para fazer o cálculo correto dos meus dízimos ? O que está certo de fato ?
    Reginaldo, não quero polemizar, estou apenas tentando encontrar respostas para estas questões, pois me sinto muito incomodado em ter dúvidas sobre o que estou fazendo.
    Deus lhe abençoe, sempre !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz seja contigo Wilson Berto,

      Agradeço sua visita ao meu blog e espero que minha resposta de alguma forma contribua para o seu melhor entendimento a respeito deste assunto que não é polêmico, mas mal esclarecido. Vamos às respostas:

      Sua primeira pergunta: “Como é que uma igreja nos dias de hoje se mantêm, com suas despesas (água, luz, telefone, projetos missionários, etc.)?”

      Em primeiro lugar precisamos entender que o dízimo ao ser estabelecido por Deus tinha uma finalidade específica, qual era o sustento dos levitas e dos necessitados representados pelos órfãos, viúvas e estrangeiros. O dízimo não podia ser entregue em dinheiro, apesar de este existir desde os tempos de Abraão (Gênesis 17:12). Por alguma razão específica Deus determinou que o dízimo só poderia ser tirado da produção anual e das primícias do rebanho daqueles que trabalhavam na agropecuária. Não podia ser em dinheiro (confira em Deuteronômio 14: 22-29). O dizimo fazia parte de uma lei que foi dada a um povo específico que era Israel e esta lei não podia ser mudada assim como aquele que a instituiu não muda (Deuteronômio 12:32; Malaquias 3:6). Nem mesmo Jesus que veio para cumprir a lei não mudou essa regra. Por isso, o vemos instruir os fariseus continuarem dizimando naquilo que a lei exigia que era produto da terra e não em dinheiro como se cobra hoje (Mateus 23:23; Lucas 11:42).

      E, voltando a pergunta, o templo quando existiu se mantinha de uma oferta específica para sua manutenção que anualmente era entregue pelo judeu. Essa oferta era em moeda da época, conforme Moisés designou em lei (Êxodo 30:13-16). Nos tempos de Neemias se recolhia até oferta para a lenha que se queimava sob o altar (Neemias 10:34). Nos tempos de Jesus, quando o templo ainda existia, esta oferta era obrigatória a todos os judeus, onde até mesmo as viúvas que pela lei eram isentas de dizimar, tinham de pagá-las (Lucas 12:41-44).
      E, lendo cuidadosamente o Novo Testamento e a história da igreja, em momento algum vemos Jesus ordenar construir templos para sua igreja se congregar e também não vemos os apóstolos incentivando a igreja recém inaugurada a dizimar e ofertar para custear construções de templos e outras despesas, pois a igreja se reunia nas casas apesar de existir um templo e várias sinagogas (congregações). As contribuições que eram levadas aos pés dos apóstolos tinham um único objetivo: suprir a necessidade dos irmãos carentes (Atos 4:34 ; 1João 3:17). Ainda quanto aos templos Jesus disse que seus discípulos seriam até expulsos das sinagogas, como eu fui quando comecei a contestar a doutrina do dízimo (João 16:2).

      (continua...)

      Excluir
    2. (continuação..)

      Quero salientar que foi a igreja católica romana que, após ser fundada por Constantino no século III, que iniciou a tradição de se construir templos religiosos em homenagem às suas divindades. As igrejas protestantes após a reforma prosseguiram com essa tradição e também adotaram a idéia de se cobrar dízimo em dinheiro que também foi uma invenção da igreja católica no século VII para financiar o império papal.

      Minha opinião quanto aos templos das igrejas é que já que eles existem e precisam se manter, que se organize uma contribuição específica para a manutenção destas, assim como em lei foi estabelecido. Mas que não se use os argumentos de cobrança de dízimos e ofertas para estes fins, a ponto de chamarem até de ladrões os que não pagam esse imposto, pois isto foge aos ensinos da palavra. E, quanto aos projetos missionários, as igrejas já dispõem de um método de arrecadação para este fim. Quando eu estava na igreja, antes de ser excluído por causa do dízimo, a secretaria de missões (como assim é chamada), se mantém de ofertas específicas, onde cada crente, de posse de um carnê contribui mensalmente com valores diferenciados, conforme as posses de cada crente. Em momento algum eu vi sair sequer um centavo dos dízimos e das ofertas recolhidas na igreja para a secretária de missões, muito embora o povo seja convencido dos púlpitos de que os dízimos e as ofertas sejam para custear os projetos missionários. Até nisso muitos mentem para aumentar a receita dos dízimos. Eu afirmo que é assim porque presenciei isso por muito tempo na Assembleia de Deus onde servi por 25 anos.

      E, quanto a forma de como você deve contribuir siga o seu coração. Eu particularmente parei de contribuir com dinheiro, pois eu observei que nunca ele era administrado para as necessidades da congregação e muito menos dos irmãos, qual biblicamente é a verdadeira finalidade das contribuições. Eu, quando fui obreiro construi um lindo templo em dois anos (2008/2009) somente com doações dos irmãos e amigos que simpatizavam com a igreja e com o nosso trabalho. Dos dízimos recolhidos que iam para a “tesouraria geral” não voltou um centavo. Em contrapartida, outras congregações estão por concluir suas obras, pois seus dirigentes são orientados que todo o dinheiro recolhido (dízimos e ofertas) deva ir para as mãos do Pr. presidente na crença (segundo é ensinado) que ele é o único responsável em administrar o dinheiro dos irmãos, e que ninguém pode se levantar contra a decisão dele por se acharem “ungidos do Senhor”. Até poucos dias eu estava contribuindo nas congregações com materiais como: tijolos, cimento, ferro, aterro e outros, mas os dirigentes foram orientados a não receberem nada da minha parte, pois, segundo os líderes eu estava agindo de forma errada, pois minha contribuição deveria ser entregue em dinheiro, o qual primeiramente deveria passar pelas mãos deles, para depois chegar ao destino, o que nunca acontecia. Hoje, uso meu dinheiro com mantimentos, roupas, remédios e outros para pessoas necessitadas, sendo crentes ou não, e sei que esta é a vontade de Deus, pois a verdadeira obra de Deus são as vidas que Ele mesmo criou com suas mãos e que iremos prestar contas quanto ao que fazemos ou deixamos de fazer para eles (Mateus 25:31-46). Eu faço assim e sou grandemente abençoado e feliz, mas como adiantei, você é livre e deve usar sua liberdade em Jesus e agir segundo aquilo que Sua Palavra pelo Espírito Santo lhe orientar.

      (Continua...)

      Excluir
    3. (Continuação...)

      Sua segunda pergunta: “Outra coisa muito polêmica diz respeito a como calcular o dízimo?”

      Por 25 anos eu muito me preocupei com isso, justamente pela maneira como fui ensinado. Depois que eu estudei as 34 referencias sobre dízimo e sua finalidade, hoje tenho minha consciência tranqüila, embora me acusem de ladrão, herege, anticristo e inventem mentiras sobre minha pessoa porque não dou mais dinheiro como querem. O interessante é que situações assim já aconteciam no antigo testamento, como diz o profeta Miqueias: “Assim diz o SENHOR acerca dos profetas que fazem errar o meu povo, que mordem com os seus dentes, e clamam paz; mas contra aquele que nada lhes dá na boca preparam guerra” (Miquéias 3:5).

      Mas voltando a pergunta, quero lhe tranqüilizar, uma vez que o dízimo que se cobra hoje não é o dízimo bíblico e jamais será. Este era uma doutrina veterotestamentária e uma obra da lei que foi cumprida por Jesus na cruz. Lá na cruz toda a dívida que era contra nós, foi paga por Jesus. Leia com atenção o que diz Paulo aos Colossenses 2:13-19:

      “13 E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, 14 Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. 15 E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.16 Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, 17 Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.18 Ninguém vos domine a seu bel-prazer com pretexto de humildade e culto dos anjos, envolvendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão,19 E não ligado à cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo em aumento de Deus”.

      Observe que Paulo, o apóstolo dos não judeus (gentios), ensina que Jesus pagou nossa dívida, riscando a cédula que era contra nós (ordenança da lei) e hoje ninguém tem o direito de nos cobrar ou exigir aquilo que foi cumprido e pago por Jesus na cruz onde tudo foi consumado. O verso 16 diz que ninguém deve nos julgar por não cumprirmos as ordenanças que foram dadas aos judeus, como dias de festa, guarda do sábado e o pagamento do dízimo. Sim, caso você não saiba, o dízimo se encontra nessa passagem e é representado pelo comer e beber, pois dízimo era mantimento, comida e bebida e nunca dinheiro (Confira isso em Deuteronômio 12:6-17 ; 14:23 e 26;12). Estes textos se referem ao que era o dízimo, apesar de o dinheiro existir. Alguns dizem até que fiquei louco por afirmar isso, mas eu não posso ir do que as Escrituras sagradas revelam. Portanto meu amado fique tranqüilo e não se preocupe em arrumar um contador, uma vez que o dízimo (mais uma vez enfatizo com toda convicção que tenho na Palavra), nunca foi dinheiro e esta doutrina não vigorou na Nova Aliança, bem como as demais leis que eram exclusivas para Israel.

      (Continua...)

      Excluir
    4. (Continuação...)

      O Novo Testamento sob o qual vivemos não nos ensina a dizimarmos, mas sim a contribuirmos e de acordo com aquilo que temos (2Corintios 8:11,12); e conforme propusermos no coração, dando com alegria e não por constrangimento, pois Deus ama quem dá com alegria (2Corintios 9:7). E ainda, essa contribuição deva atender prioritariamente a carência do irmão menos favorecido em cumprimento a lei real que é o amor pelo próximo, conforme ensinou Jesus a seus seguidores (Tiago 2:8).

      Espero ajudar sua vida cristã de como servir a Deus de acordo com a vontade dEle.

      Para maiores esclarecimentos, leia neste blog outros artigos relacionados a este tema, como:
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2012/10/apostasia-na-igreja-um-inimigo-invisivel.html
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2012/10/dizimo-o-que-era-e-o-que-nao-e.html
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2012/12/existem-levitas-na-igreja.html
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2013/04/eu-nao-sou-ladrao.html
      http://crentefeliz.blogspot.com.br/2013/07/dizimo-uma-obrigacao-ou-uma-questao-de.html

      Paz do Senhor Jesus.

      Excluir
    5. Pr. Reginaldo, fico grato por seus esclarecimentos. Havia já lido vários artigos no seu blog à respeito. Mas, confesso que estava com minha consciência e meu coração muito intranquilos em relação a esse tema, pois realmente não estou vendo sentido em entregar meu dízimo todo mês na igreja, calculadinho, e não ver ligação nisso tudo com o que Jesus realmente ensina a nós no Novo Testamento. Muito menos não estou vendo para onde está indo o dízimo que entrego e dos outros irmãos. Não vejo transparência alguma, realmente. Mas, como você explicou, vejo que realmente o que importa é o nosso coração para com o próximo, sem cálculos já estabelecidos. Não há uma percentagem fixa. Pode até acontecer de o que me vier ao coração ser um valor financeiro até maior do que o dízimo calculado. Em outras situações, pode não ser nenhum valor financeiro. Creio que o senhor esteja com a razão, temos que ser guiados pelo Espírito Santo de Deus, que não se manifestava no período da Lei ao hebreu (se é que estou certo nisso).
      Não vou dizer que, com certeza, de agora em diante vou mudar minha forma de ajudar a igreja, dizimando. Mas, tenha certeza, Estes dias estão sendo um verdadeiro marco na minha vida como cristão sobre este tema. Já há 7 anos dizimo, sem questionar. Estou começando a ver com outros olhos, à luz da palavra, e pode ter certeza, vou me aprofundar ainda mais no assunto. Tenho inclusive que treinar mais minha compaixão e amor com o próximo. Da forma que estou fazendo não consigo praticar isto.Mas quero, desejo, praticar o amor ao próximo. Preciso reaprender isso.
      Agradeço muito, Pr Reginaldo, sua atenção e resposta.
      Deus sempre lhe abençoe!!!

      Excluir
    6. PERCEBO que vc tem muitas dúvidas a respeito do dízimo mas veja o que diz a bíblia , Sem Fé é impossível agradar a Deus (Heb 11:6) O dízimo é uma demonstração de Fé , Amor e compromisso com Deus e com a sua Igreja e com a sua obra e o reconhecimento das 10 partes que ele lhe dá , e 1 parte é dele(1Cor9:13-14) e vc fica com 9 partes ou seja 90% é seu e 10% é dele O dízimo 10% que é entregue são dos seus lucros e não do prejuízo porque Deus não quer o que vc não tem (2Cor8:12) Veja a Doutrina (ensino) da Igreja da graça http://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_Internacional_da_Gra%C3%A7a_de_Deus

      Excluir
    7. Wilson Berto , Jesus confirmou o dízimo A MULTIDÃO , AOS APÓSTOLOS E AOS FARISEUS É SÓ LER LÁ NO INÍCIO DO CAPÍTULO (Mt23:1) (Mt23:23) Ora , como "alguns" alegam que o dízimo "não mais "existe" pra eles a misericórdia , o juízo e a fé também não deveria existir.(Mt23:23) Assim como Abraão estava sobre a promessa quando praticou o dízimo assim os cristãos fiéis(Ap14:12) nos dias de hoje são os filhos da promessa.(Gl3:17) (Rm4:13) (Rm9:8) (Rm4:16) Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é injusto no muito.(Lc16:10) (1Cor9:13-14) Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento. Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma. Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "ASSIM ORDENOU também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho , isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.

      Excluir

  37. A bíblia diz que o dízimo existe antes da lei , Melquisedeque não era Judeu e recebeu o dízimo de Abraão e que este também não era Judeu e sim o Pai dos crentes , como você explica isso ? Você só esqueceu de mencionar o verso 6 Hb 7.6 em que Melquisedeque não era levita e ainda assim tomou o dízimo de Abraão. Por quê? Porque se ele era sacerdote do Deus Altíssimo com certeza ministrava em um templo,o qual precisava ser mantido!!! Concluímos que o dízimo é para mantimento do ministério, como de igual modo ocorreu com os levitas. Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento.
    Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma.
    Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14).
    Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho, isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.
    É importante também o verbo: "ordenou". Trata-se de uma ordem de Cristo, cuja autoridade merece ser respeitada. É um dever do crente, como era do judeu, entregar os dízimos para o sustento do ministério. Uma distinção essencial existe entre o dízimo do Velho Testamento e o do Novo Testamento. mas se você interpreta diferente, quem poderá mudar seu pensamento? Pelo menos mostre que Abraão era JUDEU, pois ele deu o dízimo. Se na sua opinião o dízimo é só pro Judeu me explica porque foi que Abraão deu o dízimo, sabendo que ele não era Judeu. Nesse momento nem existia Israel! Veja esse versiculo em Hebreus 7.8 (E aqui certamente TOMAM dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive). Esse verbo está no presente e não no passado, e isso é novo testamento. Outro argumento fraquinho dos que se opõem contra o dízimo é que Ora , já que Abraão era crente e Pai da fé e deu o dízimo , porque os crentes não se circuncidam igual Abraão ? Contra esse argumento fraquinho , fraquinho eu deixo só isso: É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente, Visto que Deus é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão), ou seja, os gentios não precisam ser circuncidados. Agora me mostre um versículo que não é para sermos dizimistas ? ORA , O FARISEU DAVA O DÍZIMO DE TUDO QUE POSSUIA ? SIM ! O DÍZIMO ERA SÓ ALIMENTO ? NÃO ! OS CRISTÃOS PODEM ENTREGAR O DÍZIMO ? SIM ! NÃO TEM NADA NA BÍBLIA QUE IMPEDE OS CRISTÃOS A ENTREGAR O DÍZIMO. AO CONTRÁRIO JESUS MANDA EXCEDER A JUSTIÇA DO FARISEU E NÃO DIMINUIR.(Mt5:20) O interessante que os que se opõem contra o dízimo tentam argumentar que o dízimo era coisa da lei , Ora , a bíblia afirma também que existiu antes da lei , também argumentam que era só alimentos , Ora , a bíblia afirma que não era só alimentos. Ora se existe antes da lei e depois da lei eu quero ver 1 versículo bíblico que o dízimo não pode ser praticado pelos cristãos mostre algum versículo da isenção do dízimo , assim cai por terra qualquer argumento que o dízimo era coisa da lei e era só para judeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá MArcelo,

      Já respondi estes seus questionamentos que você postou em outra página e copiou e colou aqui.

      Mais dúvidas, tenho o maior prazer em esclarecê-los.

      Excluir
    2. Em (1Cor9:13) O apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento.
      Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma.
      Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14).
      Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho, isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus.
      É importante também o verbo: "ordenou". Trata-se de uma ordem de Cristo, cuja autoridade merece ser respeitada. Você não respondeu nada VS nada , Mostre algum versículo que os cristãos estão isentos do dízimo ? SABE QUANDO VOCÊ VAI MOSTRAR ? NUNCA !

      Excluir
    3. Reginaldo Barbosa VC não esclarece nada vs nada , e sim DISTORCE a sã doutrina.

      Excluir
  38. Gálatas 3:10 não tem nada vs nada haver com o dízimo antes da lei parceiro , Mostre algum versículo que os cristãos estão isentos do dízimo ? SABE QUANDO VOCÊ VAI MOSTRAR ? NUNCA !

    ResponderExcluir
  39. PARCEIRO NÃO ME MOSTRE NENHUM VERSÍCULO QUE FALE A RESPEITO DA LEI nem de dízimo da lei OK ? ISSO EU SEI DE COR E SALTEADO , SEJA OBJETIVO ! Em (Gl3:10) não isenta cancela ou anula o dízimo praticado antes da LEI , Ora , se (Gl3:10) não pode isentar cancelar ou anular de forma alguma o dízimo antes da lei , "QUERO VER " isentar , cancelar e anular depois da lei , me mostre algum versículo que não pode ser praticado pelos cristãos depois da lei ou que os cristãos estão isentos do dízimo ?

    ResponderExcluir
  40. PARCEIRO , A BÍBLIA É CLARA EM (HEBREUS 7:8) QUANDO AFIRMA QUE O DÍZIMO QUE ABRAÃO ENTREGOU NÃO FOI A NENHUM MORTAL LEVITA CORRETO ? AO CONTRÁRIO ELE ENTREGOU AO REPRESENTANTE DE DEUS NA TERRA QUE É O SACERDOTE DE DEUS , E JESUS PERTENCE A MESMA ORDEM DESSE SACERDÓCIO ETERNO QUE NÃO FOI ABOLIDO , No primeiro caso, quem recebe o dízimo são homens mortais;(SACERDOTE LEVITA) no outro caso, é aquele de quem se declara que vive.(Hb7:8) (SACERDOTE ETERNO JESUS) PORTANTO O DÍZIMO PODE SER PRATICADO PELOS CRISTÃOS E FAZ PARTE DO NOVO CONCERTO SIM ! Concluímos que o dízimo é para mantimento do ministério, como de igual modo ocorreu com os levitas. Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento.
    Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma.
    Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho, isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus. É importante também o verbo: "ordenou". Trata-se de uma ordem de Cristo, cuja autoridade merece ser respeitada. PARCEIRO , DEUS e Paulo não são Mentirosos. Mostre algum versículo que os cristãos estão isentos do dízimo ?

    ResponderExcluir
  41. No primeiro caso, quem recebe o dízimo são homens mortais;(SACERDOTE LEVITA) no outro caso, é aquele de quem se declara que vive.(Hb7:8) (SACERDOTE ETERNO JESUS) Esse verbo está no presente e não no passado, e isso é novo testamento. PORTANTO O DÍZIMO PODE SER PRATICADO PELOS CRISTÃOS E FAZ PARTE DO NOVO CONCERTO SIM !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo,

      A Bíblia é mais que clara também que Abraão não deu dízimo de suas próprias riquezas. Ele deu o dízimo de um despojo de guerra, e, se você prestou atenção no que eu escrevi, o despojo de uma guerra não era somente mantimentos e fazendas, mas pessoas como:: homens, mulheres e crianças. Quando Abraão trouxe os despojos da guerra na qual ele matou 5 (cinco) homens, foi desse despojo que Abraão deu os 10% (dizimo de tudo) a Melquisedeque. Excetuando aquilo que seus 318 jovens comeram, mais a parte que era de direito dos seus confederados (Aner, Escol e Manre), Abraão devolveu todo o restante a Bera, rei de Sodoma.

      É bem certo que Melquisedeque era a figura de Cristo, mas Jesus ao assumir o sacerdócio não impôs condições de receber dízimos dos crentes no mesmo principio que Abraão praticou. Pelo contrário, Ele ensinou-nos a repartir com os necessitados, pois Ele se identifica com estes. A bíblia é mais que clara quanto a esse assunto. E, quanto ao sustento do ministro, a bíblia também é clara que eles são dignos de seus salários (alimento). Para ser digno disso, é preciso estar enquadrado nas 25 exigências que o Espírito Santo impôs para aqueles que almejam galgar uma posição eclesiástica (1Tm 3:1-13 ; 1Pe 5:1-4). Se formos analisar a vida de muitos dos que se dizem ministros do evangelho hoje, com base na Palavra de Deus, a maioria deles será reprovada por não se harmonizarem com os critérios estabelecidos.

      O próprio Paulo nos ensina quanto ao sustento do verdadeiro ministro: "E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui." (Gálatas 6 : 6). Seria maravilhoso se os tais ministros ensinassem o povo quanto a isso, mas não, eles usam a figura da lei, para tentarem igualar seus ministérios aos dos levitas. Eles só não ensinam que os levitas quando foram separados para o ministério foram vetados de possuírem qualquer tipo de herança não é mesmo?

      Mais uma vez repito que o que se levava no altar não era dízimo, mas OFERTA. Ambas as coisas se diferenciam. E hoje, não existe altar no ministério cristão e nem sacerdotes específicos como eram os filhos de Arão. Hoje TODOS somos SACERDOTES do ETERNO.

      Mas se alguém ainda continua achando que tem o direito de comer o que se põe no altar, o Espírito Santo diz para estes:"Temos um altar, de que não têm direito de comer os que servem ao tabernáculo." (Hebreus 13 : 10)

      Paz seja contigo.

      Excluir
  42. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhores despojos é o melhor da recompensa ou bens de conquista , Abraão entregou 10% de TODO MELHOR da recompensa ,bens do inimigo vencido a Melquisedeque que Deus ajudou Abraão a vencer.(Gn14:18:20) E era Abraão já velho e adiantado em idade, e o SENHOR havia abençoado a Abraão em tudo.(Gn24:1) O servo de Abraão disse a Labão irmão de Rebeca: E o SENHOR abençoou muito o meu senhor, de maneira que foi engrandecido, e deu-lhe ovelhas e vacas, e prata e ouro, e servos e servas, e camelos e jumentos.(Gn24:35) O INTERESSANTE QUE O AUTOR DESSE BLOG ACEITA ALGUNS VERSÍCULOS BÍBLICOS(OS QUE CONVÉM) E REJEITA OUTROS (OS QUE NÃO CONVÉM) REJEITANDO ASSIM O TEXTO E O CONTEXTO BÍBLICO , ISSO É TÍPICO DAS SEITAS.

      Excluir
    2. A bíblia que eu uso nos meus estudos e a Almeida Corrigida Fiel ao texto Original (ACF), justamente por ser fiel aos escritos originais hebraico e grego, visto que as demais versões contém adulterações. Na minha bíblia existem 81 referências a despojos, sendo setenta e oito (78) no Antigo Testamento e apenas três (3) no Novo e em nenhuma delas contém essa idéia de "melhores despojos". Despojo era despojo que pertencia ao vencedor da batalha e era TUDO.

      Quando Quedorlaomer e mais quatro reis venceram os reis de Sodoma, Gomorra, Admá e Zeboim, ele levou todos os bens dessas cidades junto com os habitantes: "E tomaram todos os bens de Sodoma, e de Gomorra, e todo o seu mantimento e foram-se. Também tomaram a Ló, que habitava em Sodoma, filho do irmão de Abrão, e os seus bens, e foram-se" (Gênesis 14:11,12). Por Quedorlaomer haver vencido a batalha ele levou os despojos e entre eles Ló, sobrinho de Abraão como prêmio de guerra. Mas foi por Ló, seu sobrinho que Abraão empreendeu guerra contra esses cinco reis, quais o matou e assim, conquistou os despojos, onde repito mais uma vez estavam inclusos os bens e as almas (homens, mulheres e crianças). Foi desses despojos que Abraão deu TUDO a Melquisedeque, inclusive homens, mulheres e crianças. Por isso que Moisés fez questão de mencionar o TUDO, pois Melquisedeque como rei precisava de servos também.

      Agora, eu não sei de onde você tirou a idéia de que eu estou aceitando os versos que me convém e rejeitando outros. Eu não nego que Abraão era rico, afinal, Deus o abençoou em tudo. O que eu tenho mostrado e muitos se recusam a entender é que o dizimo que Abraão deu a Melquisedeque não foi de suas riquezas, mas dos despojos de guerra. Isso é a Bíblia quem diz amigo (Hebreus 7:1,2). Note que Melquisedeque, assim como o rei de Sodoma foram ao encontro de Abraão quando ele RETORNAVA da matança, tendo-o encontrando no vale de Savé (que é o vale do rei). Foi alí que Melquisedeque abençoou Abraão e foi alí mesmo que Abrão lhe deu o dízimo de TUDO (10% de todos os despojos) e entregou o restante que lhe pertencia ao outro rei (Bera) de Sodoma. Abraão por esse tempo habitava nos carvalhaes de Manre o amorreu, irmão de Escol e irmão de Aner (Genesis 13:18 ; 14:13). Como poderia Abraão dar os dízimos de suas riquezas que eram muitas como: ouro, prata, gado e outros se ele não estava em suas terras? Creio que ele não levou tudo isso para a guerra, até porque ele não sabia que Melquisedeque vinha encontrá-lo no meio do caminho né?

      Então amigo, veja que não sou eu que aceito uns versos em detrimento de outros. E, por falar nisso, se você acha que tem de dar dizimo como Abraão deu, se circuncide também, pois a circuncisão ao contrário do dizimo que foi voluntário é mandamento e antes da lei. Até Jesus se circuncidou (Lucas 2:21). E, se você acha que a circuncisão foi abolida, leia o livro de Atos e observe que Paulo circuncidou a Timóteo em plena Nova Aliança e porquê?.

      PS. Não faço parte de nenhuma seita, pois nenhuma delas me aceita por não pagar o imposto apelidado de dizimo.

      Excluir
  43. PARCEIRO ! “No primeiro caso, quem recebe o dízimo são homens mortais; no outro caso é aquele de quem se declara que vive” (Hb7:8) Em outras palavras, no primeiro caso [na antiga aliança] quem recebia o dízimo eram homens mortais [os levitas], e hoje quem recebe os dízimos é aquele de quem se declara que vive [Jesus Cristo]. Jesus não recebe os dízimos através do sacerdócio levítico, mas através do sacerdócio de Melquisedeque. O autor (Hb7:12) explica que houve uma “mudança de sacerdócio” . O dízimo que antes era dado aos levitas, hoje damos a Cristo (Hb7:8). Esse VERBO está no PRESENTE e não no passado, e isso é NOVO TESTAMENTO. Como é que isso acontece? Como é que Cristo pode receber hoje os nossos dízimos? Ora, através de seu Corpo, que é a Igreja. A Igreja é o “Corpo de Cristo” (1Co.12:27) na terra. OS CRISTÃOS NÃO PRECISAM MAIS SE CIRCUNCIDAR , A circuncisão não significa nada, e a incircuncisão também nada é; o que importa é obedecer aos mandamentos de Deus.(1Cor7:19) (Gl5:2) (Rm4:11) PARCEIRO ! E quanto ao dinheiro que entra e sai das Igrejas existem Homens de Deus administradores e tesoureiros muito bons para administrar e fazer com que a obra de Deus cresça e não diminua como alguns tentam fazer. PARCEIRO ! DÍZIMO É COMPROMISSO COM DEUS ! PARCEIRO ! OS EVANGÉLICOS NÃO PROPAGAM MENTIRA SOBRE O DÍZIMO E NÃO SÃO UMA SEITA , PROPAGAMOS SIM O ENSINO DE DEUS E DE CRISTO. E O NÚMERO DE EVANGÉLICOS CRESCE CADA VEZ MAIS http://www.estadao.com.br/noticias/geral,numero-de-evangelicos-cresce-61-no-brasil-diz-ibge,893495 CUMPRINDO AS ESCRITURAS “Mas, levantando-se no conselho um certo fariseu chamado Gamaliel, doutor da lei, venerado por todo o povo, mandou que, por um pouco, levassem para fora os apóstolos; e disse-lhes: Varões israelitas, acautelai-vos a respeito do que haveis de fazer a estes homens.Porque, antes destes dias, levantou-se Teudas, dizendo ser alguém; a este se ajuntou o número de uns quatrocentos homens; o qual foi morto, e todos os que lhe deram ouvidos foram dispersos e reduzidos a nada. Depois deste, levantou-se Judas, o galileu, nos dias do alistamento, e levou muito povo após si; mas também este pereceu, e todos os que lhe deram ouvidos foram dispersos. E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará, mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la, para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus”.(At 5:34-39) O DÍZIMO VAI CONTINUAR A SER ENTREGUE NA IGREJA QUE REPRESENTA O CORPO DE CRISTO E A OBRA DE DEUS VAI CONTINUAR CRESCENDO !!! TODOS OS QUE SÃO CONTRA IGREJA , PASTORES , DÍZIMOS , OFERTAS , BATISMO NAS ÁGUAS POR IMERSÃO , BATISMO DO ESPÍRITO SANTO, CEIA DO SENHOR , ORAÇÃO E JEJUM NÃO CONHECEM E NUNCA CONHECERAM A PALAVRA DE DEUS POIS ESSA É A DOUTRINA QUE DEUS E JESUS NUNCA ABOLIU E SIM ESTÁ MAIS ATUAL QUE NUNCA !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo,

      Então você entendeu que o autor aos hebreus, quando escreveu: “E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem”, estava se referindo aos levitas. Correto! Mas não entendeu que quando ele escreve: “ali, porém, aquele de quem se testifica que vive”, estava se referindo a Melquisedeque e não a Jesus. Não temos o direito de alterar as Escrituras, por isso que temos de nos valer da hermenêutica que é a ciência que interpreta a Bíblia pela bíblia. Há um adágio popular que diz: “texto sem contexto, pra heresia é um pretexto”. As seitas adoram fazer isso, que é pegar um texto isolado e estabelecer uma doutrina em cima dele e assim prender os incautos pela ignorância e medo.

      Mas o mistério da Bíblia é revelado àqueles que buscam sua sabedoria. Por isso, basta analisar a partir do verso 6 e ver de quem o autor fala. Vou desenhar pra você: Verso 6: “Mas aquele, cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou o que tinha as promessas”. De quem se está falando aqui; de Melquisedeque ou de Jesus? Lógico que de Melquisedeque. Agora passemos para os versos posteriores: Versos 9 e 10: “E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos. Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro”. Veja que é de Melquisedeque que o autor fala e não de Jesus. É depois do verso 11 que o autor se refere a Jesus, quando ele diz: “De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que OUTRO sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?” Esse outro sacerdote é Jesus, que, aliás, quando assumiu o sumo sacerdócio segundo a ordem de Melquisedeque e não de Arão, mudou essa lei. Que lei era essa que Ele mudou? Aquela que dava direitos apenas aos sacerdotes descendentes de Arão de interceder pelo povo no templo e receber pagamento por isso na forma de OFERTAS e aos levitas de receberem os dízimos. Na mudança dessa lei, ele nos constituiu como seus sacerdotes, como o dever de intercedermos uns pelos outros sem a necessidade um sumo sacerdote ou de templos que precisasse dos serviços dos levitas, pois em qualquer lugar que nos reunirmos Ele se fará presente como prometeu.

      O termo IGREJA vem do grego ECKLESIA que significa CHAMADOS PARA FORA. Jesus não nos chamou para o adorarmos dentro de quatro paredes como era no antigo concerto, mas pra sairmos pra fora, principalmente para fora do sistema religioso corrompido e misturado com a política. “E por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora da porta. Saiamos, pois, a ele fora do arraial, levando o seu vitupério” (Hebreus 13:12,13). Mas os que acham que ainda tem de ficar dentro, estes precisam mesmo cobrar pra manter o sistema com seus gastos. Eu to fora. Não porque eu quis, mas porque fui expulso por não pagar mais o imposto compulsório criado pela igreja católica Romana no século VII ao qual ela apelidou de dízimo.

      Excluir
    2. Continuação...

      E, quanto a circuncisão você está certo que nós cristãos não precisamos nos circuncidar. Não, precisamos nos circuncidar, nem guardar o sábado ou praticar alguma outra obra da lei comno o dízimo, pois somos cristãos e não judeus. Eles sim ainda precisam cumprir esses ritos, principalmente os que não reconhecem o sacrifício do Senhor Jesus que na cruz pagou todas as nossas dívidas (Colossenses 2:14-17). Jesus nos constituiu seus ministros (ministros de uma nova aliança), como um dom e não como profissão. Sendo um dom, nenhum ministro tem o direito de cobrar por isso. Mas como já citei, a ordem de Jesus para seus ministros é comerem daquilo que se lhes for oferecido, quando na obra missionária, pois digno é o obreiro de seu salário (alimento). Foi este principio que Paulo também ensinou em suas epístolas, onde ele próprio deu o exemplo trabalhando para não ser pesado a igreja. “Mandamo-vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo o irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós recebeu. Porque vós mesmos sabeis como convém imitar-nos, pois que não nos houvemos desordenadamente entre vós, Nem de graça comemos o pão de homem algum, mas com trabalho e fadiga, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós. Não porque não tivéssemos autoridade, mas para vos dar em nós mesmos exemplo, para nos imitardes. Porque, quando ainda estávamos convosco, vos mandamos isto, que, se alguém não quiser trabalhar, não coma também” (1Tessalonicenses 3:6-10).

      Hoje, muitos tem a visão que a obra de Deus é construção de templos, reformas e manutenção de outros, congressos, festas de departamentos, uniformes de conjuntos, vigílias e salário de obreiros. Mas se esquecem que a verdadeira obra é visitar os necessitados, representados por órfãos e viúvas (Tiago 1:27). Os ensinos de Paulo referentes a contribuição sempre foram voltados ao atendimento dos menos favorecidos e nunca em causa própria como fazem os ministros modernos. Sou contribuinte e desejo sim que a verdadeira obra de Deus avance vitoriosa, pois, conforme disse Jesus: As portas do inferno jamais prevalecerão contra a Sua igreja. A propósito, foi muito bem colocado o exemplo de Teudas, mas eu não me enquadro nesse exemplo, pois não combato contra a igreja do Senhor, até porque hoje vivemos os tempos profetizados por Daniel, onde o conhecimento se multiplicaria, inclusive o da Palavra. E esse conhecimento é que está libertando o povo da ignorância e da prisão religiosa, como libertou a mim e ainda vai libertar muitas outras, pois esta é a vontade soberana de Jesus em relação aqueles que Ele comprou com o seu próprio sangue.

      Excluir
  44. Marcelo, só pra constar, a igreja primitiva não pagava dízimos, mesmo porque eles entenderam os mandamentos deixados pelos apóstolos.Dízimo foi "aderido"com a pressão da igreja católica em Carlos Magno, por meados de 777 dc, que cedeu à pressão.Já em 2005, a igreja católica voltou atrás e, com um pedido de "perdão"aos fiéis "tirou" os dízimos como mandamento de suas práticas.

    Abraços

    Roberto Nogueira
    nogueirapi@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em (1Cor9:13) o apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento.
      Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma.
      Vem agora a conclusão do apóstolo, em que estabelece o princípio paralelo nas duas dispensações: "Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho, isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus. É importante também notar o VERBO: "ordenou". Trata-se de uma ordem de Cristo, cuja autoridade merece ser respeitada. FICA PROVADO BIBLICAMENTE em (Heb7:8) E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive. QUE TAMBÉM ESSE VERBO" está no PRESENTE e não no passado, e isso é NOVO TESTAMENTO. DEUS e Paulo não são Mentirosos ? Devo acreditar em vc ou na bíblia ? EU FICO COM A BÍBLIA. O interessante que os que se opõem contra o dízimo tentam argumentar que o dízimo era coisa da lei , Ora , a bíblia afirma também que existiu antes da lei , também argumentam que era só alimentos , Ora , a bíblia afirma que não era só alimentos. Ora se existe antes da lei e depois da lei eu quero ver 1 versículo bíblico que o dízimo não pode ser praticado pelos cristãos mostre algum versículo da isenção do dízimo , assim cai por terra qualquer argumento que o dízimo era coisa da lei e era só para judeu. Mostre algum versículo que os cristãos estão isentos do dízimo ? NÃO VAI MOSTRAR SABE PORQUE ? Roberto Nogueira só para constar porque antes Deus o confirmou e o VERBO está no presente e não no passado((Heb7:8) (1Cor9:14) Engano seu o dízimo é praticado por milhões de cristãos em todo o mundo , e acredito que pessoas que não tem o que fazer e que não congregam em nenhuma Igreja e não tem nenhuma comunhão com ela ficam postando tantas baboseiras verdadeiros lixos virtuais sem texto e contexto bíblico nenhum. DEUS ME LEVANTOU PARA COMBATER QUALQUER SEITA OU MEMBRO DE SEITA QUE É CONTRA A SUA DOUTRINA.

      Excluir
    2. CUIDADO!!! O MUNDO ESTÁ CHEIO DE MEMBROS E SEITAS ANTI-DÍZIMO E ESTÁ SEDENTA DE ADEPTOS COMO VC!!! PRA TENTAR FAZER A OBRA DE DEUS PARAR , MAS DEUS É MAIOR!!!

      Excluir
    3. "DEUS ME LEVANTOU PARA ISSO, DEUS ME LEVANTOU APARA AQUILO"

      Frases típicas de membros de seitas. Aliás, todas as seitas se identificam com uma nomenclatura, normalmente batizadas por seus fundadores.

      Mas a igreja que Jesus edificou não é conhecida por placa e sim pelo amor que os crentes nutrem um pelo outro.

      E o mais interessante é que Jesus quando mandou seus discípulos levarem o evangelho, pediu que se abstivessem de muitas coisas, inclusive do dinheiro e a obra de Deus nunca parou, pelo contrário cresceu abundantemente, pois Ele ensinou que o justo tem de viver pela fé.

      Mas eu entendo que quem não tem fé, precisa de artifícios para cobrar dinheiro. Até a bíblia eles usam para alcançarem seus objetivos..

      Excluir
    4. Já que vc tem alguma prova que os evangélicos neo pentecostais e pentecostais são seitas , Prove ? E não fique de Falácias sem provar nada , Jesus diz que o Faso Profeta é conhecido pelos seus frutos (Mt7:15-20) Como pode ver nossos frutos crescem http://g1.globo.com/politica/noticia/2012/06/numero-de-evangelicos-cresce-61-no-brasil-diz-ibge.html Prove que os evangélicos são uma seita. AQUI LOGO SE PERCEBE QUEM VC REALMENTE É.

      Excluir
    5. Você fala em crescimento de sua organização religiosa, mas eu lhe digo que a igreja católica é a maior igreja da América Latina. Isso diz alguma coisa perto da sua denominação?

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. O que vc chama de minha organização , não é minha e sim de Cristo que é o cabeça da Igreja. Qualquer organização que vai contra o ensino bíblico sim , deve-se mostrar a verdade praticam a idolatria , coisa que Deus abomina , porque ainda não tiveram um encontro com Deus e precisam se converter a Cristo. E muitos deles estão se convertendo ao evangelho de Cristo e deixando essa pratica , e espero em Deus que todos eles um dia deixe descubra essa abominação e aceite a Jesus como único Salvador e se converta. Jesus adorou alguma Imagem ou Ídolo ? NÃO ! então sigam o exemplo de Jesus."Não terás outros deuses além de mim. "Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra.
      (Êx20:3-4) (Dt4:15-16) (Rm1:23) (At17:29) Na época da "Grande tribulação" que ainda está para acontecer nesse mundo o Falso Profeta vai se manifestar e querer que todos na terra adorem a imagem do Anticristo e todos que tiverem aqui nesse mundo se recusarem a adorar , vão ser perseguidos e mortos." O segundo monstro recebeu poder de soprar vida na imagem do primeiro, para que ela pudesse falar e matar todos os que não a adorassem."(Ap13:15) Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.(Jo4:24)
      "Não se voltem para os ídolos nem façam para vocês deuses de metal. Eu sou o ­Senhor, o Deus de vocês.(Lv19:4) E não te desviarás de todas as palavras que hoje te ordeno, nem para a direita nem para a esquerda, andando após outros deuses, para os servires.(Dt28:14) Portanto, meus amados, fugi da idolatria. (1Cor10:14) UM CRISTÃO QUE TEM O ESPÍRITO DE DEUS JAMAIS VAI SE CURVAR A ÍDOLO OU IMAGEM ALGUMA.

      Excluir
    8. “O que vc chama de minha organização, não é minha e sim de Cristo que é o cabeça da Igreja”

      Todos os que são adeptos de alguma seita dizem a mesma coisa. Cada um puxa brasa pra sua sardinha. Mas como eu já disse Jesus não fundou nenhum império religioso com CNPJ que precisa de impostos para se manter. Cristo edificou a Sua Igreja que não é reconhecida por nomenclatura, CNPJ ou outra coisa, mas pelo amor com que seus filhos amam-se e doam-se voluntariamente em favor da verdadeira obra de Deus que são as vidas humanas, sem esperar em troca recompensas terrenas.

      Todas as igrejas evangélicas (sem exceção) condenam a igreja católica pela idolatria aberta que ela professa. Mas muitos não se deram conta que também praticam a idolatria de forma velada, quando insistem em cobrar dinheiro de seus fiéis. Sim, a avareza que é o amor ao dinheiro é uma idolatria (Col 3:5). Jesus foi bem claro quando disse que não podemos servir a dois senhores (Lc 16:13). Mamom (dinheiro) é um deus deste século que exige sacrifício de inocentes. Quando não se alimenta o capricho desse deus, somos expulsos das sinagogas, como aconteceu comigo. Experimente não pagar seu imposto que você chama de dizimo pra ver se te valorizarão na tua igreja.

      A grande tribulação será o período em que o Anticristo revelará sua face. Ele é tipificado na bíblia como a besta que sai do mar, qual receberá o apoio da besta que sai da terra. Escatologicamente falando o Anticristo receberá o apoio da religião apóstata que é a romana. E a religião romana é apresentada no Apocalipse COMO Babilônia, Jesabel e a mulher montada na besta. No cap 17, esta mulher está assentada na besta (anticristo), embriagada com o sangue dos santos, com um cálice de ouro em suas mãos cheios de abominações e imundícias e com uma nomenclatura na testa; “Mistério, a grande Babilônia, a mãe das prostituições e abominações da terra." (Apocalipse 17 : 5).

      Continua ...>

      Excluir
    9. Continuação...

      Os reis da terra (líderes religiosos) se prostituíram com essa mulher e os povos (muitos crentes) beberam e se embriagaram com o vinho imundo de seu cálice. Aquele cálice com suas imundícias não é outra coisa, senão a doutrina que a igreja católica criou e que muitas igrejas evangélicas adotaram. A Daniel foi revelado o seguinte: "E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo." (Daniel 7 : 25). Essa profecia é referente a besta que é o anticristo, sobre o qual a religião romana cavalga. O papa Gregório III mudou o calendário que era hebreu para o gregoriano ou romano, conforme o temos hoje. Ele mudou os tempos. No Sec. III, Constantino mudou a guarda do sábado para o domingo e penalizou muitos judeus que observam o Sábado como dia sagrado. A lei foi mudada conforme profetizada, mas não ficou só aí. No Sec. V a igreja católica começou a cobrar impostos do povo, dando-lhe o nome de DIZIMO e no Sec. VI, o rei católico Carlos Magno oficializou a cobrança de DIZIMO EM DINHEIRO, sob a justificativa de se construir um palácio para o “santo padre Papa”. Mas uma vez a lei do DIZIMO que era ALIMENTO, foi mudada para DINHEIRO. Há inúmeras seitas evangélicas que se diferenciam por regras e costumes, mas incrivelmente, todas elas aceitam a doutrina católica do dízimo em dinheiro. Assim elas confirmam que são seitas e filhas da GRANDE BABILÔNIA, MÃE DE TODAS AS PROSTITUIÇÕES E ABOMINAÇÕES DA TERRA, que é a religião romana.

      "UM CRISTÃO QUE TEM O ESPÍRITO DE DEUS JAMAIS VAI SE CURVAR A ÍDOLO OU IMAGEM ALGUMA".

      Estão fazendo pior parceiro, estão comendo e bebendo das mesmas imundícias da religião romana. Tenha a certeza que todas as igrejas evangélicas que condenam a igreja católica estão cuspindo no prato que comem, pois vai chegar o dia em que Deus a porá numa cama e os que adulteraram com ela virá grande tribulação.

      "Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras." (Apocalipse 2 : 22).

      Mas, para aqueles que derem ouvidos para o Espírito Santo existe uma saída: "E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas." (Apocalipse 18 : 4).

      Entendes agora, porque eu saí desse meio?

      Excluir
    10. Eu concordo com o Pastor eloi mario quando ele disse ao respeito "vejo que vc entende pouco do mundo espiritual ou talvez entenda nada do mundo espiritual." VOCÊ NÃO É EVANGÉLICO. ABRAÇO !

      Excluir
  45. Reginaldo, excelente sua resposta ao Marcelo!continue assim, conhecendo e ensinando as escrituras, com verdade e responsabilidade!voce excedeu em conhecimento!Parabéns...

    Abraços

    Roberto Nogueira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por sua visita e participação Roberto.

      "Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao SENHOR; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra." (Oséias 6 : 3).

      Amém!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  46. O DÍZIMO VAI CONTINUAR A SER ENTREGUE NAS IGREJAS QUE REPRESENTAM O CORPO DE CRISTO E A OBRA DE DEUS VAI CONTINUAR CRESCENDO !!! TODOS OS QUE SÃO CONTRA IGREJA , PASTORES , DÍZIMOS , OFERTAS , BATISMO NAS ÁGUAS POR IMERSÃO , BATISMO DO ESPÍRITO SANTO, CEIA DO SENHOR , ORAÇÃO E JEJUM NÃO CONHECEM E NUNCA CONHECERAM A PALAVRA DE DEUS POIS ESSA É A DOUTRINA QUE DEUS E JESUS NUNCA ABOLIU E SIM ESTÁ MAIS ATUAL QUE NUNCA !!! SABE DE NADA INOCENTE!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só tenho algo a dizer, ou melhor, uma frase muito citada que é:

      "ENQUANTO HOUVER TROUXAS; HAVERÁ ESPERTALHÕES".

      Excluir
    2. Sim concordo , também que os ladrões, nem avarentos , nem roubadores herdarão o reino de Deus” (1 Cor6:9-10) (Rm13:8-10) (Ef4:28) “NÃO ROUBARÁS”(Ex 20,15)

      Excluir
  47. A Igreja Internacional da Graça de Deus http://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_Internacional_da_Gra%C3%A7a_de_Deus (IIGD) COMO VOCÊ PODE VER NÃO TEM NADA A ESCONDER , é uma igreja cristã evangélica pentecostal fundada por Romildo Ribeiro Soares (mais conhecido como Missionário R.R. Soares) em 1980, na cidade do Rio de Janeiro. 3 Presente em 11 países, além do Brasil, possui mais de 2.000 templos em seu total. 2 Sua sede se encontra em São Paulo. As doutrinas da Igreja Internacional da Graça de Deus, unidas aos princípios fundamentais da Igreja Evangélica (Sola scriptura, Sola gratia, Sola fide, Solus Christus, e Soli Deo gloria) são semelhantes às de outras confissões evangélicas, em particular às de linha pentecostal. Crendo-se, fundamentalmente:

    na existência de um só Deus, que se manifesta ao mesmo tempo na Trindade do Pai, Filho e Espírito Santo;
    na segunda vinda de Cristo;
    no Arrebatamento
    na salvação pela fé em Cristo (Solus Christus);
    na existência do céu (vida eterna) e do inferno (morte eterna);
    na salvação pela fé (Sola fide);
    na Bíblia como a escritura infalível, escrita por homens inspirados por Deus (Sola scriptura);
    na Igreja como corpo do qual Cristo é a cabeça;
    no batismo nas águas por imersão;
    no Batismo pelo Espírito Santo;
    nos Dons do Espírito Santo;
    na Santa Ceia;
    na libertação de espíritos malignos;
    na devolução do dízimo e ofertas alçadas;
    na prosperidade como uma das promessas de Deus;
    na cura de todas doenças através do sacrifício de Cristo;
    na remissão dos pecados (expiação) através do sacrifício de Cristo;
    e no novo nascimento em Cristo. COMO VOCÊ PODE VER OS "ESPERTALHÕES" PODEM ATÉ FAZER UMA , DUAS OU ALGUMAS PESSOAS DE TROUXA, PODE ATÉ CONSEGUIR , AGORA ME EXPLICA UMA COISA COMO FAZER 11 PAÍSES DE TROUXA ? QUANDO VOCÊ GENERALIZA DIZENDO QUE "ENQUANTO HOUVER TROUXAS; HAVERÁ ESPERTALHÕES" INDO CONTRA O ENSINO DO DÍZIMO NÃO SE TORNA MAIS UMA OPINIÃO PESSOAL SUA E SIM UM DESRESPEITO AS INSTITUIÇÕES E MEMBROS DAS IGREJAS EVANGÉLICAS. FAZ O SEGUINTE PARCEIRO ENVIE UM EMAIL OU ESCREVE UMA CARTA PARA CADA GOVERNO DOS PAÍSES EM QUE AS IGREJAS PENTECOSTAIS OU NEO PENTECOSTAIS QUE PRATICAM O ENSINO DO DÍZIMO ESTÃO INSTALADAS E MOSTRE NA BÍBLIA QUE O DÍZIMO NÃO PODE SER PRATICADO , MAS CUIDADO !!! SABE PORQUE ? PORQUE ELES PODEM TE PERGUNTAR , ME MOSTRA NA BÍBLIA ONDE DEUS OU JESUS AB- ROGOU , ABOLIU OU CANCELOU O DÍZIMO ? VOCÊ NÃO VAI ACHAR NENHUM VERSÍCULO E VOCÊ VAI SER TAXADO COMO LOUCO !!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo,

      Eu conheço muito bem a história de sua denominação e quem são os verdadeiros fundadores. Eu também entendo que toda organização humana precisa de recursos financeiros para se manter. Mas que o façam pelos meios legais sem adulterar a bíblia para conseguirem seus intentos ou que sejam transparentes com as doações de pessoas que o fazem de boa fé como você.

      E, quanto a ser taxado de louco, eu já o sou. E não é só de louco, mas de ladrão, apóstata, ovelha negra, herege, anticristo, filho do demônio e tudo de ruim que você possa imaginar. E sabe quem me trata assim? Os próprios membros das igrejas; aqueles mesmos que antes me chamava de irmão e me davam a paz do Senhor. Sim, esses mesmos que andam com a bíblia debaixo do braço, mas não no coração. Falam de amar ao próximo, de não fazer acepção de pessoas, mas excluem aqueles que encontram a verdadeira liberdade em Jesus.

      O que acontece nessas igrejas não é novidade, pois no meio do povo de Israel também era assim:
      "Assim diz o SENHOR acerca dos profetas que fazem errar o meu povo, que mordem com os seus dentes, e clamam paz; mas contra aquele que nada lhes dá na boca preparam guerra." (Miquéias 3 : 5).

      Se esse verso pudesse ser reescrito nos dias de hoje, poderia ser assim: "Assim diz o SENHOR acerca dos PASTORES que fazem errar o meu povo, que mordem com os seus dentes, e clamam paz; mas contra aquele que NADA LHES METE NO BOLSO preparam guerra."

      Eu não preciso enviar e-mail pra ninguém, pois esta falácia de dízimos está com os dias contados. Deus tem prometido julgar a prostituta que criou essa doutrina, juntamente com aqueles que aderiram a ela. Deixe um pouco a teologia da prosperidade e procure conhecer sobre escatologia para entender o que estou falando. Se Jesus não voltar logo para por um fim nessa farra, o Governo Federal com certeza vai, pois a Receita Federal está de olho nos milhões de dízimos que são arrecadados anualmente, mas que não são prestados contas com o leão. Já se cogita acabar com as isenções das igrejas, pois elas não tem feito nada na área social com o dizimo arrecadado, como reza o estatuto das igrejas. Pelo contrário, os fundadores destas seitas apelidadas de igreja acumulam riquezas e aumentam ainda mais seus patrimônios. Sei o que estou falando e não minha opinião pessoal, pois a sociedade conhece isso. Me desminta se puder.

      E, uma vez que essas igrejas também possuem CNPJ, também não deixam de ser uma empresa.

      E, quanto a mostrar a abolição dos dízimos, considero algo inútil, pois muitos só enxergam aquilo que querem enxergar.

      Lamento e me compadeço de você, pois também já fui escravo do sistema denominacional religioso.

      Excluir
    2. Para mim vc é um hipócrita que não respeita pastores e nem as igrejas evangélicas , VOCÊ SIM É UM RELIGIOSO SEM TEMOR NENHUM A DEUS.

      Excluir
    3. Pode ser. Quem sabe sou um imitador de Cristo, como Paulo era. Cristo chegou a chamar de raça de víboras paras as maiores autoridades religiosas de seu tempo.

      "Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno?" (Mateus 23 : 33)

      Jesus era um hipócrita na sua concepção?

      Excluir
    4. Para mim vc é um hipócrita que não respeita pastores e nem as igrejas evangélicas , VOCÊ SIM É UM RELIGIOSO SEM TEMOR NENHUM A DEUS.

      Excluir
    5. Se para você eu sou um hipócrita, pra mim você é uma da muitas vítimas dos lobos devoradores que precisam de compaixão, como eu fui.

      Se um dia você se libertar desse engodo religioso, vai me dar razão.

      Excluir
    6. CONVERTA-SE. PARA MIM VC NÃO PASSA DE UM RELIGIOSO SEM TEMOR NENHUM A DEUS.

      Excluir
  48. ME MOSTRE NA BÍBLIA ONDE DEUS OU JESUS AB- ROGOU , ABOLIU OU CANCELOU O DÍZIMO ? EM NENHUM LUGAR !!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Marcelo,

      Eu até poderia pedir que você também me provasse, citando que fosse um pequeno verso da Bíblia, mostrando que dízimo é dinheiro, ou que em algum momento ele foi entregue em dinheiro por alguém. Não vai me mostrar, nem você e nem ningué, pois como já mostrei aqui em várias referências que o dízimo bíblico que foi estabelecido pelo próprio Deus em momento algum foi dinheiro. O dízimo era MANTIMENTO (Comida), e por ser MANTIMENTO era para ser COMIDO até mesmo pelo próprio dizimista (Deut. 12:17,18 ; 14:22,23 ; 26:12).

      "E, perante o SENHOR teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, COMERÁS OS DÍZIMOS do teu grão, do teu MOSTO e do teu AZEITE, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao SENHOR teu Deus todos os dias." (Deuteronômio 14 : 23).

      "Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas; Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), e o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e COMERÃO, e FARTAR-SE-ÃO; para que o SENHOR teu Deus te abençoe em toda a obra que as tuas mãos fizerem" (Deut. 14:28,29).

      "E os filhos de Israel e de Judá, que habitavam nas cidades de Judá, também trouxeram dízimos dos bois e das ovelhas, e dízimos das coisas dedicadas que foram consagradas ao SENHOR seu Deus; e fizeram muitos montões...vindo, pois, Ezequias e os príncipes, e vendo aqueles montões, bendisseram ao SENHOR e ao seu povo Israel. E perguntou Ezequias aos sacerdotes e aos levitas acerca daqueles montões. E Azarias, o sumo sacerdote da casa de Zadoque, lhe respondeu, dizendo: Desde que se começou a trazer estas ofertas à casa do SENHOR, temos COMIDO e TEMOS FARTADO, e ainda sobejou em abundância; porque o SENHOR abençoou ao seu povo, e sobejou esta abastança" (2Crôn.31:6-10)

      Como podes notar, o dízimo era COMIDA e BEBIDA, pois, caso não saibas, o mosto era o vinho que fazia parte do dízimo, bem como o azeite. Por isso, que em Malaquias 3:8-10 que é o texto preferido dos cobradores de dízimo fala que é MANTIMENTO e não DINHEIRO.

      Agora, vamos ao Novo Testamento:

      "Portanto, ninguém vos julgue pelo COMER, ou pelo BEBER, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo. Ninguém vos domine a seu bel-prazer com pretexto de humildade e culto dos anjos, envolvendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão, E não ligado à cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo em aumento de Deus" (Colossenses 2:17-19).

      Sei que você não vai aceitar isso, pois na sua mente já inculcaram que dízimo é dinheiro e não vai ser fácil tirar isso da sua compreensão carnal.

      Continua...>

      Excluir
    2. Continuação ...>

      Agora, atente bem para o que escrito no capítulo 7 de Hebreus que fala sobre o dízimo:

      "E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão. E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive. E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos. Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro. De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei...Porque o PRECEDENTE MANDAMENTO é AB-ROGADO (abolido) por causa da sua fraqueza e inutilidade" (Hebreus 7:5;7-10 ; 12;18). De que mandamento o capítulo 7 de hebreus trata?

      E Paulo ensina que a lição do antigo testamento onde era praticado o dizimo e outras obras da lei, foi por Cristo ABOLIDO. Atente que não foi o velho testamento, mas a lição dele:

      "Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por CRISTO ABOLIDO;" (II Coríntios 3 : 14).

      Somente aqueles que não tem mais os sentidos endurecidos podem compreender isto.

      Abraços.

      Excluir
    3. CRIE SITES E BLOGS COM A DOUTRINA DE DEUS E DEU CRISTO E NÃO LIXOS VIRTUAIS PARA TENTAR CONFUNDIR O POVO DE DEUS , CONVERTA-SE.

      Excluir
    4. Se meu blog é um lixo o que você faz aqui?

      Na verdade está ficando um lixo com essas baboseiras que você posta. Não sei porque ainda perco tempo com você? Talvez seja compaixão pela sua miserável alma que precisa de libertação.

      Excluir
  49. ME MOSTRE NA BÍBLIA ONDE DEUS OU JESUS AB- ROGOU , ABOLIU OU CANCELOU O DÍZIMO ? EM NENHUM LUGAR !!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  50. "Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que crêem em Deus procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens.
    MAS NÃO ENTRES EM QUESTÕES LOUCAS, GENEALOGIAS E CONTENDAS, E NOS DEBATES ACERCA DA LEI; PORQUE SÃO COISAS INÚTEIS E VÃS.
    Ao homem herege, depois de uma e outra admoestação, evita-o, Sabendo que esse tal está pervertido, e peca, estando já em si mesmo condenado (Tito 3.8-11 grifo meu)".
    Ass. André Leão - Pastor e dizimista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seguirei seu conselho pastor André,

      Realmente, conforme ensinou Paulo, é inútil debater com coisas acerca da lei. Disse tudo, ,pois o dízimo é uma das obras da lei.

      Abraços,

      Excluir
    2. Engraçado que você se contradiz a todo tempo kkkkk , você acabou de afirmar nas entrelinhas que: Só tenho algo a me dizer, ou melhor, uma frase muito citada que é: "ENQUANTO HOUVER TROUXAS;(cristãos) HAVERÁ ESPERTALHÕES (Pastores) Como que você está concordando com o Pastor André se ele mesmo afirma ser Dizimista ? como pode agora concordar com ele se ele pratica obras da lei o dízimo como você mesmo diz ? kkkkkkkk PARCEIRO!!! "DÍZIMO DE TUDO" (DO VERBO POSSUIR) ESTÁ ESCRITO VARIAS VEZES NA BÍBLIA 2 DELAS ANTES DA LEI (Gên14:20) (Gên28:22) (Lc18:12) ESSA É A PROVA MAIOR QUE O DÍZIMO NÃO ERA SÓ ALIMENTOS E GRÃOS. leia (Heb7:8) E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.(Heb7:8) "ESSE VERBO" está no PRESENTE e não no passado, e isso é NOVO TESTAMENTO. A bíblia afirma ao contrário do que você pensa e diz sobre os cristãos e Pastores e ela também ensina que: Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça; Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.(2 Cor 9:10-11) O irmão que é pobre deve ficar contente quando Deus faz com que melhore de vida;(Tg1:9) Pois sabemos que todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus,daqueles a quem ele chamou de acordo com o seu plano.(Rm8:28) INFELIZMENTE ALGUNS USADOS POR SATANÁS QUEREM DISTORCER A BÍBLIA OUTROS DESVIADOS E AFASTADOS DE DEUS PARA DENEGRIR A IGREJA , OS PASTORES E OS CRISTÃOS , MAS FIQUE SABENDO QUE DEUS QUER QUE TODOS QUE SEGUEM A SUA PALAVRA SEJAM PRÓSPEROS E ISTO INCLUI OS PASTORES(1Tm5:17-19) SE VOCÊ TEM ALGUMA PROVA QUE OS PASTORES SÃO ESPERTALHÕES ESTÃO EXTORQUINDO , LESANDO OS CRISTÃOS PORQUE RECEBEM DÍZIMO E TEM ALGUMA PROVA , VÁ A POLÍCIA PARCEIRO , MAS NÃO ESQUEÇA DE LEVAR TESTEMUNHAS PORQUE SEM PROVAS EM UMA QUEIXA A PALAVRA NÃO VALE DE NADA.

      Excluir
    3. Paciência,

      A minha concordância é no que diz respeito ao texto que ele postou, confirmando que o dízimo é uma OBRA DA LEI.

      Vou desenhar pra você, pra ver se entende:

      "Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas, e nos DEBATES ACERCA DA LEI; porque são coisas inúteis e vãs." (Tito 3 : 9)

      O que eu quis dizer é que concordo com ele, quando afirma que o dízimo é uma OBRA DA LEI, portanto, se torna inútil debater sobre esse tema, pois aqueles que ainda estão presos nos dogmas da lei, jamais compreenderão a graça que nos foi revelada por Jesus.

      E o dizimo de TUDO que Abraão deu foi dos despojos de uma guerra onde ele matou cinco reis para dos espólios destes dar o dizimo de TUDO a Melquisedeque. E, nesse tudo estava incluso bens, animais, fazendas, homens, mulheres e crianças, pois o despojo de uma guerra incluía TUDO isso.

      Mas, sinceramente, eu prefiro debater com quem conhece a Bíblia de fato. Estude mais e depois volte aqui.

      Excluir
    4. FICA PROVADO BIBLICAMENTE QUE O DÍZIMO EXISTIU ANTES DA LEI(Gl3:17) (Rm4:13) FICA PROVADO BIBLICAMENTE que o "DÍZIMO DE TUDO" (DO VERBO POSSUIR) não era só alimentos!!! E não era só para Judeu , FICA PROVADO BIBLICAMENTE em (Heb7:8) E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive. "ESSE VERBO" está no PRESENTE e não no passado, e isso é NOVO TESTAMENTO. Abraão foi o primeiro a quem Deus anunciou o evangelho(Gl3:8) Abraão também é amigo de Deus.(Is41:8)(Tg2:23) (Cr20:7) Abraão além de ser o pai da FÉ é também o PAI ESPIRITUAL de todos os crentes não circuncidados e incircuncidados(Rm4:11-12) (Rm3:29-30) Os que são da FÉ,esses são filhos de Abraão.(Gl3:7) E são benditos com o crente Abraão.(Gl3:9) (Rm4:16) SERÁ QUE É EU QUE PRECISO ESTUDAR MAIS ? kkkkkkkkkk Estudarei mais sim , só se for para mostrar para aos que não sabem o que é um VERBO estar no PRESENTE. MOSTRE NA BÍBLIA AOS MILHÕES DE CRISTÃOS ONDE DEUS OU JESUS AB- ROGOU , ABOLIU OU CANCELOU O DÍZIMO ? EM NENHUM LUGAR !!!

      Excluir
    5. Pois é!

      Com todas essas suas afirmações, também FICA PROVADO que Abraão recebeu mandamento de Deus para se circuncidar com toda sua descendência, onde até o próprio Jesus se circuncidou. E você já obedeceu esse mandamento?

      Continue estudando a Bíblia, mas deixe o Espírito Santo trabalhar no teu entendimento.

      Abraços.

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. FICA PROVADO BIBLICAMENTE QUE EU E TODOS OS CRISTÃOS QUE SOMOS JUSTIFICADOS E VIVEMOS PELA FÉ NÃO PRECISAMOS SE CIRCUNCIDAR PARA ENTREGAR O DÍZIMO NA IGREJA QUE É O CORPO DE CRISTO. CONTRA ESSE ARGUMENTO FRAQUINHO EU DEIXO: É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente, Visto que Deus é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão. (Rm 3:29-30) CAINDO ASSIM POR TERRA QUALQUER ESSE ARGUMENTO FRAQUINHO , FRAQUINHO!!!

      Excluir
    8. Ohhh!

      Alguém precisava avisar Paulo quando circuncidou a Timóteo em plena vigência do Novo Testamento.

      Excluir
    9. Além disso, a ação de Paulo, fazendo Timóteo circuncidar-se, não é necessariamente inconsistente com o que ele ensinou em Gálatas, já que os dois casos são diferentes. Paulo se opunha violentamente a quem quer que fizesse a circuncisão como necessária para a salvação. Mas ele não se opôs a ela como proveitosa para a evangelização. "Se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará" (Gl 5:2). Contudo, Paulo admite ter feito com que Timóteo se circuncidasse "por causa dos judeus daqueles lugares" (At 16:3). Isso não foi uma contradição ao seu próprio ensino? Mesmo que Paulo estivesse errado pelo que fez, isso não seria uma prova de que a Bíblia tenha errado em seu ensino, mas simplesmente de que Paulo errou. O apóstolo, como qualquer outro ser humano, era sujeito ao erro. Como a Bíblia é a Palavra de Deus , ela não pode errar em nada do que ensina. De fato, Paulo disse também: "Procedi, para com os judeus, como judeu, a fim de ganhar os judeus; para os que vivem sob o regime da lei, como se eu mesmo assim vivesse, para ganhar os que vivem debaixo da lei, embora não esteja eu debaixo da lei" (1 Co 9:20). E, havendo grande contenda, levantou-se Pedro e disse-lhes: Homens irmãos, bem sabeis que já há muito tempo Deus me elegeu dentre nós, para que os gentios ouvissem da minha boca a palavra do evangelho, e cressem.
      E Deus, que conhece os corações, lhes deu testemunho, dando-lhes o Espírito Santo, assim como também a nós; E não fez diferença alguma entre eles e nós, purificando os seus corações pela fé.Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar? Mas cremos que seremos salvos pela graça do Senhor Jesus Cristo, como eles também. Então toda a multidão se calou e escutava a Barnabé e a Paulo, que contavam quão grandes sinais e prodígios Deus havia feito por meio deles entre os gentios. (At 15:7-12) Só Deus julga todas as coisas e ele é o justo Juíz e todas as coisas cooperam para os que amam a Deus.

      Excluir
    10. Pois bem,

      Paulo não errou em circuncidar Timóteo. Ele o fez por Timóteo ser judeu e a circuncisão é uma lei que até hoje os judeus a praticam por não haverem aceitado a graça salvadora. Simples assim. Não há contradição alguma quanto a isso. Ao contrário do dízimo, a circuncisão foi um mandamento direto de Deus antes da lei e que quando a lei foi promulgada no Sinai, foi incorporada a ela, tornando-se dai por diante uma obra da lei, como o sábado e o dízimo.

      Mas, como não sou judeu, não tenho obrigações para com estes ritos que Jesus os cumpriu por mim na cruz.

      Excluir
    11. Deus já é o dono de tudo inclusive o dinheiro que está no seu bolso agora nesse momento. (1Cr 29:11-12.) (Ageu 2:8) (Ec 5:15) E SOBRE A LEI MORAL DO SÁBADO Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz.(Rom14:5-6) DEUS NÃO FORÇA NINGUÉM A OBEDECER A SUA PALAVRA E LEIS MORAIS OBEDECE QUEM TEM JUIZO.(Tito3:8) Nove dos Dez Mandamentos, por exemplo, são repetidos no Novo Testamento 1. Nenhum Deus além de Jeová - 1 Coríntios 8:4; Atos 14:15

      2. Nenhuma imagem esculpida - Gálatas 5:19-21; Romanos 1:22,23

      3. Não tomar o nome de Deus em vão - Tiago 5:12

      4. Lembrar-se do sábado - Este mandamento é o único dos dez que não é repetido em nenhuma parte do Novo Testamento.

      5. Honrar seus pais - Efésios 6:2,3

      6. Não matar - Romanos 13:8-10

      7. Não cometer adultério - Romanos 13:8-10; 1 Coríntios 6:9,10

      8. Não roubar - Romanos 13:8-10; Efésios 4:28

      9. Não prestar falso testemunho - Apocalipse 21:8; 22:15

      10. Não cobiçar - Romanos 13:8-10; Efésios 5:8.

      Os mandamentos que são repetidos no Novo Testamento obedecemos, não porque estavam no Velho Testamento, mas porque estão no Novo Testamento. Quando foi levado perante o governador Félix, o apóstolo Paulo fez a seguinte declaração:

      “Mas confesso-te isto: que segundo o caminho a que eles chamam seita, assim sirvo ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto está escrito na lei e nos profetas.” (At24:14). A Palavra de Deus é clara quando diz: “E nisto sabemos que O conhecemos, se guardarmos os Seus mandamentos. Aquele que diz: eu O conheço e não guarda os Seus mandamentos, é mentiroso e nele não está a verdade.” (1 Jo 2:3-4).

      O ataque de Satanás contra estes que guardam a Lei de Deus é uma clara evidência de que a Lei continuará sendo significativa ao ponto de se tornar uma importante característica dos santos, os que fazem parte da Igreja de Deus: “E o dragão irou-se contra a Igreja de Deus e foi fazer guerra ao resto de sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus Cristo.” (Ap12:17). Nos últimos eventos, antes do retorno do Messias, os salvos serão identificados pela sua obediência aos mandamentos de Deus:

      “Aqui está a perseverança dos santos;:aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé de Jesus.” (Ap14:12.) FICA PROVADO BIBLICAMENTE QUE EU E TODOS OS CRISTÃOS "OBEDIENTES" A DEUS SOMOS JUSTIFICADOS E VIVEMOS PELA FÉ NÃO ESTAMOS ISENTOS DO DÍZIMO. E SOBRE O QUE VC CHAMA DE "RITOS" AS LEIS MORAIS COMO VC PODE VER TAMBÉM CONTINUA ATUAL NO NOVO TESTAMENTO.

      Excluir
    12. Olá Marcelo,

      Fico feliz que tenhas atendido meu conselho em estudar as Escrituras. Não vou refutar suas idéias, ou melhor, idéias de terceiros, pois isso não saiu de sua cabeça, pois você copiou esses pontos de algum site de uma seita que segue os princípios judaizantes. Cuidado!

      Só me responda uma coisa: Onde na Bíblia eu encontro essa DIVISÃO NA LEI em MORAL, CERIMONIAL, CÍVICA, RELIGIOSA, ALIMENTÍCIA, ETC, pois, em 28 anos de estudo das Escrituras ainda não descobri essa divisão.

      Ah, também me diga, já que você mostrou essa divisão da lei, em que classe o dízimo está inserido.

      Fico no aguardo.

      Excluir
    13. Pergunte na "Igreja" que vc congrega isto é se vc sabe o que é isso ou congrega em alguma , lá vc encontrará as respostas. Já que os Evangélicos são uma seita não precisa de palavras de seitas não é verdade ? UM ABRAÇO !!!

      Excluir
    14. Assim não vale.

      Lá todo mundo é ensinado quanto às verdades das Escrituras. Perguntei isso pra você, porque você me falou sobre lei moral. Se falou é porque sabe. Se não sabe é porque ouviu alguém falar.

      Excluir
    15. Pergunte na "Igreja" que vc congrega isto é se vc sabe o que é isso ou congrega em alguma , lá vc encontrará as respostas. Já que os Evangélicos são uma "seita" não precisa de palavras de "seitas" não é verdade ? UM ABRAÇO !!!

      Excluir
    16. Blá, blá, blá...

      Tá ficando cansativo isso aqui. Piór que novena.

      Excluir
    17. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    18. LAMENTO INFORMAR QUE OS EVANGÉLICOS CRESCEM A CADA DIA EM TODO O MUNDO (Mt16:16) Embora o Brasil seja de longe o maior país pentecostal do mundo, o fenômeno não é exclusividade nacional. Por ser o berço desta tradição religiosa, os Estados Unidos ainda concentram a segunda maior massa pentecostal do mundo: quase seis milhões, ou perto de 2% de sua população. Quando se trata de evangélicos de forma geral, os americanos nos superam em larga margem: são 44 milhões nos EUA, contra 27,6 milhões no Brasil. Tirante os dois gigantes, o continente onde encontram-se mais evangélicos é a África. Só na Nigéria são mais de 25 milhões, seguidos pelos 10,3 milhões da Etiópia e os 9,4 milhões do Quênia. Na Ásia, os evangélicos representam mais da metade da população da Coréia do Sul, sendo um quarto deles de pentecostais, e também prosperam na Índia (11 milhões, pouco se comparado à maioria hinduísta do país) e na Indonésia (5,3 milhões). Entre os latino-americanos, destacam-se as massas evangélicas da Argentina, com 2,5 milhões de religiosos quase todos pentecostais e do México com 2,4 milhões. Toda esta presença internacional tem estimulado muitas das igrejas evangélicas brasileiras a abrir filiais no exterior. A Igreja Universal do Reino de Deus possui sede em todos os continentes do planeta - está em 70 países. A Internacional da Graça de Deus, do telepastor R.R. Soares vai pelo mesmo caminho: já chegou aos Estados Unidos, ao México e ao Japão. E dentre as mais antigas, a Assembléia de Deus possui endereços nas Américas, na Ásia e na Europa. Fonte: World Christian Database, arquivos de VEJA. ATÉ AOS CONFINS DA TERRA “... e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra”At 1.8 O propósito de Deus é que a igreja pregue o evangelho a toda criatura e faça discípulos em todas as nações, sendo testemunha de Cristo até aos confins da terra. Jesus, o Cordeiro de Deus, morreu pelos nossos pecados e comprou com o seu sangue aqueles que procedem de toda tribo, língua, povo e nação. Sua morte não apenas possibilitou a salvação. Ele nos comprou com o seu sangue. Sua morte foi vicária, ou seja, substitutiva. Jesus morreu pela sua igreja. Ele deu sua vida pelas suas ovelhas. Agora, essa notícia precisa ser proclamada com urgência, no poder do Espírito Santo, a todos os povos da terra, em todos os lugares, em todos os tempos. Há ainda muitas etnias inalcançadas. Há muitos povos que ainda nunca ouviram as boas-novas da salvação. Mais de oitenta por cento do esforço missionário da igreja é endereçado aos povos já alcançados. Há milhares de etnias que não têm sequer um versículo da Bíblia traduzido para seu idioma e nunca receberam um missionário. Se a nossa visão missionária não engloba o mundo inteiro, ainda não temos a visão de Deus. A obra missionária não é primeiro aqui em nossa Jerusalém e, depois, em nossa região, Judeia, e, mais tarde entre nossos vizinhos próximos, Samaria, e só então, aos confins da terra. COMO VOCÊ PODE VER COM SEUS PRÓPRIOS OLHOS O QUE VOCÊ CHAMA DE SEITAS ESTÃO PRATICAMENTE NO MUNDO TODO MUDANDO PARA MELHOR MILHÕES DE VIDAS NO MUNDO INTEIRO. E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará, Mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus.(At5:38-39) Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Rm8:31) AGORA QUE A SUA MÁSCARA CAIU AFIRMANDO QUE AS IGREJAS E OS EVANGÉLICOS SÃO UMA SEITA , ME RESPONDA UMA COISA EM QUANTAS PARTES DO MUNDO VOCÊ E A IGREJA QUE ONDE VOCÊ CONGREGA TEM PREGADO ? E EM QUANTAS PARTES DO MUNDO ESTÃO ? NÃO É Blá, blá, blá , CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS , UM ABRAÇO !!!

      Excluir
    19. Se lamentar porque irmão?:

      Seita é uma facção de uma organização. Já leu na Bíblia que os cristãos foram considerados de seita também? (Atos 26.5 ; 28,22). Pois é, eles saíram do judaísmo, a religião dos judeus.

      Olhe esse exemplo: A Assembleia de Deus é uma seita que veio da igreja Batista; A Universal é uma seita que veio da Assembleia; A Mundial é uma seita que saiu da Universal; a Internacional da Graça de Deus é uma seita que também saiu da Universal, pois a Universal foi fundada pelo Romildo Soares que é cunhado do Edir Macedo. Mas, como não se entenderam, eles racharam e cada um abriu seu próprio negócio. Enfim, toda seita tem um líder fundador e todas elas saíram de uma única igreja - A CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA que foi fundada pelo imperador Constantino.

      E que os evangélicos estão crescendo, amém por isso. Já ouviu o que Paulo disse a respeito do crescimento dos evangélicos?

      Filipenses 1:15-18

      15 Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;
      16 Uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões.
      17 Mas outros, por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho.
      18 Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.

      Glória a Deus por isso, por que no grande dia ninguém será inocente.

      Só não esqueça disso:
      "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus." (Mateus 7 : 21)

      Abraços

      Excluir
    20. Assim, pois, as igrejas em toda a Judéia, e Galiléia e Samaria tinham paz, e eram edificadas; e se multiplicavam, andando no temor do Senhor e consolação do Espírito Santo. Atos 9:31 AS IGREJAS DE DEUS CRESCEM E SE MULTIPLICAM.

      Excluir
  51. Ora , Deus está te prosperando financeiramente ? (Tg1:17) (Ecl5:19) (Jo3:27) Sim ! Então contribua financeiramente com a sua obra. Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus. Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo, e pela liberalidade de vossos dons para com eles, e para com todos;(2Cor9:12-13) Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça; Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.(2 Cor 9:10-11) Deus não quer o que vc não tem(2Cor8:12) Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.(1Cor10:31)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas quem te disse que eu não contribuo com a obra de Deus. Eu só não faço aquilo que é impossível, como pagar dízimo, pois este não mais existe.

      Excluir
    2. Eu nem estou falando do "dízimo" , mas já que vc tocou novamente no assunto "dízimo" vamos lá. Ora , se o dízimo "não mais existe" a misericórdia , o juízo e a fé também não.(Mt23:23) VOCÊ É DEUS ? FOI VOCÊ QUEM ABOLIU O DÍZIMO ANTES DE DEUS ? kkkkkkkkkkkkkkk ME MOSTRE NA BÍBLIA ONDE DEUS OU JESUS AB- ROGOU , ABOLIU OU CANCELOU O DÍZIMO ? EM NENHUM LUGAR !!! kkkkkkkkkkkkkkk Em (1Cor9:13) O apóstolo usa a ilustração do templo e do serviço dos levitas no altar, dizendo que eles tiravam do altar o seu sustento.Qual era esse sustento? O dízimo, não há dúvida nenhuma. "ASSIM ORDENOU também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho." (1Cor 9:14). Note a palavra "assim". Quer dizer que do mesmo modo como eram sustentados os sacerdotes, assim devem ser sustentados os ministros do evangelho, isto é, com os dízimos entregues pelo povo de Deus. ASSIM COMO TODOS OS CRISTÃOS FIÉIS(Ap12:17) Não vemos no Novo Testamento nenhuma manifestação contrária a prática do dízimo. Então, quem diz que tal prática foi abolida , cancelada , ab-rogada está falando por "SUA" conta e não com embasamento bíblico nenhum. E PARA NENHUM CRISTÃO FIÉL A DEUS É IMPOSSÍVEL ENTREGAR O DÍZIMO AO CONTRÁRIO É POSSÍVEL. O ASSUNTO DÍZIMO COM VC JÁ SATUROU PARCEIRO!!! (Tt3:10-11)

      Excluir
    3. Feliz Natal pra você e não esqueça que no natal lembramos o nascimento do Salvador e não de papai Noel.

      Excluir
    4. Ao contrário do Papai Noel que é uma figura lendária , O dízimo é atual nas Igrejas Evangélicas e isso reflete em Obras.(Ef2:10) Embora o Brasil seja de longe o maior país pentecostal do mundo, o fenômeno não é exclusividade nacional. Por ser o berço desta tradição religiosa, os Estados Unidos ainda concentram a segunda maior massa pentecostal do mundo: quase seis milhões, ou perto de 2% de sua população. Quando se trata de evangélicos de forma geral, os americanos nos superam em larga margem: são 44 milhões nos EUA, contra 27,6 milhões no Brasil. Tirante os dois gigantes, o continente onde encontram-se mais evangélicos é a África. Só na Nigéria são mais de 25 milhões, seguidos pelos 10,3 milhões da Etiópia e os 9,4 milhões do Quênia. Na Ásia, os evangélicos representam mais da metade da população da Coréia do Sul, sendo um quarto deles de pentecostais, e também prosperam na Índia (11 milhões, pouco se comparado à maioria hinduísta do país) e na Indonésia (5,3 milhões). Entre os latino-americanos, destacam-se as massas evangélicas da Argentina, com 2,5 milhões de religiosos quase todos pentecostais e do México com 2,4 milhões. Toda esta presença internacional tem estimulado muitas das igrejas evangélicas brasileiras a abrir filiais no exterior. A Igreja Universal do Reino de Deus possui sede em todos os continentes do planeta - está em 70 países. A Internacional da Graça de Deus, do telepastor R.R. Soares vai pelo mesmo caminho: já chegou aos Estados Unidos, ao México e ao Japão. E dentre as mais antigas, a Assembléia de Deus possui endereços nas Américas, na Ásia e na Europa. Fonte: World Christian Database, arquivos de VEJA. ATÉ AOS CONFINS DA TERRA “... e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra”At 1.8 O propósito de Deus é que a igreja pregue o evangelho a toda criatura e faça discípulos em todas as nações, sendo testemunha de Cristo até aos confins da terra. Jesus, o Cordeiro de Deus, morreu pelos nossos pecados e comprou com o seu sangue aqueles que procedem de toda tribo, língua, povo e nação. Sua morte não apenas possibilitou a salvação. Ele nos comprou com o seu sangue. Sua morte foi vicária, ou seja, substitutiva. Jesus morreu pela sua igreja. Ele deu sua vida pelas suas ovelhas. Agora, essa notícia precisa ser proclamada com urgência, no poder do Espírito Santo, a todos os povos da terra, em todos os lugares, em todos os tempos. Há ainda muitas etnias inalcançadas. Há muitos povos que ainda nunca ouviram as boas-novas da salvação. Mais de oitenta por cento do esforço missionário da igreja é endereçado aos povos já alcançados. Há milhares de etnias que não têm sequer um versículo da Bíblia traduzido para seu idioma e nunca receberam um missionário. Se a nossa visão missionária não engloba o mundo inteiro, ainda não temos a visão de Deus. A obra missionária não é primeiro aqui em nossa Jerusalém e, depois, em nossa região, Judeia, e, mais tarde entre nossos vizinhos próximos, Samaria, e só então, aos confins da terra. COMO VOCÊ PODE VER COM SEUS PRÓPRIOS OLHOS O QUE VOCÊ CHAMA DE SEITAS ESTÃO PRATICAMENTE NO MUNDO TODO MUDANDO PARA MELHOR MILHÕES DE VIDAS NO MUNDO INTEIRO. E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará, Mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus.(At5:38-39) Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Rm8:31)

      Excluir
    5. Não se iluda irmão,

      O imposto que você paga a sua organização religiosa pensando ser dízimo, nunca será investido nessas supostas obras que você mencionou. Falo com segurança, pois dizimei por longos 25 anos, achando também que era assim, mas nunca foi.

      Deixei de ser bobo.

      Excluir
    6. As igrejas , os Pastores e os evangélicos pode ser uma bobagem para os que não conhecem e estão fora do reino de Deus.(Tt3:10-11)

      Excluir
    7. A igreja é a casa de Deus, coluna e apoio da verdade.

      "Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade." (I Timóteo 3 : 15)

      A igreja sou eu e Jesus é o meu pastor.

      Excluir
    8. AGORA ENTENDO O PORQUE EXISTE A SEITAS DOS SEM PASTORES E DOS SEM IGREJAS ! (Tt3:10-11)

      Excluir
    9. Rsrsrsrssr.

      Não é que eu não queira, mas nas igrejas só se aceitam as pessoas se elas pagarem impostos como o dizimo. Fui membro da AD por 25 anos, onde fui obreiro. Até hoje frequento a congregação que ajudei a construir, mas não sou bem vindo porque não pago o que você pensam ser o dizimo.

      Infelizmente é assim que funciona as ditas igrejas hoje. Experimente deixar de pagar esse imposto para ver se você será bem aceito na sua denominação.

      Excluir
    10. VIVA O PRESENTE E NÃO REMOA O PASSADO , AGORA ENTENDO O PORQUE EXISTE A SEITAS DOS SEM PASTORES E DOS SEM IGREJAS ! (Tt3:10-11) NÃO PRECISAMOS EXPERIMENTAR DEUS SENDO QUE ELE JÁ CONFIRMOU A SUA PALAVRA “Também está escrito: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’”. (MT4:7)

      Excluir
    11. Você não entendeu? Eu ainda congrego na AD, mas não sou bem-vindo por lá. Se eu tivesse matado, roubado, traído minha esposa ou cometido outro qualquer crime hediondo, eu não seria tão pecador na igreja, como sou assim tratado por não pagar mais o dizimo. O dinheiro é o deus deste século que cegou a mente de muitos líderes. Eles é que estão pondo o Senhor a Prova ao fazerem acepção de pessoas qual Deus condena.

      Excluir
    12. Se vc ainda é membro da AD , e NÃO ACEITA o ensino do dízimo praticado hoje em dinheiro , é só procurar outra congregação que NÃO ACEITA o dízimo em dinheiro é simples assim !

      Excluir
    13. Infelizmente, quase todas as igrejas evangélicas estão comprometidas com a igreja-mãe, católica, apostólica romana, a inventora do dizimo em dinheiro.

      Excluir
    14. Então Continue na AD. simples assim.

      Excluir
    15. Não é tão simples. Eles já me ameaçaram disciplinar, caso eu não volte a dizimar. Porém, em um dos artigo do estatuto da igreja diz que dízimo e oferta é VOLUNTÁRIO, não podendo ser obrigatório a nenhum fiel. E também, nenhum membro pode ser disciplinado sem antes receber uma comunicação para que o mesmo possa preparar sua defesa e, no caso, acionar um advogado. O estatuto ainda diz que dizimos e ofertas são para atendimento na área social, por isto as igrejas são isentas de impostos. O grande problema é que as igrejas não investem no social e muito menos nas obras das congregações. A congregação que eu frequento e que ajudei a construir completa este ano 29 anos e ainda não foi inaugurada. Não por falta de recursos, mas por má administração dos recursos dos irmãos. Muitos pararam de contribuir por essa situação, mas eu, porque conheci a Palavra e também porque fui afrontado diretamente na minha moral, quando me acusaram de ladrão, sem conhecimento de causa.

      Eu estou na AD por ter muitos amigos e parentes, mas não sou respeitado na minha liberdade, com base no estatuto da igreja que eu bem conheço.

      Excluir
    16. Então a congregação AD que VC congrega , Está Sem Liderança , vc não confia na liderança , Está SEM Tesoureiro/Administrador , Está SEM mantimentos , E não tem provisão na área social viúvas , pobres e necessitados ? E muitos pararam de contribuir. VOCÊ DISSE: "O grande problema é que as igrejas não investem no social e muito menos nas obras das congregações." Se isso está acontecendo na AD onde vc vai , isso não significa que todas as Igrejas são assim. A igreja que um cristão deve congregar deve haver fé , paz , amor e união. Todas as Igrejas que visito e onde congrego nunca aconteceu esse tipo de coisa , E SE um dia vier ACONTECER a liderança estabelece Ordem como ? orando jejuando e dando o Exemplo em tudo. Os líderes da Igreja são escolhidos pela própria Igreja quando dirigidos pelo Espírito de Deus e que são os anciãos (ou bispos) e os diáconos. Estes são escolhidos para servir a Igreja. A autoridade dos pastores na Igreja local é de um servo (Tt 1:7). Eles cuidam de um rebanho , mas eles não possuem autoridade legislativa, nem poderes de arbitragem (I Pd. 5:1-5). Eles guiam o rebanho com conselho sábio e Bíblico, cuidando e administrando os interesses de Cristo na Igreja local. Seu ministério começa e termina nos afazeres da Igreja que assume como guia espiritual.(1Tm3:1-5) A Igreja é constituído por pessoas que consentiram e concordam com a Igreja, como qualquer outra sociedade civil. O princípio ético é ! se não concorda saia?, e não tente mudar aquilo que foi estabelecido anteriormente. Existem privilégios e responsabilidade, e nenhum homem pode ter um sem o outro. A pessoa que se une a Igreja está concordando com as regras e práticas desta sociedade e pelo próprio consentimento se une ao grupo. ! E não somente fizeram como nós esperávamos, mas também deram-se a si mesmos primeiro ao Senhor, depois a nós, pela vontade de Deus;? (2Co 8.5). Nenhum homem deve ser forçado a entrar na Igreja, e da mesma maneira, não pode forçar a Igreja a se submeter a regras e comportamento que não seja de sua vontade. Paulo foi recusado como membro da Igreja ao início, e aguardaram seu testemunho como prova de uma conversão genuína. Este consentimento é baseado na existência de um só propósito e pensamento (Am 3.3; Hb 13.17). A Igreja só pode trabalhar e até mesmo disciplinar os que consentem destas cousas. Disciplina - (Mt. 18:15-18; I Co. 5:1-10, 5.13; 2Co 9.13; Rm. 16:17). É interessante que os autores do Novo Testamento não usaram palavras autoritárias para descrever disciplina na Igreja. A responsabilidade e liderança é enfatizada, não em poder. Palavras que indicam autoridade suprema, nestes casos, estão faltando no Evangelho, e nos leva a concluir que a autoridade que a Igreja tem, é diferente. Toda autoridade final e toda decisão final pertence à Igreja local. Quando a Igreja local, debaixo da influência do Espírito Santo, presidido pelos seus líderes, tomam qualquer decisão, esta decisão é final e deve ser respeitada e obedecida por todos.Se um reino estiver dividido contra si mesmo, tal reino não pode subsistir;(Mc3:24)

      Excluir
  52. excelente estudo. GLORIA A DEUS, por neste época está abrindo os olhos de seus filhos para que eles não sejam condenados com o mundo.

    o estudo sobre diizimos está corretíssimo,, eu cri por anos nesta doutrina de engano,,, mas o SENHOR JESUS me revelou a verdade por sua palavra, assim como tem revelado a muitos, quem ainda não abriu os olhos, é por que o véu está posto sobre seus olhos.
    fabio barros GIRSSS@HOTMAIL.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus anunciou o evangelho primeiro a Abraão(Gl3:8) Se Deus anunciou primeiro o evangelho a Abraão e ele entregou o dízimo a Melquisedeque(Sacerdócio Indestrutível) Onde está escrito na bíblia que os cristãos filhos de Abraão pela fé não devem entregar o dízimo?(Gl3:7) Abraão além de ser o pai da FÉ é também o pai espiritual de todos os crentes(Rm4:11-12) (Rm3:29-30) Abraão também é amigo de Deus.(Is41:8)(Tg2:23) (Cr20:7) Os que são da FÉ,esses são filhos de Abraão.(Gl3:7) De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.(Gl3:9) (Rm4:16) Deus não aboliu o dízimo da Ordem do Sacerdócio de Melquisedeque porque ela é indestrutível e superior a levítica.(Arão) Abraão entregou o dízimo dos despojos de guerra a Melquisedeque (Sacerdócio Indestrutível) essa Ordem de Sacerdócio é superior a levítica(Arão)(Hb7:16-17) Jesus pertence a mesma Ordem do Sacerdócio indestrutível de Melquisedeque(Hb7:16-17) (Hb7:8) e pode receber o dízimo na Igreja que é o seu corpo para a glória de Deus(Cl1:18)(Cl1:24)(Cl3:17) (1Cor10:31) Você sabia ? Despojos ou Despojos de guerra que Abraão entregou a Melquisedeque incluem bens e tesouro(1Cronicas 26:26-27) (Hb7:4) (Gn14:19) (Exodo 12:35-36) (Gn15:14) Segundo o dicionário online Tesouro também significa: Quantidade vultosa de ouro, prata, pedras de grande valor, ou dinheiro. O Dia que alguém mostrar na bíblia para os cristãos que A ORDEM DO SACERDÓCIO DE MELQUISEDEQUE(Sacerdócio indestrutível) que é superior a levítica FOI ABOLIDA(Hb7:16-17) (Hb7:8) e que despojos de guerra não incluem bens e tesouro ai sim não entregaremos mais o dízimo. O que é impossível !!! Dízimo pertence a Deus é a parte dele e quem sabe e não entrega gera (ROUBO) a Deus.(Ml3:8-10)(Rm13:8)

      Excluir
  53. Título 002: Doutrina do Dízimo Evangélico - A Lei sem a Graça.

    · Idolatria Evangélica - Dízimos e Ofertas - Mais Poderosos Que Deus Pai e Jesus Cristo.
    Terceira Edição - Agosto de 2.011.

    Capa do Livro: Idolatria Evangélica - Dízimos e Ofertas - Mais Poderosos Que Deus Pai e Jesus Cristo O livro "Idolatria Evangélica - Dízimos e Ofertas - Mais Poderosos Que Deus Pai e Jesus Cristo" nasceu no momento de trazer ao conhecimento do povo O GRANDE ENGANO, PERDIÇÃO E BLASFÊMIA.

    A doutrina do dízimo sempre foi o pacote-pronto, sustentáculo intocável e indiscutível das denominações chamadas evangélicas tradicionais. Qualquer que confrontasse ou confronte com a doutrina é chamado de rebelde, herége, desviado ou sem salvação.

    Neste livro, interpretando pela Palavra de Deus, está provada a falsa graça se, servir a Deus Pai e ao Senhor Jesus Cristo, crendo nessa doutrina de perdição. Se alguém paga para ter a atenção do Senhor, algo está muito errado.

    Conforme diz o apóstolo Paulo: "Quem fizer essas coisas, por elas viverá".

    Leia com atenção e, ao final, tome uma decisão. O preço pela sua alma já foi pago e, com sutileza, "impuseram" um novo preço e, pior, uma nova justiça e justificação, anulando a obra da redenção através do Senhor Jesus Cristo. Isso é blasfêmia.

    · Acessar página de apresentação, conteúdo e leitura do livro ...

    · Abrir livro online para leitura - Tipo PDF ...
    Título 002: Doutrina do Dízimo Evangélico - A Lei sem a Graça.

    · Idolatria Evangélica - Dízimos e Ofertas - Mais Poderosos Que Deus Pai e Jesus Cristo.
    Terceira Edição - Agosto de 2.011.

    Capa do Livro: Idolatria Evangélica - Dízimos e Ofertas - Mais Poderosos Que Deus Pai e Jesus Cristo O livro "Idolatria Evangélica - Dízimos e Ofertas - Mais Poderosos Que Deus Pai e Jesus Cristo" nasceu no momento de trazer ao conhecimento do povo O GRANDE ENGANO, PERDIÇÃO E BLASFÊMIA.

    A doutrina do dízimo sempre foi o pacote-pronto, sustentáculo intocável e indiscutível das denominações chamadas evangélicas tradicionais. Qualquer que confrontasse ou confronte com a doutrina é chamado de rebelde, herége, desviado ou sem salvação.

    Neste livro, interpretando pela Palavra de Deus, está provada a falsa graça se, servir a Deus Pai e ao Senhor Jesus Cristo, crendo nessa doutrina de perdição. Se alguém paga para ter a atenção do Senhor, algo está muito errado.

    Conforme diz o apóstolo Paulo: "Quem fizer essas coisas, por elas viverá".

    Leia com atenção e, ao final, tome uma decisão. O preço pela sua alma já foi pago e, com sutileza, "impuseram" um novo preço e, pior, uma nova justiça e justificação, anulando a obra da redenção através do Senhor Jesus Cristo. Isso é blasfêmia.

    · Acessar página de apresentação, conteúdo e leitura do livro ...

    · Abrir livro online para leitura - Tipo PDF ...

    Sergio Luiz Brandão

    Sergio Luiz Brandão
    http://www.blues.lord.nom.br/index.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a triste condição de escravidão que perpetua....

      Excluir
    2. Deus anunciou o evangelho primeiro a Abraão(Gl3:8) Se Deus anunciou primeiro o evangelho a Abraão e ele entregou o dízimo a Melquisedeque(Sacerdócio Indestrutível) Onde está escrito na bíblia que os cristãos filhos de Abraão pela fé não devem entregar o dízimo?(Gl3:7) Abraão além de ser o pai da FÉ é também o pai espiritual de todos os crentes(Rm4:11-12) (Rm3:29-30) Abraão também é amigo de Deus.(Is41:8)(Tg2:23) (Cr20:7) Os que são da FÉ,esses são filhos de Abraão.(Gl3:7) De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.(Gl3:9) (Rm4:16) Deus não aboliu o dízimo da Ordem do Sacerdócio de Melquisedeque porque ela é indestrutível e superior a levítica.(Arão) Abraão entregou o dízimo dos despojos de guerra a Melquisedeque (Sacerdócio Indestrutível) essa Ordem de Sacerdócio é superior a levítica(Arão)(Hb7:16-17) Jesus pertence a mesma Ordem do Sacerdócio indestrutível de Melquisedeque(Hb7:16-17) (Hb7:8) e pode receber o dízimo na Igreja que é o seu corpo para a glória de Deus(Cl1:18)(Cl1:24)(Cl3:17) (1Cor10:31) Você sabia ? Despojos ou Despojos de guerra que Abraão entregou a Melquisedeque incluem bens e tesouro(1Cronicas 26:26-27) (Hb7:4) (Gn14:19) (Exodo 12:35-36) (Gn15:14) Segundo o dicionário online Tesouro também significa: Quantidade vultosa de ouro, prata, pedras de grande valor, ou dinheiro. O Dia que alguém mostrar na bíblia para os cristãos que A ORDEM DO SACERDÓCIO DE MELQUISEDEQUE(Sacerdócio indestrutível) que é superior a levítica FOI ABOLIDA(Hb7:16-17) (Hb7:8) e que despojos de guerra não incluem bens e tesouro ai sim não entregaremos mais o dízimo. O que é impossível !!! Dízimo pertence a Deus é a parte dele e quem sabe e não entrega gera (ROUBO) a Deus.(Ml3:8-10)(Rm13:8)

      Excluir
    3. Abrão mentiu mais de uma vez para salvar sua vida e nem por isso ficou conhecido na história por mentioso e nem por adúltero por se relacionar com sua escrava Agar. Mas por que deu UM dizimo de despojo uma ÚNICA VEZ é considerado como DIZIMISTA.

      Ah, tá!

      Excluir
    4. Porque Abraão dizia consigo mesmo: "Certamente não há temor de Deus neste lugar" , e eles me matarão por causa da minha mulher. Ele só disse isso "nos lugares que ele tinha certeza que não havia o temor de Deus" Nos lugares que que ele sabia que tinha o temor a Deus não ! Deus é fiel e justo para perdoar os pecados(1João 1:9) e também perdoou o Profeta Abraão e o abençoou em tudo(Gên20:6-7) (Gên21:23-24) (Gên24:1) Suponhamos se entra um ladrão escondido em sua casa armado ninguém viu ele entrar a polícia está atrás dele e vc está no portão nesse exato momento com o ladrão apontando a arma pra vc e ele diz se vc dizer ou gritar que eu estou aqui vc morre ? Só quero escapar da polícia após eles forem embora deixarei vc viver. O que vc faz ? tenta preservar a sua vida ou não ? Suponhamos também que vc seja um porteiro e uma pessoa autorizada a entrar no recinto que vc trabalha e também tem 100 vidas lá dentro do recinto se aproxima vem um ladrão armado atrás dela com a arma apontada para ela com intenção de matar e com munição o bastante para matar as 100 pessoas e diz se vc não abrir agora ela morre. E um gesto suspeito seu ela também morre. Vc é o responsável dentro do recinto com 100 vidas lá é o porteiro lembra ? Vc abriria o portão ou não ? Abraão preservou a sua vida nenhum ser humano é perfeito e todos nós também queremos ir para o céu mas não queremos morrer antes do tempo.

      Excluir
  54. Esse "tema" sempre vai causar polêmicas, porque mexe com o emocional, o psicológico. O homem se "apropria" desta que ele tem como "promessa". Deus não nos cobra sacrifício por suas bênçãos. Já a fé, é lançar fora todo o medo, e confiar que o SENHOR ele sabe do que precisamos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Doriane. Mas o deus deste século tem cegado a mente dos incrédulos, para que estes não entendam a revelação do evangelho. E o deus deste século é "mamom"

      Excluir
    2. RESPOSTA PARA OS 100 IGREJA E 100 PASTOR https://www.youtube.com/watch?v=svTyDMMwpa8 https://www.youtube.com/watch?v=nWvdjjaM3ts

      Excluir
    3. Eu não sou um sem igreja porque quero, ou porque optei. Eu fui EXPULSO por não pagar o que eles dizem ser DÍZIMO. Entenda que quem manda e dirige as igrejas institucionais criadas por pseudo-pastores é o deus mamom (dinheiro). É esse deus quem manda na vida das pessoas. Se elas fazem o sacrifício que ele pede, elas são bem tratadas, mas se contrariam sua vontade são expulsas sem misericórdia.

      Quer fazer o teste, se tiver coragem deixe de alimentar a ganancia dos donos dessas igrejas e veja o que acontece.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Concordo que na igreja existe a disciplina. Mas nenhum pastor tem o direito de ir além do que Deus estabeleceu, adulterando Sua Palavra para impor seus próprios conceitos e assim exigir uma obediência cega dos fiéis. Somos ovelhas e não gado marcado para abate.

      Excluir
    6. A IGREJA TEM DISCIPLINA (Mt. 18:15-18; I Co. 5:1-10, 5.13; 2Co 9.13; Rm. 16:17). É JUSTO NESSA AD TODOS ENTREGAREM O DÍZIMO E VC NÃO SIMPLESMENTE POR NÃO ACEITAR OU NÃO CONCORDAR ? NÃO É JUSTO MESMO ! SE EU SOU PASTOR E TEM ALGUÉM QUE DISCORDA E NÃO QUER PRATICAR O ENSINO QUE TODOS NA IGREJA PRATICAM TEM QUE SER TOMADA AS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS(Tt3:10) SE VC NÃO CONCORDA OU ACEITA O QUE É PREGADO E ENSINADO PELO LÍDER DA IGREJA AD E TODOS CONCORDAM E ACEITAM NA IGREJA ENTÃO VC SAIA DELA.(Tt3:10) TESTE É PARA FÁBRICA DE PRODUTOS E NÃO PARA OS IRMÃOS EM CRISTO. “Também está escrito: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’”. (MT4:7)

      Excluir
    7. Kkkk !

      Eu pedi para provar a Deus? Quem pede são os pastores com base em Malaquias 3:10.

      Agora é claro, muitos fiéis tem seus pastores como deuses e os obedecem cegamente sem questionarem seus intentos.

      Excluir
    8. NÃO FUI EU QUE DISSE ISSO "Quer fazer o teste, se tiver coragem deixe de alimentar a ganancia dos donos dessas igrejas e veja o que acontece." PARA TER CORAGEM NÃO PRECISA TESTAR OS QUE JÁ SÃO MEMBRO DO CORPO DE CRISTO ONDE CRISTO É O CABEÇA DA IGREJA E SE VC NÃO CRÊ QUE ELES SÃO MEMBROS DO CORPO DE CRISTO POR ESTAREM LIGADOS A ELE ENTÃO SAIA ! QUANDO VC QUER "TESTAR" ou POR A PROVA ALGUÉM QUE JÁ É DE DEUS VC ESTÁ COLOCANDO O PRÓPRIO DEUS A PROVA PORQUE ELE É PARTE DO CORPO DE CRISTO. QUEM COSTUMA A FAZER ESSE TIPO DE COISA SÃO OS INCRÉDULOS , ATEUS E o próprio satã lá no deserto também quando quis fazer Jesus pecar obedecendo a ele e não ao Pai e não conseguiu(Mt4:9) “Também está escrito: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’”. (MT4:7)

      Excluir
    9. Eu pedi para você fazer o teste em relação às suas lideranças e não com Deus. Como citei anteriormente, somos ovelhas do Senhor e os líderes que se apresentam como pastores precisam nos tratar como tais, assim como Ele nos trata com amor e compreensão. Porém, nós só valemos para eles quando damos gordura e lã (dinheiro). Quando paramos por alguma razão somos descartados do aprisco (igreja). quando eu disse para fazer o teste se tiver coragem, foi em relação a isso.

      Mas sei que não vão fazer, pois no fundo tem medo de que eu esteja com a razão.

      Acaso, já leu esse capítulo?

      Ezequiel 34:

      1 E VEIO a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
      2 Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor DEUS: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas?
      3 Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas.
      4 As fracas não fortalecestes, e a doente não curastes, e a quebrada não ligastes, e a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza.
      5 Assim se espalharam, por não haver pastor, e tornaram-se pasto para todas as feras do campo, porquanto se espalharam.
      6 As minhas ovelhas andaram desgarradas por todos os montes, e por todo o alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andaram espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem perguntasse por elas, nem quem as buscasse.
      7 Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do SENHOR:
      8 Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que, porquanto as minhas ovelhas foram entregues à rapina, e as minhas ovelhas vieram a servir de pasto a todas as feras do campo, por falta de pastor, e os meus pastores não procuraram as minhas ovelhas; e os pastores apascentaram a si mesmos, e não apascentaram as minhas ovelhas;
      9 Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do SENHOR:
      10 Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos demandarei as minhas ovelhas, e eles deixarão de apascentar as ovelhas; os pastores não se apascentarão mais a si mesmos; e livrarei as minhas ovelhas da sua boca, e não lhes servirão mais de pasto.
      11 Porque assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu, eu mesmo, procurarei pelas minhas ovelhas, e as buscarei.
      12 Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que está no meio das suas ovelhas dispersas, assim buscarei as minhas ovelhas; e livrá-las-ei de todos os lugares por onde andam espalhadas, no dia nublado e de escuridão.

      Hoje, eu sou uma dessas ovelhas.

      Excluir
  55. ESSE VERSÍCULO SÃO OS PASTORES INFIÉIS DE ISRAEL(Ezequiel 34) E NÃO é exemplo de "pastor" para ninguém. EXISTE EM TODO O MUNDO OS PASTORES FIÉIS E INFIÉIS , E OS PASTORES FIÉIS QUEREM OS DESIGREJADOS E REBELDES E PERDIDOS NO MUNDO SE ARREPENDAM E VOLTE A IGREJA. E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres,(Ef 4:11)  "DAR - VOS - EI PASTORES SEGUNDO O MEU CORAÇÃO".(Jr3:15) Confiem no SENHOR,seu Deus,e estarão seguros; confiem nos profetas dele,e tudo o que vocês fizerem dará certo.(2Cr20:20) Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho que o Espírito Santo entregou aos seus cuidados,como pastores da Igreja de Deus,que ele comprou por meio do sangue do seu próprio Filho.(At20:28) Obedeçam aos seus líderes e sigam as suas ordens,pois eles cuidam sempre das necessidades espirituais de vocês porque sabem que vão prestar contas disso a Deus. Se vocês obedecerem,eles farão o trabalho com alegria; mas,se vocês não obedecerem,eles trabalharão com tristeza,e isso não ajudará vocês em nada (Hb13:17)" Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver.(Hb 13:7) Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.(Hb13:17) Não aceite nenhuma acusação contra qualquer presbítero, a não ser que ela seja feita por duas testemunhas, pelo menos.(1Tm5:19) SE NA AD A SUA LIDERANÇA É INFIÉL CHAME 2 TESTEMUNHAS COM PROVAS E VÁ AO CONSELHO DA IGREJA LOCAL COM ELES E APRESENTE AS PROVAS E TESTEMUNHAS se realmente O LÍDER OU PASTOR FOR INFIÉL SERÁ ELEITO UM NOVO LÍDER FIÉL e estabelecendo ordem ,fidelidade e paz. E Assim, pois, as igrejas em toda a Judéia, e Galiléia e Samaria tinham paz, e eram edificadas; e se multiplicavam, andando no temor do Senhor e consolação do Espírito Santo. (At9:31) PARA TER CORAGEM NÃO PRECISA TESTAR a (Liderança) Infiél e sim juntar provas e testemunhas e levar até o conselho da Igreja local.

    ResponderExcluir
  56. "EXISTE EM TODO O MUNDO OS PASTORES FIÉIS E INFIÉIS , E OS PASTORES FIÉIS QUEREM OS DESIGREJADOS E REBELDES E PERDIDOS NO MUNDO SE ARREPENDAM E VOLTE A IGREJA".

    Excelente. Mas para isso, eles precisam fazer valer a chamada que é ir em busca desses "desigrejados". Ficar no conforto de seus gabinetes com ar-condicionado e mandar os fiéis fazer o trabalho que é deles é muito fácil. Estou pronto a voltar pra igreja, pois tenho vontade de comungar com meus irmãos. Mais ninguém até hoje me procurou. Só dizem que estou perdido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.(Mateus 18:21-22) (Ef1:23) (Tg4:10) Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos céus é tomado à força, e os que usam de força se apoderam dele.(Mt11:12) Volte para Igreja e não corra o risco do seu nome não estar escrito no livro da vida.

      Excluir
    2. Perdoar uma coisa e permancer no erro é outra. Quando Jesus perdoava as pessoas Ele dizia: VAI E NÃO PEQUES MAIS. Eu perdoo as ofensas contra mim, mas isso não quer dizer que eu volte ao erro de onde saí.O erro do sistema religioso é pensar que igreja são as quatro paredes dos templos que eles fazem com suas próprias mãos.

      Excluir
    3. Vc disse: "Estou pronto a voltar pra igreja, pois tenho vontade de comungar com meus irmãos. Mais ninguém até hoje me procurou. Só dizem que estou perdido." DEFINA , O SEU OBJETIVO É OU NÃO É CONGREGAR EM UM IGREJA DENTRO DE QUATRO PAREDES COM OS IRMÃOS ? SIM OU NÃO ? ESTÁ AGUARDANDO ALGUM PASTOR VIR TE BUSCAR ? SE FOR ISSO BASTA UMA LIGAÇÃO DAQUI ONDE EU MORO E ELES VÃO TE BUSCAR AI SÓ ME PASSE O Tel. O QUE É QUE VC CHAMA DE SISTEMA RELIGIOSO ? EXPLIQUE !

      Excluir
    4. Então você não sabe o que é o sistema religioso?. É a maneira de como as igrejas evangélicas administram a vida e os bens dos fiéis, seguindo uma tradição inventada pela igreja-mãe - a Católica Apostólica Romana. Sim, meu amado irmão, sei que não vai concordar, mas é a triste realidade. A grande maioria das igrejas evangélicas não tem luz própria. Tudo o que fazem e praticam herdaram da mãe. Embora condenem a idolatria aberta do catolicismo, contudo, praticam uma idolatria disfarçada de piedade. Não se iluda irmão. As coisas não sãs como nós pensamos. Eles nos passam uma coisa, mas na realidade são bem diferentes.

      Eu repito, quando uma "ovelha" deixa de dar lã e gordura ($$$$$$), elas perdem o valor para o sistema religioso.

      Excluir
  57. Na Igreja evangélica que eu congrego e todas que visito cada cristão administra a sua própria vida e os seus próprios bens , seguimos a Deus , a Cristo como cabeça da Igreja e ouvimos atentamente os seus despenseiros (Pastores ou Bispos) e praticamos TUDO o que eles pregam com TEXTO AT E CONTEXTO NO NT. Toda a contribuição sendo ela entregue por fé , amor , gratidão e obediência a Deus de pode ser de 1% a 100% com a Igreja que é casa de Deus(Tt1:7) (1Tm3:15) em ($$$$$$) é bem vinda principalmente vindo dos fiéis e o evangelho é pregado em (ESCALA MUNDIAL) E se aparece ou tem algum líder Infiél (Pastores ou Bispos) e sim juntamos provas e testemunhas e levamos até o conselho da Igreja local onde são tomadas as devidas providências e continuamos firme na fé. O QUE VC CHAMA DE SISTEMA RELIGIOSO é o local de reunião e adoração onde representa a noiva de Cristo o qual onde ele é o cabeça(Ef: 1:22-23)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilha,

      Tai uma igreja que segue a risca a bíblia. Só falta ela ter apóstolos em lugar de bispos ou pastores.

      Excluir
  58. A Paz amados de Deus, assunto que rende "pano para manga" na atualidade, DEVIDO AOS ESPERTALHÕES que banalizaram a casa de Deus. Que benção Reginaldo seu vasto conhecimento o do Marcelo também, deixaram o assunto muito rico de informações abençoadas, pena que vocês começaram a discutir fora do foco um determinado momento mas os dois são bençãos de Deus.

    "Eu repito, quando uma "ovelha" deixa de dar lã e gordura ($$$$$$), elas perdem o valor para o sistema religioso."
    SÓ OS CÃES GULOSOS FAZEM ISSO.
    E QUEM TEME AO SENHOR NÃO ENTRA EM NENHUM "SISTEMA".

    Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações; e então cada um receberá de Deus o louvor.
    1 Coríntios 4:5

    Ainda existe homens piedosos que administram com muito temor as finanças da igreja e zelam pela vida das ovelhas.

    Abraços , seu blog é benção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resposta Para os 'Sem Igreja' e 'Sem Pastor" http://youtu.be/PcvBXEPOvpM https://www.youtube.com/watch?v=PcvBXEPOvpM https://www.youtube.com/watch?v=svTyDMMwpa8

      Excluir
  59. A Paz amados de Deus, assunto que rende "pano para manga" na atualidade, DEVIDO AOS ESPERTALHÕES que banalizaram a casa de Deus. Que benção Reginaldo seu vasto conhecimento o do Marcelo também, deixaram o assunto muito rico de informações abençoadas, pena que vocês começaram a discutir fora do foco um determinado momento mas os dois são bençãos de Deus.

    "Eu repito, quando uma "ovelha" deixa de dar lã e gordura ($$$$$$), elas perdem o valor para o sistema religioso."
    SÓ OS CÃES GULOSOS FAZEM ISSO.
    E QUEM TEME AO SENHOR NÃO ENTRA EM NENHUM "SISTEMA".

    Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações; e então cada um receberá de Deus o louvor.
    1 Coríntios 4:5

    Ainda existe homens piedosos que administram com muito temor as finanças da igreja e zelam pela vida das ovelhas.

    Abraços , seu blog é benção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resposta Para os 'Sem Igreja' e 'Sem Pastor" http://youtu.be/PcvBXEPOvpM https://www.youtube.com/watch?v=PcvBXEPOvpM https://www.youtube.com/watch?v=svTyDMMwpa8

      Excluir
  60. Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores!

    Salmos 1:1

    ResponderExcluir