Páginas

segunda-feira, 16 de março de 2015

Credes nos seus profetas e prosperareis!


"E pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, ao saírem, Jeosafá pôs-se em pé, e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém: Crede no SENHOR vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis;"  (2Crônicas 20 : 20).

Qual o significado e a contextualização dessa promessa para a igreja na atualidade?

Atualmente, muitos daqueles que se intitulam profetas do Senhor, usam este texto com o intuito de exigirem respeito e crédito das ovelhas às suas mensagens distorcidas. Geralmente, com poucas exceções, fazem isso com a finalidade de serem beneficiados financeiramente, ensinando que aqueles que crerem em suas palavras prosperarão como reza o texto. Mas a prosperidade no contexto, não se referia a bênçãos materiais ou riquezas como pressupõem os “profetas” modernos e sim a garantia da proteção de Deus e principalmente da vitória sobre os inimigos, quais eles estavam tão temerosos.

A promessa dizia respeito a vitória do povo de Judá frente ao exército inimigo. Quando Judá foi avisado que os filhos de Moabe, os filhos de Amom e outros amonitas marchavam contra esta para a destruírem, Jeosafá temeu, isto é, ficou com medo de uma possível derrota. Jeosafá era filho de Asa e foi o quarto rei de Judá, piedoso e temente a Deus seguindo os passos de seu pai. Como líder responsável e que depositava sua plena confiança no Senhor, Jeosafá buscou a face de Deus em oração e apregoou um jejum em todo o Judá. Em resposta Judá seguiu o exemplo de seu líder e se ajuntou a pedir socorro ao Senhor, humilhando-se debaixo das potentes mãos de Deus.

Deus é aquele que não rejeita e nem despreza a oração de um coração contrito (Salmos 51 : 17); e que está pronto a responder a oração de seu povo quando este se humilha, e ora, e busca a sua face e se converte dos seus maus caminhos (2Crônicas 7 : 14). Diante da humilhação de seu povo, Deus responde por intermédio de seu profeta Jaaziel que era um levita, encorajando o povo a não temer diante dos inimigos, pois a peleja não era de Judá, mas do próprio Deus.

A segurança e a prosperidade de Judá devia-se principalmente a submissão e a humilhação perante a face de Deus, a começar pelo líder do povo que foi Jeosafá. Naquele tempo Jeosafá foi para o pátio do templo buscar a face de Deus, pois foi ali lugar que Deus escolheu para santificar o Seu Nome e onde prometeu ouvir as orações de seu povo (2Crônicas 6 : 20). Hoje, o templo não mais existe e o lugar ideal para buscarmos a face do Senhor é em nosso quarto à porta fechada, conforme ensinou Jesus (Mateus 6 : 6). Naquele tempo, Deus falava por intermédio dos profetas, mas hoje tem nos falado pelo próprio filho (Hebreus 1 : 1).

A semelhança de Israel, também temos muitos inimigos, mas com a diferença que eles são espirituais e a nossa luta não é contra a carne e o sangue (Efésios 6 : 10 - 18). Não nos iludamos com promessas daqueles que torcem as Palavras de Deus para seus próprios deleites (Salmos 56 : 5 ; 2Pedro 3 : 16), pois nossa segurança, prosperidade e garantia da vitória sobre nossos inimigos está em mantermos a nossa fé em Deus e na nossa confiança depositada nas Palavras de Seu filho, pelo qual são todas as coisas (2Corintios 1 : 20 ; Hebreus 2 : 10).

"Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso SENHOR Jesus Cristo."  (I Coríntios 15 : 57); "Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé."  (I João 5 : 4).
Em Cristo,

Reginaldo Barbosa

Santa Bárbara do Pará

16 comentários:

  1. Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho que o Espírito Santo entregou aos seus cuidados,como pastores da Igreja de Deus,que ele comprou por meio do sangue do seu próprio Filho.(At20:28) Obedeçam aos seus líderes e sigam as suas ordens,pois eles cuidam sempre das necessidades espirituais de vocês porque sabem que vão prestar contas disso a Deus. Se vocês obedecerem,eles farão o trabalho com alegria; mas,se vocês não obedecerem,eles trabalharão com tristeza,e isso não ajudará vocês em nada (Hb13:17)" Não aceite nenhuma acusação contra qualquer presbítero, a não ser que ela seja feita por duas testemunhas, pelo menos.(1Tm5:19) E agora, que a glória seja dada a Deus, o qual, por meio do seu poder que age em nós,pode fazer muito mais do que nós pedimos ou até pensamos! Glória a Deus por meio da Igreja e por meio de Cristo Jesus,por todos os tempos e para todo o sempre ! Amém! (Ef3:20-21) O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu.(João 3:27) O irmão que é pobre deve ficar contente quando Deus faz com que melhore de vida;(Tg1:9)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei amigo, não precisa colocar um monte de textos sem nexo com a mensagem aqui postada. Eu expliquei dentro do contexto o que significava crer nos profetas no antigo testamento, refutando a idéia que os comerciantes do evangelho adaptaram para ganhar dinheiro às custas dos tolos.

      Se quiser aceitar, bem-aventurados serás, senão, lamento pela sua alma.

      Excluir
    2. 2Timóteo 3 : 16:
      "Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça";


      Hebreus 4:12;
      "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração".

      Eis aí a razão porque muitos se sentem incomodados, quando a Palavra é falada dentro do seu contexto, sem distorção, conforme está nesta postagem.

      Excluir
    3. Reginaldo Barbosa , Como vc já confessou e assumiu que não congrega em Igreja e não contribui em dinheiro com Igreja e nem acredita nos Pastores que ensinam dízimo em dinheiro , e disse que "não precisa de Igrejas e nem de pastor mercenário, até porque Deus não habita mais em templos feito pelas mãos dos homens." entendi , continue praticando as suas esmolas aos pobres e com as contribuições em dinheiro com os necessitados(At10:1-4) (Mt6:2-4).(1Jo3:17-18) (At11:29-30) Ah ! NÃO ESQUEÇA DE PERGUNTAR ANTES NO LUGAR QUE VC FOR SE REUNIR com 2 OU 3 em nome do seu "deus" FOI FEITO POR MÃO DE QUEM ? rsrsrsrs DEPOIS QUE VOCÊ JÁ REVELOU , AGORA JÁ SEI O SEU VERDADEIRO CARÁTER !

      Excluir
    4. Reginaldo Barbosa , O "DEUS" DOS CRISTÃOS É GRANDE É O DEUS QUE PROSPERA E MULTIPLICA E NÃO UM "deus" de MISÉRIA QUE Subtrai. Afinal é impossível os crentes crê em um único Deus tão grande e poderoso e pregar a miséria. (Lc 6:38) (2 Cor 9:10-11) (Ecl5:19) (Jo3:27) (Ef3:20) (Tg1:17) (Rm8:17)

      Excluir
    5. Verdade Marcelo,

      É tão grande, muito mais que você imagina. Tão grande e poderoso que para abençoar seus filhos não exige nada em troca. Somente os que não tem fé suficiente tentam barganhar com Ele, querendo comprar suas bênçãos.

      "Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo;" (Efésios 1 : 3)

      Excluir
  2. Perfeito! Ótima mensagem, Reginaldo! Deus te abençoe cada vez mais!

    ResponderExcluir
  3. A mensagem está certinha em seu contexto. Se formos acreditar em todos que se dizem profetas e não são, mta gente vai acabar achando que Deus é mentiroso, por não cumprir o que o suposto " profeta" falou. Não há o que discutir sobre este assunto.

    ResponderExcluir
  4. O dízimo e lícito, mas tem uma finalidade " para que haja mantimento em minha casa diz o Senhor" . Não pra viagens, hotéis 5 estrelas, carros importados, apartamentos luxuosos. Algumas "igrejas" estão registradas como empresas e mta gente nem sabe disso. Igreja não tem dono, o povo e proprietário. Vai averiguar e veja a algumas igrejas no Brasil tem proprietário, caso morra, a família herda os bens. PENSE NISTO Marcelo e averigua os fatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá si.mantovani,

      Agradeço sua visita e comentário.

      Quanto a questão dízimo, este rito não é válido na igreja cristã. Até porque, o dizimo que se cobra atualmente não é bíblico e nem cristão. O dizimo era sim mantimento para sustentar os levitas e os necessitados de Israel. Por isso, não deveria faltar na casa do Senhor que convém dizer, era o templo que Salomão construiu. Apenas aquele templo foi a casa de Deus, porque protegeu a arca do concerto que era um simbolismo da presença de Deus no meio de Israel. Mas, com a vinda do Emanuel, Deus se fez presente pessoalmente entre o povo e, portanto, a arca não teve mais validade espiritual. E, se arca não teve mais validade, o templo também como casa de Deus só teve valor até sua destruição no ano 70DC.

      Desde então, Deus não habitou mais em templos feitos pelas mãos de homens. A igreja Católica Romana quem voltou a prática de construção de templos. E para mantê-los, criou o dizimo dinheiro que foi estabelecido por decreto obrigatório pelo rei Carlos Magno no a785 DC.

      Então, como falei acima, este atual dizimo não é biblico e nem cristão. O novo testamento nos ensina a contribuir visando atender o objetivo prioritário que é a necessidade do irmão pobre, a verdadeira casa de Deus

      Excluir
    2. 2 Coríntios: 8. 1. Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus que foi dada às igrejas da Macedônia; 2. como, em muita prova de tribulação, a abundância do seu gozo e sua profunda pobreza abundaram em riquezas da sua generosidade. 3. Porque, dou-lhes testemunho de que, segundo as suas posses, e ainda acima das suas posses, deram voluntariamente.

      Vemos aqui a questão de ajudar a igreja nas questões variadas que temos na sociedade eclesiástica hoje.
      Não podemos usar versículos isolados para jauticar tauw coisas, uma coisa é viver como judeu ou é ser gentil.
      A bíblia nos manda dar com alegria segundo o que Deus nós propôs no coração. 2Co 9:6_11
      Tem a questão tbem da semeadura que se torna algo muito fértil após sua aplicação.
      Temos também a questão que está em At 20:35 que diz que mais bem-avenrurado e dar do que receber.
      O próprio Jesus(Yahusha) mandou dar de César o quera de César e a Deus o que é de Deus, isso nas questões tributárias se no mundo as coisas estao de contra partida ao espiritual e porque estamos atropelando os princípios da escritura onde diz claramente que Deus e Deus e continuará sendo Deus queria vc ou eu assim pensar.

      Sou ofertante da obra de Deus porque entendo que o necessitado precisa dos que sao mais providos de tudo. Isso é amar o próximo e fazer o que Tg 4:17 nos diz.

      Deus abençoe a todos.

      God bless you.
      I bellive in God.

      Excluir
    3. Hebreus 10.25 diz que não devemos abandonar nossa congregação.

      Excluir
    4. O texto fiel ao original grego diz assim. "Não abandonemos a tradição de nos reunirmos como igreja..."

      Viu a diferença entre abandonar a congregação e se reunir como igreja?

      Excluir
  5. MT 23.23 os dízimos não foram abolidos na graça. O principio do dízimo é reconhecer a soberania de Deus. Assim como no jardim do Éden eles não podiam comer daquele fruto, assim tb o dízimo é do Senhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se possível, se identifique, não precisa ter medo comentando como anônimo.

      Mas, se na sua interpretação de Mateus 23.23 os dízimos Não foram abolidos, ótimo. Mas dizime como ordena a lei em HORTELÃ, ENDRO e COMINHO e não em DINHEIRO.

      Obedeça como está escrito e não como lhe ensinaram nas igrejas. Não foi assim que ordenou o Senhor aos fariseus continuarem dizimando?

      Excluir