Páginas

quinta-feira, 28 de março de 2013

Como identificar um pregador confiável


Há duas semanas mencionei em meu sermão que Deus faz os cristãos crescerem ao alimentá-los com sua Palavra. Uma forma de ele fazer isso é provendo sua igreja com mestres e pregadores. Isso significa que, se vamos crescer, precisamos nos assentar aos pés de portadores confiáveis da verdade de Deus. Isso, entretanto, levanta a questão: como podemos identificar um portador autêntico da verdade de Deus? A Bíblia deixa claro que existem muitos portadores desonestos de uma suposta verdade. Satanás se disfarça de anjo de luz procurando enganar. Portanto, precisamos de muito discernimento bíblico aqui. Só porque um mestre ou pregador vem em nome de Jesus com a Bíblia debaixo de seu braço não significa automaticamente que ele é confiável.

Felizmente, tanto a Bíblia quanto a história da igreja nos dão alguma direção aqui. Portanto, quero te munir com uma lista breve de cinco questões (baseadas nos cinco solas da Reforma) que podem te ajudar a discernir a autenticidade de um pregador ou mestre em particular.

Questão 1 (Sola Scriptura): O pregador baseia tudo o que ele diz na Bíblia? Em outras palavras, ele parte da autoridade e suficiência da Escritura? Um portador confiável da verdade de Deus procura se deleitar, meditar profundamente e expor, a partir da Bíblia. Ele parte da Bíblia. Tudo que ele diz flui do que uma passagem particular da Bíblia diz. Eles não usa a Bíblia simplesmente para sustentar o que ele quer dizer. Isto é, ele se submete ao que a Bíblia diz, não procura submeter a Bíblia ao que ele diz. Ele se preocupa tanto com o Antigo quanto com o Novo Testamento. Ele se recusa a tirar os versos do contexto. Ele reconhece a unidade da Bíblia. Ele reconhece que tanto o Antigo Testamento quanto o Novo Testamento contam uma história e apontam para uma pessoa, a saber: Deus salva os pecadores através da obra consumada de seu filho Jesus Cristo.

Questão 2 (Sola Gratia): O pregador enfatiza livremente que, devido ao pecado, uma relação correta com Deus só pode ser estabelecida pela graça de Deus somente? Cuidado com qualquer doutrina que enfatiza a capacidade do homem acima da capacidade de Deus; a liberdade do homem acima da liberdade de Deus; o poder do homem acima do poder de Deus; a iniciativa do homem acima da iniciativa de Deus. Cuidado com qualquer doutrina que sutilmente ensina que um relacionamento correto com Deus depende, no fim de tudo, da resposta humana acima da soberania divina.

Questão 3 (Sola Fide): O pregador enfatiza que a salvação não é alcançada pelo que fazemos, mas que é recebida pela fé no que Cristo já fez? Têm-se afirmado corretamente que existem na verdade apenas duas religiões: a religião da ação humana e a religião da ação divina. O pregador enfatiza a primeira ou a última? Um portador confiável da verdade de Deus sempre destaca o fato de que Deus salva os pecadores; pecadores não salvam a si mesmos.

Questão 4 (Sola Christus): O pregador ressalta que Cristo é o mediador exclusivo entre Deus e o homem? Ele afirma e proclama que Jesus é “o caminho, a verdade e a vida”, e que ninguém vem ao Pai senão por Cristo? Ele fala sobre o pecado e a necessidade de Cristo? Os pregadores devem aprender a desvendar e apresentar a verdade do Evangelho a partir de todo texto bíblico que eles pregam, de uma forma que resulte na exposição dos ídolos da nossa cultura e dos ídolos do coração. A exposição fiel de nosso verdadeiro Salvador a partir de cada passagem da Bíblia dolorosamente revela todos os pseudossalvadores em quem confiamos, pessoal e culturalmente. Todo sermão deveria revelar as maneiras sutis em que, como indivíduos e como cultura, dependemos de coisas menores que Jesus para nos dar segurança, aceitação, proteção, afeição, significado e satisfação que apenas Cristo pode suprir. Desta forma, bons pregadores devem constantemente mostrar o quão relevante e necessário Jesus é; eles devem trabalhar duro para mostra que somos grandes pecadores, mas Cristo é um grande Salvador.

Questão 5 (Soli Deo Gloria): O pregador exalta a Deus acima de tudo? Um pregador confiável te levará a maravilhar-se com Deus. Um portador verdadeiro da verdade de Deus sempre te levará a encontrar a glória de Deus. Um mestre teocêntrico é apenas isso: teocêntrico. Ele pregará e ensinará de maneira que você se encontrará faminto e sedento de Deus. Você escutará sermão após sermão e sairá com grandes impressões da personalidade divina, não grandes impressões da personalidade humana.

Esse é só um começo, mas eu espero que sirva como um recurso para que você determine a autenticidade de certo mestre ou pregador.

Tradução: Josaías Jr no iPródigo
Fonte: Tullian Tchividjian em The Gospel Coalition
http://libertosdoopressor.blogspot.com.br/2013/03/como-identificar-um-pregador-confiavel.html

6 comentários:

  1. Paz, amado Irmão.
    Parabéns, excelente post.

    Muitas pessoas buscam saciar sua fome espiritual na igreja, mas não encontram nela o Pão da Vida. Encontram muito do homem; pouco de Deus, porque elas se tornaram verdadeiras empresas. Muito ritual, show e evento. E pouco pão espiritual. Muito da terra e pouco do Céu.
    Estamos substituindo o Pão do Céu por outros alimentos que saciam a carne. Alguns líderes pregam para agradar, e não para cumprir o chamado que o Senhor Jesus lhes propôs: PASTOREAR OVELHAS. Dão palha em vez de trigo ao povo. Estão pregando sobre tudo, e não sobre a Cruz de Cristo. Pregam-se os direitos dos homens, não a soberania de Deus. Prega-se sobre o percentual levítico (dízimo) aterrorizando a membresia, porque lhes convém e não sobre arrependimento, conversão e santificação; sem a qual ninguém verá o Senhor. Prega-se um outro evangelho e não o Evangelho da Graça.

    Que o Espírito da Verdade continue a te ungir nesta jornada, pois tens sido um verdadeiro Atalaia.

    Em Cristo,
    ***Lucy***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CUIDADO COM SEITAS PSEUDO CRISTÃ , PESQUISE !!!

      Excluir
  2. A Paz, irmão Reginaldo.

    Visitando o seu blog como de costume, me deparei com três comentários que refutam severamente a sua postagem: "Dízimo - Promessas que nunca se cumprem na vida do dizimista fiel". Gostaria muito de saber o que o irmão tens a dizer a este que se intitula: Sou Vencedor. Uma vez que respondestes sabiamente aos outros comentarista.
    No amor de Cristo Jesus,
    ***Lucy***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Paz irmã Lucy,

      Estive muito ocupado por esses dias e, somente hoje é que observei o meu blog. Pelo que percebí, ele tá repetindo algumas colocações de alguém que já comentou na postagem: DIZIMO, O QUE ERA E O QUE NÃO É! Mas acho que ele não se conformou com a resposta e me faz perguntas. Se ele conhecesse a Bíblia e o que de fato a Bíblia ensina sobre esse assunto, não faria tais questionamentos.

      Obrigado por me avisar, estarei lhe respondendo na medida do possível.

      A propósito, acabei de escrever mais um artigo sobre esse tema e espero que ele leia.

      Abraços em Cristo.

      Excluir
  3. Irmão Reginaldo,

    Dou glórias a Deus pela sua vida, como sempre o irmão prova ter o caráter de Cristo, em todas as áreas de sua vida: nos atos, nas suas palavras, etc... Esse tema (Dízimo) é de difícil entendimento, principalmente para aqueles que vivem convenientemente debaixo do jugo da Lei do Velho Testamento.
    O meu esposo também corta um dobrado com alguns comentaristas que anonimamente, não se identificam (não sei por que?) querem refutá-lo a qualquer custo. Sem base bíblica.

    Os mesmos deveriam eram tentar justificar a prática do dízimo para a Igreja Neotestamentária: O que é praticamente impossível!!!
    Deixando o tema a parte, é muito bom saber que somos parte do Corpo, onde o Cabeça é Cristo.

    N'Ele
    ***Lucy***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Paz irmã Lucy,

      Deus está levantando pessoas comprometidas com Sua Palavra nestes momentos que antecedem a volta de Seu Filho para nos arrebatar. Creio que a paciência de Cristo em ainda não ter vindo buscar o seu povo, face aos acontecimento que vemos ao nosso redor evidenciar sua iminente volta, se deve ao fato de muitos ainda estarem presos nas algemas da ignorância, por não conhecerem de fato a vontade Deus, pois os que tem a obrigação de ensinar estão se omitindo por conveniência e desejo de lucro fácil.

      Creio sermos a vóz profética desses últimos dias, pois, não nos conformando com o que ocorre no sistema religioso, muitos querem nossas cabeças e nos expulsam das sinagogas (João 16:2).

      Quanto ao Sou Vencedor eu descobri que ele se chama Renato Corumbá e já me fez os mesmos questionamentos em outro post. Mas, lhe repondi e espero que ele entenda.

      Em Cristo,

      Reginaldo

      Excluir