Páginas

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Sinais que antecedem a volta de Cristo


A lição da EBD (CPAD) desta semana aborda o tema que envolve os sinais que antecedem a volta de Cristo. Por se tratar de um assunto escatológico, que envolve fatos que apontam para acontecimentos futuros, faz-se necessário compreender o que a bíblia ensina a respeito do retorno do Messias.

Aos que acreditam na doutrina do arrebatamento pré-tribulacional precisam estar conscientes que os sinais apontados por Cristo no sermão do monte, não dizem respeito ao arrebatamento da igreja, mas ao retorno de Jesus em glória, quando todo o olho o verá, pondo fim aos conflitos e estabelecendo o seu reino milenial. Em relação a vinda de Cristo para arrebatar os fiéis não existe sinais específicos, pois Ele virá como um ladrão, isto é, sem aviso aos que o aguardam (Lucas 12 : 39 , 40). Ora, se os sinais que a bíblia fala e que estamos vendo acontecer apontam para a vinda de Jesus em glória, convém estarmos mais que alertas, pois, a vinda do Senhor para arrebatar os seus está muito mais perto do que se possa imaginar.

A lição está dividida em três tópicos. O primeiro fala de SINAIS NA VIDA DA IGREJA; o segundo sobre SINAIS NOS CÉUS DA VINDA DE CRISTO e o terceiro enfatiza GUERRAS, CONFLITOS e TERREMOTOS.

COMENTANDO O TÓPICO 1 DA LIÇÃO

Devido ser bastante extenso, comentarei apenas o primeiro tópico SINAIS NA VIDA DA IGREJA e que está dividido em quatro subtópicos que são: 1. Falsos Cristos e Falsos Profetas; 2. Apostasia; 3. Doutrinas de Demônios e 4. Perseguição aos crentes.

1    1.  FALSOS CRISTOS E FALSOS PROFETAS

O primeiro subtópico fala sobre falsos cristos e falsos profetas e, a revista do professor traz uma interação para com os professores com as seguintes orientações:

“Não sabemos a hora em que Jesus voltará para arrebatar a sua Igreja. Somente o Pai sabe quando se dará tal acontecimento. Porém, Jesus falou a respeito dos sinais que antecederiam a sua volta. Estes sinais são um alerta para nós. Precisamos estar atentos, mas para isso é necessário saber o que são realmente os sinais escatológicos. Um dos sinais é o surgimento dos falsos cristos e falsos profetas. Para não sermos enganados precisamos de discernimento e conhecimento das Escrituras Sagradas. Não descuide do estudo bíblico sistemático, pois ele poderá livrar você e seus alunos do engano. Atualmente, os falsos profetas e falsos cristos disseminam suas mentiras e tramoias através da internet e das redes sociais, alcançando um número incalculável de pessoas. Estejamos alertas, vigilantes, nos dedicando ao estudo da Palavra de Deus para não sermos enganados”.

Nesta interação existe um ponto positivo que é a exortação para não se descuidar do estudo bíblico sistemático e se buscar discernimento e conhecimento das escrituras para os crentes não serem enganados. Certamente que isto é imprescindível a igreja. Porém, nesta mesma interação, existem duas situações que podem gerar uma confusão doutrinária quanto à segunda vinda de Cristo. A primeira é que não há o cuidado de se separar os eventos escatológicos que envolvem a segunda vinda do Senhor que é o arrebatamento e a vinda em glória. A segunda é que colocam os falsos Cristo e os falsos Profetas como se fossem agentes agindo externamente. Observe o que se diz: “Atualmente, os falsos profetas e falsos cristos disseminam suas mentiras e tramoias através da internet e das redes sociais, alcançando um número incalculável de pessoas”. Certamente que eles usam esse meio de comunicação muito eficaz na atualidade, porém, sua base de ação para enganar as pessoas são as próprias igrejas. Afinal, eles estão a serviço do anticristo e de Satanáz, cuja finalidade é confundir e enganar aqueles que estão dentro e não fora.

Vamos conhecer quem são os falsos cristos e os falsos profetas a luz da hermenêutica bíblica.

O QUE DISSE JESUS SOBRE OS FALSOS CRISTOS?

“E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane, porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos” (Mateus 24 : 4 , 5).
Observe que Jesus disse que os falsos cristos viriam em Seu Nome alegando serem O CRISTO. Certamente que alguns se lembrarão do famoso INRI CRISTO e o terão como cumprimento das profecias. Não! Deixemos o INRI CRISTO de lado, pois ele não representa nenhuma ameaça ao rebanho do Senhor, pois todos sabem que ele não é o Cristo. Mas, quem seriam os falsos Cristos que enganariam a muitos e onde estão eles? Eles estão nos púlpitos das igrejas, vestindo terno e gravata e usando a bíblia. Você pode até se assustar com essa afirmação da minha parte, mas foi isso mesmo que Jesus quis nos alertar. Observe que Jesus disse: porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos”. Para entendermos claramente isso, precisamos saber o que significa CRISTO. Cristo não é nome próprio e nem sobrenome de Jesus. Cristo é um título. No antigo testamento não encontramos o nome Cristo, isto porque o antigo testamento foi escrito em hebraico e aramaico. Mas o novo testamento que foi escrito em grego nos faz entender o que Jesus quis dizer. Cristo em grego é o termo usado em português para traduzir a palavra grega Χριστός (Khristós) que significa "Ungido". O termo grego, por sua vez, é uma tradução do termo hebraico מָשִׁיחַ (Māšîa), transliterado para o português como Messias. Por isso, no antigo testamento não vemos o termo CRISTO, mas no lugar dele encontramos o termo UNGIDO.

Jamais vimos ou veremos alguém se apresentar nas igrejas ou em qualquer lugar como um “Cristo” usando o Nome de Jesus. Mas, nos últimos anos tornou-se comum nas igrejas muitos se auto-proclamarem “UNGIDOS” que é o mesmo que CRISTO. Com essa suposta “unção” eles impõem o medo e o terror no rebanho, não permitindo que as ovelhas sequer reclamem de suas repugnantes ações. Com o título de “UNGIDO” (cristo) eles se blindam nas igrejas, fazendo o que bem entendem, pois passam ao fiel a ideia que não se deve levantar contra um ungido de Deus. E o pior de tudo é que aqueles que são enganados por esses falsos cristos passam a defendê-los, como se realmente eles fossem ungidos (cristos). Quem nunca ouviu a frase: “ai daquele que tocar no ungido de Deus?”. Esses que são enganados não tem a liberdade para pensar e entender que na nova aliança a unção está sobre a igreja e não em um grupo seleto de homens. "E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis."  (1João 2 : 27).
Sem qualquer sombra de dúvida, os falsos cristos são os mesmos que cometem iniquidade e que ficarão de fora do reino de Deus, muito embora possuam dons espirituais (Mateus 7 : 21 – 23). Eles oram profetizam, falam línguas, expulsam demônios, pregam com eloquência e até dirigem e presidem igrejas. Mas quando se colocam na posição de “ungidos”, para dominar sobre o rebanho se tornam falsos cristos como profetizou Jesus. Os falsos cristos são um sinal bem claro e atuante da segunda vinda de Cristo.

QUEM SÃO OS FALSOS PROFETAS?

A palavra "Profeta" vem do grego: πρoφήτης, prophétes, em latim “propheta” que significa "interprete" ou "porta-voz”. Era o que falava em nome de Deus. No antigo testamento havia dois tipos de falsos profetas; o que falava em nome de deuses pagãos e os profetas de Deus que distorciam Suas mensagens.
O profeta de Deus recebia uma unção para proclamar ao povo as palavras de Deus. Eles deveriam ser fiéis na entrega da mensagem, não aumentando e nem diminuindo (Deuteronômio 12 : 32). Eles precisavam falar a verdade, quer o povo ouvisse ou não (Ezequiel 2 : 5 – 7). A advertência de Deus para os profetas veterotestamentários é que se eles não falassem conforme a vontade de Deus, jamais veriam a alva (Isaías 8 : 20). Não obstante tais avisos, muitos profetas de Deus se corromperam e passaram a profetizar mentiras para agradar aos reis e receber vantagens por isso. Por darem ouvidos a falsas profecias o povo de Deus pagou duras penas. Como exemplo tem a tribo de Judá que apostatou indo após outros deuses. O Senhor falou que os castigaria, mas os profetas incentivavam o povo a permanecer no erro, alegando que Deus não os castigaria, indo contra o que o Senhor falava. "E disse-me o SENHOR: Os profetas profetizam falsamente no meu nome; nunca os enviei, nem lhes dei ordem, nem lhes falei; visão falsa, e adivinhação, e vaidade, e o engano do seu coração é o que eles vos profetizam."  (Jeremias 14 : 14).

A IGREJA TEM COMO IDENTIFICAR UM FALSO PROFETA?

Sim! Existe uma característica específica que identifica um falso profeta que é o amor ao dinheiro. Observe o que disse Jesus: “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?” (Mateus 7 ; 15 , 16). Neste texto Jesus deixa bem claro a índole dos falsos profetas que é a extorsão das ovelhas. O Apóstolo Pedro também falou sobre eles e como agem no meio do rebanho: “E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita” (2Pedro 2 : 1 – 3). Os falsos profetas são cobiçosos de torpe ganância, suas pregações e ensinos geralmente são como forma de levar o fiel a doar seus bens e dinheiro em troca das bênçãos divinas. Iguais aos falsos cristos eles também se encontram nas igrejas enganando o povo de Deus. São peritos em modificar textos da bíblia para adaptá-los às suas conveniências. Só fazem o trabalho do Senhor se este lhe render uma boa receita, pois adotaram a chamada como profissão.

No tempo de Miqueias aconteceu uma situação semelhante ao que ocorre na atualidade. Os falsos profetas estavam desencaminhando o povo de Deus por causa de vantagens pessoais. “Assim diz o SENHOR acerca dos profetas que fazem errar o meu povo, que mordem com os seus dentes, e clamam paz; mas contra aquele que nada lhes dá na boca preparam guerra” (Miqueias 3 : 5). Não é o que acontece atualmente em algumas igrejas? Para os falsos profetas a pessoa vale pelo que tem e pelo que pode lhes dar. Se a pessoa der o que eles querem, então há profecias de toda sorte de bênçãos e vitórias sobre ele. Mas se não der o mesmo é tratado com acepção, quando não é excluído do rol de membros. Os falsos profetas falam de Deus, oram, pregam e profetizam, mas são adoradores de MAMOM (Mateus 6 : 24). Assim, os falsos profetas agindo nos nossos dias mostram com clareza que a Palavra de Jesus é fiel.

  APOSTASIA e DOUTRINAS DE DEMÔNIOS

“Mas o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios” (1Timóteo 4 : 1)

Quanto a este assunto, já escrevi sobre isso em outra ocasião. Eis o link para apreciação: http://crentefeliz.blogspot.com.br/2015/06/apostasia-e-doutrinas-de-demonios-o-mal.html

Se preferir, assista e ouça este estudo:

Em Cristo,

Reginaldo Barbosa 
Santa Bárbara do Pará 

29 comentários:

  1. EXCELENTE POSTAGEM!HOJE EM DIA, É DIFÍCIL LER, OU OUVIR A VERDADE!MESMO DENTRO DA IGREJA!PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  2. EXCELENTE POSTAGEM!HOJE EM DIA, É DIFÍCIL LER, OU OUVIR A VERDADE!MESMO DENTRO DA IGREJA!PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  3. A minha igreja é aquela que começou em Atos dos Apóstolos, capítulo 2!E a sua?

    ResponderExcluir
  4. A minha igreja é aquela que começou em Atos dos Apóstolos, capítulo 2!E a sua?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O interessante que todos desigrejados não dizem !!!

      Excluir
    2. Ah, tá! Você quer o nome né?

      "À universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;" (Hebreus 12 : 23)

      Excluir
  5. Você frequenta algum templo ou denominação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou membro da Assembleia de Deus desde 1987, quando fui batizado. Por 25 anos servi a esta denominação onde fui obreiro. Hoje, por causa da forma como ensino a Palavra de Deus, não posso me congregar, pois os presidentes da igreja alertaram seus auxiliares a não me receberem nas congregações.

      Atualmente me congrego nas casas de irmãos, onde tenho a liberdade de ministrar a Palavra de Deus.

      Excluir
    2. Edilsi , Existem muitas ovelhas 100 pastor!!!

      Excluir
    3. Edilsi , Existem muitas ovelhas 100 pastor!!!

      Excluir
    4. Você tá enganado Marcelo.

      "Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do SENHOR: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos demandarei as minhas ovelhas, e eles deixarão de apascentar as ovelhas; os pastores não se apascentarão mais a si mesmos; e livrarei as minhas ovelhas da sua boca, e não lhes servirão mais de pasto... Eu mesmo apascentarei as minhas ovelhas, e eu as farei repousar, diz o Senhor DEUS." (Ezequiel 34 : 9 , 10 ; 15).

      Por isso que: "O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará." (Salmos 23 : 1)

      Excluir
  6. Entao voce não é mais membro desta denominação. Lhe espulsaram por falar a verdade para a igreja. E voce se reune nas casas, isso é muito bom, coisas que quase não temos nas horas que precisamos. Quando uma pessoa se converte ela sempre procura um templo pra se congregar como fica nesse caso o batismo, a ceia já que é tudo em casa. Me desculpe pelo atrevimento de perguntar, mas o motivo e que no meu bairro pouco tempo houve uma divisão na igreja (que me congregava antes ) devido o Dizimo e outros problemas que estão sendo investigados na Justiça entre pastor e Liderança. Sendo que alugaram um local bem proximo e na mesma rua para colocarem a outra parte dos irmãos e esta funcionando a igreja dividida. Ficamos envergonhados e meio sem acreditar mais pra onde correr, a não ser para os pés de Jesus entrar no meu quarto e adorar a Ele em ESPIRITO E EM VERDADE, POIS A NOIVA DO SENHOR SOMOS NÓS E NÃO TEMPLO MESMO.

    ResponderExcluir
  7. Entao voce não é mais membro desta denominação. Lhe espulsaram por falar a verdade para a igreja. E voce se reune nas casas, isso é muito bom, coisas que quase não temos nas horas que precisamos. Quando uma pessoa se converte ela sempre procura um templo pra se congregar como fica nesse caso o batismo, a ceia já que é tudo em casa. Me desculpe pelo atrevimento de perguntar, mas o motivo e que no meu bairro pouco tempo houve uma divisão na igreja (que me congregava antes ) devido o Dizimo e outros problemas que estão sendo investigados na Justiça entre pastor e Liderança. Sendo que alugaram um local bem proximo e na mesma rua para colocarem a outra parte dos irmãos e esta funcionando a igreja dividida. Ficamos envergonhados e meio sem acreditar mais pra onde correr, a não ser para os pés de Jesus entrar no meu quarto e adorar a Ele em ESPIRITO E EM VERDADE, POIS A NOIVA DO SENHOR SOMOS NÓS E NÃO TEMPLO MESMO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua pergunta é oportuna e merece ser respondida.

      Quando a igreja nasceu havia um templo e várias sinagogas. Este templo até então, era o único que era chamado de casa de Deus. Sendo a igreja formada de judeus e gentios, os que eram judeus frequentavam o templo conforme era o costume deles. Mas a ceia era realizada nas casas e não no templo, pois neste não era permitido a permanência de gentios (Atos 2.46). Mas, com o passar do tempo, os crentes judeus não foram mais bem vindos no templo. Aqueles que o dirigiam que eram os fariseus chegaram a propor que se estes quisessem ainda frequentar o templo deveriam deixar de falar no Nome de Jesus, o que não foi aceito pelos irmãos, pois pra eles importava obedecer a Deus e não aos homens (Atos 4.17-20).

      E quanto ao batismo, a religião impôs uma tradição que somente um pastor ou alguém autorizado por ele é quem pode realizar o batismo. Mas Jesus ordenou seus discípulos a fazerem isso e imediatamente após a conversão. assim, todo cristão que ganha uma alma para Jesus deve batizá-lo, sem ter que prestar conta a alguma instituição religiosa. Eu mesmo tenho batizado aqueles que creem no evangelho, pois esta é a vontade de Deus.

      Excluir
    2. abandonando a Igreja não é exemplo de doutrina cristã.

      Excluir
    3. Marcelo,

      Entende de uma vez. Não fui quem saiu da igreja. Foi aquilo que você chamam de igreja que saiu de mim.

      A igreja de Jesus não é uma instituição religiosa fundada por homens. Ela é um organismo vivo espalhado pelo mundo pregando a verdade que liberta. Eu faço parte desse organismo.

      Excluir
    4. 1Tm3:14-15 A Igreja casa de Deus continua.

      Excluir
    5. Concordo plenamente com vocè pastor Marcelo. A igreja, do grego "Ecklesia", siginifica "Tirados para fora, assembleia". Não é uma instituição que funciona dentro de 4 paredes sugando o incauto. É um povo tirado para fora do sistema religioso alienado para viver na justiça de Deus, pregando a verdade e resgatando aqueles que ainda estão aprisionados nas correntes das religiões.

      A igreja como casa de Deus, são os crentes que vivem pela fé, na prática do amor a Deus e ao próximo. E, amar ao próximo, entre outros, não é exigir 10% de seu suado salário.

      Uma pena que muitos não conseguirão sair nunca de lá.

      "Mas Cristo, como Filho, sobre a sua própria casa; a qual casa somos nós, se tão somente conservarmos firme a confiança e a glória da esperança até ao fim." (Hebreus 3 : 6)

      Excluir
    6. Os milagres acontecem também depois que os incautos vieram a casa de Deus 1Tm3;14-14

      Excluir
    7. Os verdadeiros milagres não dependem de espaço ou lugar para acontecer.

      Excluir
    8. É dentro dela que Deus quer os encautos Ef1;23 , At20;28 , 1Tm3;14-15

      Excluir
    9. Você ao menos entende o que diz? Primeiro que não se diz ENCAUTOS e sim INCAUTOS.

      INCAUTO: Desprevenido; que é desprovido de cautela.
      Ingênuo; Aquele que é desprevenido e ingênuo.

      Você em parte até tem razão. As igrejas institucionais estão cheias deles.

      Excluir
    10. OS INCAUTOS CRESCEM ESPIRITUALMENTE DENTRO DA DA IGREJA

      Excluir
  8. Parabéns pelo Blog. Deus ti abençoe.
    Convido a participar do novo Agregador Blogospel, onde reunimos blogs evangélicos, com os melhores conteúdos gospel e relevantes para o povo de Deus.
    Aumente o tráfego do seu blog. Não precisa cadastrar, é rápido e prático! Apenas seja parceiro colocando nosso banner na sua página e pronto, já pode enviar seus links.
    Acesse e conheça: http://semeandojesuscristo.blogspot.com.br
    Sua parceria é muito importante.
    Junte-se a nós!
    Graça e paz!

    ResponderExcluir