Páginas

sábado, 8 de junho de 2013

Devemos obedecer nossos pastores?

Pergunta: "Devemos obedecer aos nossos pastores?"
Resposta: O versículo que mais diretamente se refere a esta questão é Hebreus 13:17: "Obedecei a vossos guias, sendo-lhes submissos; porque velam por vossas almas como quem há de prestar contas delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil."

Os pastores ficam profundamente feridos em ver pessoas ignorando o conselho de Deus que eles compartilham. Quando as pessoas ignoram a Palavra de Deus, elas o fazem não só para a sua própria dor, mas também em detrimento dos que as rodeiam. Os jovens têm a tendência de ignorar o conselho dos mais velhos, cometendo o erro de confiar em sua própria sabedoria e no conselho de seu próprio coração. Um pastor piedoso compartilha preceitos da Palavra de Deus porque deseja servir a Deus e alimentar o rebanho com alimento espiritual que resultará em experimentar a vida abundante que Jesus prometeu (João 10:10b).

O oposto do pastor piedoso é o "falso pastor" que não tem como objetivo o bem-estar do rebanho, mas está mais interessado em manter o controle e exercer domínio sobre os outros, ou deixa de estudar a Palavra de Deus e, portanto, ensina os comandos dos homens em vez dos de Deus. Os fariseus no tempo de Jesus eram culpados de serem "guias cegos" (Mateus 15:14). Há também repetidas advertências sobre falsos mestres em Atos, nas Epístolas e em Apocalipse. Devido à existência desses líderes egoístas, pode haver momentos em que desobedecemos ao homem a fim de obedecermos a Deus (Atos 4:18-20). No entanto, as acusações contra um líder de igreja não devem ser feitas levemente e precisam ser corroboradas por mais de uma testemunha (1 Timóteo 5:19).

Os pastores piedosos realmente valem ouro. Eles são geralmente sobrecarregados, mal pagos, carregam uma grande responsabilidade e, como Hebreus 13:17 afirma, um dia terão de prestar contas dos seus ministérios diante de Deus. Primeiro Pedro 5:1-4 ensina que eles não devem ser ditadores, mas devem liderar pelo seu exemplo e ensinamento saudável (1 Timóteo 4:16), em humildade de coração. Como Paulo, eles devem ser como mães que realmente amam seus filhos. Os pastores piedosos estão dispostos a se entregar pelo seu rebanho e governam com mansidão (1 Tessalonicenses 2:7-12, João 10:11). São também caracterizados por sincera devoção à Palavra e à oração (Atos 6:4) para que possam governar no poder e sabedoria de Deus e dar à igreja carne espiritual para produzir cristãos saudáveis e vibrantes. Se esta for uma descrição próxima do seu pastor (nenhum homem na terra é perfeito), ele é digno de "dupla honra" e obediência enquanto declara os ensinos claros de Deus (1 Timóteo 5:17).

Portanto, a resposta à pergunta é que sim, devemos obedecer aos nossos pastores. Devemos também orar por eles sempre, pedindo a Deus que lhes conceda sabedoria, humildade, amor ao rebanho e proteção enquanto protegem aqueles sob os seus cuidados.

3 comentários:

  1. Ola irmão,um amigo em comum me falou do seu blog.Parabens pela iniciativa!Gostaria de deixar uma palavrinha. Hoje é muito dificil encontrarmos pessoas que exerçam com primasia está funçao,por isso eu prefiro ficar com oq está nas escrituras. Mt23:8 Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi; porque um só é o vosso Mestre, e todos vós sois irmãos.
    9 E a ninguém sobre a terra chameis vosso pai; porque um só é o vosso Pai, aquele que está nos céus.
    10 Nem queirais ser chamados guias; porque um só é o vosso Guia, que é o Cristo.
    Hoje nao é diferente daqueles dias,devemos nos concentrar em ouvir a voz de nsso Pai e do verdadeiro Pastor, O Bom Pastor,pois quem o ouvi o segue, crer nisso? Que nosso Pai ti abençoe e que nosso Messias ti guarde!

    ResponderExcluir
  2. "DAR - VOS - EI PASTORES SEGUNDO O MEU CORAÇÃO".(Jr3:15) Confiem no SENHOR,seu Deus,e estarão seguros; confiem nos profetas dele,e tudo o que vocês fizerem dará certo.(2Cr20:20) Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho que o Espírito Santo entregou aos seus cuidados,como pastores da Igreja de Deus,que ele comprou por meio do sangue do seu próprio Filho.(At20:28) Não aceite nenhuma acusação contra qualquer presbítero, a não ser que ela seja feita por duas testemunhas, pelo menos.(1Tm5:19)

    ResponderExcluir
  3. Como voce citou no texto: Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração (Jeremias 3:15). Seria excelente se todos fosse dados por Deus. Mas, muitos pastores que hoje existem não separados por Deus e sim pela conveniência humana, ou seja, pelos interesses das convenções que os separam. São separados pelos sistemas relgiosos ora predominates? Eu conheço poucos pastores que realmente tem a chamada divina e fazem a obra conforme Deus lhes confiou.

    Não obstante haverem centenas de pastores e cada dia mais se fazendo, ainda urge a voz de Jesus pediu que orássemos para que Deus enviasse obreiros, pois Sua seara é grande e poucos são os obreiros.

    ResponderExcluir